segunda-feira, 7 de agosto de 2023

Diarista morre após levar choque no 1º dia de trabalho

 


Uma jovem de 24 anos morreu enquanto limpava a calçada de um quintal com uma lavadora de alta pressão, em Jataí, no sudoeste goiano. A diarista Renata Ferreira Lopes cumpria o primeiro dia de trabalho na casa onde ocorreu a fatalidade. Ela deixa marido e duas filhas pequenas.

Renata morreu no último sábado, dia 6, e, segundo o delegado Marlon Luz, o corpo tinha lesões de eletrocução nos braços.

Marlon explicou ainda que vai investigar se o dono da casa onde a vítima trabalhava tem alguma responsabilidade. “Preliminarmente, uma extensão com emendas e fitas isolantes pode ter tido um contato com a água. A máquina era aparentemente nova”, ressaltou.

“Vamos apurar se houve um homicídio culposo por parte do proprietário da casa, se houve alguma negligência na manutenção do compressor e da extensão”, completou o delegado.

Segundo a Polícia Científica, foi o marido quem percebeu que a mulher estava há muito tempo sem dar notícias. Ele disse que pulou o muro da casa e encontrou Renata caída em um corredor ao lado da lavadora.

A Polícia Científica fez a perícia no local e recolheu a mangueira e a lavadora para fazer a perícia. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Defesa Civil do MA registra 19 cidades em situação de emergência por causa das chuvas

No estado como um todo, há o registro de 810 famílias alojadas em abrigos, enquanto outras 2.297 foram desalojadas de suas residências. Foto...