terça-feira, 24 de março de 2020

Coronavírus: Prefeitura inicia fiscalização com barreira na entrada de Godofredo Viana




A Prefeitura Godofredo Viana está realizando fiscalizações, orientações e cadastro de veículos e pessoas que chegam em Godofredo Viana pela MA-101 principal rota de acesso ao município. O objetivo é evitar a proliferação do novo coronavírus na cidade.

Com o objetivo de assegurar a tranquilidade dos moradores e impedir a chegada e proliferação do novo Coronavírus, o que acarretaria em uma sobrecarga no sistema de saúde e pandemia na cidade, uma vez que algumas cidades vizinhas já existem pessoas com suspeita da doença.



A barreira será monitorada pela Policia Militar da cidade e por agentes da Secretaria Municipal de Saúde, que farão a verificação do estado de saúde dos ocupantes do veículo, bem como passarão orientações no sentido de prevenir o contágio e a propagação da doença. Cada pessoa que entrar em Godofredo Viana, é feito um cadastro de monitoramento com os dados pessoais, para onde está indo e qual serviço irá executar na cidade.

Caema aplica tarifa zero a 850 mil maranhenses nos próximos meses

A isenção atinge os que mais precisam. São 850 mil pessoas que serão beneficiadas em todos os municípios em que a Caema atua




Cerca de 850 mil clientes da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) terão tarifa zero para água nos próximos dois meses. A medida faz parte do plano de combate ao coronavírus (Covid-19) e foi editada no decreto nº 35.679, assinado pelo governador Flávio Dino.

O decreto dispõe que, até 23 de maio, ficam isentas de fatura clientes pessoa física cujo consumo é de até 10 m³ (dez metros cúbicos) por mês de água e esgoto, pessoas que integram o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e são residentes em município do Programa Mais IDH e pessoa jurídica em regime de condomínio inserido na Faixa I do Programa Minha Casa Minha Vida.

A isenção atinge os que mais precisam. São 850 mil pessoas que serão beneficiadas em todos os municípios em que a Caema atua. Essa medida e mais as 200 mil pessoas já beneficiadas pela gratuidade do Programa ‘Viva Água’, somam mais de 1 milhão de maranhenses assistidos pelo Governo do Maranhão garantiu André dos Santos Paula, diretor-presidente da Companhia.

De acordo com André Paula, essa é uma medida humanitária, para amenizar os efeitos da crise sanitária nas camadas mais carentes da população. “Não podemos abrir mão da arrecadação daqueles que possuem alguma condição. Neste sentido, pagar as contas de serviços essenciais como a água, também é um ato de solidariedade para garantir os serviços essenciais à população”, disse.

Ainda segundo Paula, é importante que, nesse momento de crise, a população esteja consciente sobre o uso correto da água. “Não queremos que falte água para as pessoas tomarem as medidas de higiene preventivas à contaminação e, justamente por isso, não podemos ter desperdício”, pontuou.

De O Imparcial

segunda-feira, 23 de março de 2020

Prefeito Sissi Viana determina que vacinação contra H1N1 também seja feita de forma domiciliar


O prefeito Sissi Viana, do município de Godofredo Viana, determinou mais uma importante medida que visa zelar pela saúde dos godofredenses, contribuindo, desta forma, para evitar a proliferação do Novo Coronavírus (COVID-19).

A vacinação contra a Gripe H1N1, que terá início nesta terça-feira (24) na cidade, também será feita pela Prefeitura de forma domiciliar.

As doses da vacina estarão disponíveis em todas as unidades de saúde. No entanto, equipes médicas, que receberam capacitação, estarão percorrendo os bairros vacinando o público-alvo.

Neste momento, vale destacar, estão no chamado grupo do público-alvo idosos com 60 anos ou mais; crianças com idade variando entre 06 meses e menores de 06 anos, além de profissionais da saúde.

Na semana passada, como forma de evitar aglomerações e prevenir os moradores, o prefeito determinou a suspensão das aulas na rede municipal de ensino por um período de 15 dias.

Alguns estabelecimentos comerciais, como academias, bares, restaurantes, lanchonetes, lojas e congêneres, também fecharam as portas pelo mesmo período.

Visando não prejudicar a economia local, ficou assegurado aos proprietários dos estabelecimentos o direito de comercializarem seus produtos, desde que utilizem serviços alternativos, tais como delivery ou retirada dos produtos no local.

A suspensão não incluiu locais que distribuem ou comercializam medicamentos; alimentos; serviços relativos ao tratamento e abastecimento de água; de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; captação de água e tratamento de esgoto; entre outros.

“Seguindo as regras já estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde e Governo do Estado, estamos adotando medidas que visa preservar a saúde e bem-estar de todos os godofredenses. Com fé em Deus, juntos, passaremos por esta fase”, comentou o prefeito.

domingo, 22 de março de 2020

EMPRESÁRIOS MARANHENSES DOAM MAIS DE R$ 8 MILHÕES EM INSUMOS DE COMBATE AO CORONAVÍRUS


Uma grande rede de solidariedade já soma mais de R$ 8 milhões em arrecadação e doações feitas por empresários maranhenses para a compra de novos aparelhos respiratórios e produtos preventivos como álcool 70 e em gel e máscaras cirúrgicas.

As doações são fruto de articulação do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), junto à classe empresarial, para minimizar os impactos do coronavírus no Maranhão.

O principal objetivo dos empresários é apoiar o poder público na atuação contra a pandemia. O movimento está concentrado na aquisição de aparelhos de ventilação pulmonar e respiração assistida e em soluções de álcool 70, em gel e máscaras, indicadas a profissionais de saúde e suspeitos de contaminação.

Nas últimas horas já foram confirmadas a disponibilidade para a doação de mais de 80 aparelhos hospitalares e cerca de 500 mil litros de álcool 70 por grupos empresariais de vários segmentos como Eneva, Mateus, Aço Verde do Brasil, Alumar, Ômega Engenharia, Granel Química, Raízen, FC Oliveira, Ambev e AgroSerra. Os insumos serão destinados às redes de saúde municipal e estadual.

Simplíciio Araújo, titular da Seinc-MA
Para Simplício Araújo, a movimentação dos empresários é muito nobre, dado o momento difícil para vários setores, principalmente para a economia. “Em pouco tempo, o Maranhão está conseguindo não só uma arrecadação que pode fazer toda a diferença para os profissionais de saúde e, sobretudo, na demanda para as pessoas mais fragilizadas com o vírus, mas demonstrar que a união movimenta e transforma”, disse ele. 

Segundo o secretário, a colaboração das empresas com o setor público vai garantir maior agilidade na aquisição dos equipamentos para o Estado. “Setor público e iniciativa privada estão engajados em viabilizar o mais rápido possível uma compra expressiva de equipamentos que atendam a saúde neste momento”, concluiu.

Governador Nunes Freire têm dois casos suspeitos do COVID-19

A Secretaria Estadual da Saúde - SES divulgou neste domingo números atualizados de notificações de casos suspeitos e confirmados no Maranhão, que subiram de 350 para 418 casos. O número de municípios com casos suspeitos também subiu, de 32 para 40 até o momento.

Na lista aparecem dois casos suspeitos em Governador Nunes Freire. Confira.

Prevenção ao Novo Coronavírus: Prefeitura de Godofredo Viana determina fechamento de bares, restaurantes,lanchonetes e academias

O Prefeito Sissi Viana, seguindo a determinação do Governo Estadual (Decreto nº 35.677 de 21.03.2020), informou que a partir deste domingo, 22, fica TERMINANTEMENTE PROIBIDO, por um período de 15 dias, a concentração de pessoas em BARES e RESTAURANTES, tendo em vista comprometer o conjunto de medidas sanitárias já implementadas no combate ao COVID-19. Visando não prejudicar a economia local, fica assegurado aos proprietários dos estabelecimentos acima, o direito de comercializarem seus produtos, desde que utilizem serviços alternativos tais como, serviço de entrega (delivery) ou retirada dos produtos no local. 

A determinação inclui serviços não essenciais, como academias, bares, restaurantes, lanchonetes, lojas e estabelecimentos congêneres. A suspensão não incluiu locais que distribuem ou comercializam medicamentos; alimentos; serviços relativos ao tratamento e abastecimento de água; de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; captação de água e tratamento de esgoto; entre outros. 

O descumprimento das medidas acima de acordo com o Decreto nº 35.677 de 21.03.2020 do Governo do Estado do Maranhão, importará na aplicação das sanções de natureza penal (CRIMES CONTRA A SAÚDE PÚBLICA, Código ESTADO DO MARANHÃO, tendo em vista que integra o protocolo sanitário de segurança no combate à propagação do novo CORONAVÍRUS (COVID-19).


terça-feira, 17 de março de 2020

Brasil tem a primeira morte registrada por coronavírus

Foto Reprodução

O Estado de São Paulo registrou o primeiro caso no Brasil de morte de pessoa infectada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). A vítima é um homem de 62 anos que estava internado em um hospital particular. Ele tinha histórico de diabetes, hipertensão e hiperplasia prostática — aumento benigno da próstata, comum em homens mais velhos. A informação foi divulgada pelo governo estadual na manhã desta terça-feira (17).

Até a última atualização desta reportagem, não havia sido divulgada a cidade onde o homem morava e nem se ele viajou ao exterior ou se teve contato com alguém contaminado no Brasil.


Nesta manhã, no momento em que a morte foi anunciada pelo governo de São Paulo, havia 301 casos da doença causada pelo vírus, a Covid-19, confirmados pelas secretarias de Saúde dos estados. Boletim do Ministério da Saúde desta segunda-feira (11) confirmava 234 caos.

A Secretária Estadual de Saúde confirmava, ainda na segunda-feira, 152 casos da doença em São Paulo. O número era mantido até a manhã desta terça. Ao todo, são mais 1.777 casos suspeitos de coronavírus no estado.

O governo de São Paulo avalia que o surto de coronavírus deve durar “de quatro a cinco meses”. No entanto, as medidas restritivas adotadas pela administração estadual, como a suspensão das aulas e a restrição de eventos, não devem ser aplicadas durante todo este período.

Fonte: g1.globo.com

Compartilhe

Postagem em destaque

Coronavírus: Prefeitura inicia fiscalização com barreira na entrada de Godofredo Viana

A Prefeitura Godofredo Viana está realizando fiscalizações, orientações e cadastro de veículos e pessoas que chegam em Godofredo Via...