quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Presidente Dutra ganha base do Centro Tático Aéreo com novo helicóptero

Governador entrega base do CTA em Presidente Dutra

O governador Flávio Dino inaugurou nesta quarta-feira (31) em Presidente Dutra uma nova base do Centro Tático Aéreo (CTA) do Maranhão. Isso significa que a cidade e a região terão um policiamento presente e eficiente por via área. O CTA funciona com um helicóptero, que leva rapidamente os policiais para onde for necessário. A aeronave também cumpre função de atendimento médico emergencial para a população.
A base em Presidente Dutra vai atender 74 municípios. Todos eles estão num raio de 100 milhas náuticas, o que significa que a aeronave vai levar no máximo uma hora para chegar ao ponto mais distante atendido. Em muitos pontos, o helicóptero vai chegar em questão de minutos.
São, em princípio, 12 policiais por dia, em revezamento. Haverá em breve uma equipe de mais 12. “Também temos duas viaturas novas para o CTA, porque eles atuam simultaneamente em terra, além de todo o contingente da Polícia Militar e da Polícia Civil aqui na região”, afirmou o governador.
É um instrumento poderoso da melhoria da segurança pública. Teremos maior eficiência, maior velocidade da polícia”, acrescentou Flávio Dino.
Mais helicópteros
Segundo o coronel Ismael Fonseca, comandante do Centro Tático Aéreo, antes o CTA só existia em São Luís. “A descentralização estava em estudo desde o fim da década de 90. Infelizmente, as gestões passadas não deram importância para isso”, afirmou. O município de Imperatriz também vai receber uma base do CTA ainda nesta semana.
Não podemos ter duas qualidades de policiamento, uma para a capital e outra para o interior”, disse o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela. Ele acrescentou que, logo que assumiu, o governador Flávio Dino determinou a solução desse problema. “Houve a decisão de adquirir mais helicópteros e hoje chegamos a esse momento histórico de correção.”
O vice-governador Carlos Brandão ressaltou o papel da aeronave para a Saúde da região: “Vamos ter mais mobilidade e ação. Por exemplo, se houver um acidente, o helicóptero pousa na estrada, pega a vítima e transporta rapidamente para o Socorrão”.
Segundo Bruno Curvina, médico chefe do Serviço Aeromédico de Presidente Dutra, o helicóptero comporta um paciente juntamente com um médico e um enfermeiro. “E nós fomos capacitados para fazer o transporte de pacientes críticos”.
Estrutura
O Centro Tático Aéreo contará com um helicóptero modelo esquilo, viaturas e caminhão de abastecimento.
O governador assinou também ordem de serviço para obra de adequação da base com valor de mais R$ 335 mil.
De acordo com o secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, “Presidente Dutra é uma cidade polo e esse reforço terá impacto muito grande para toda a região”.
Investimentos
O prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho, disse que o CTA é mais um dos muitos investimentos que vêm sendo feitos pelo governador Flávio Dino na cidade. “Ele vem fazendo um trabalho excelente. Aqui já foram inaugurados poços artesianos, asfalto, CRAS, CREAs e agora o CTA, que é de fundamental importância, não só para a cidade, mas para toda a região”.
Flávio Dino também entregou no município três Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água e seis kits esportivos, compostos por centenas de itens para partidas de futebol, como rede, uniformes, bolas, uniformes e cartões amarelos e vermelhos.

Ministério da Saúde descarta caso de febre amarela no Maranhão

Um caso da doença foi notificado, mas descartado após a realização de exames; a SES diz que não houve notificação de casos e informa que prossegue com a intensificação da vacinação nas áreas rurais dos municípios prioritários.



Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde (MS) esclarece que durante o período de monitoramento feito pelo órgão, de 1º de julho do ano passado até ontem, 30, um caso de febre amarela que foi notificado no Maranhão está descartado após a realização de exames.

Porém, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que não houve notificação de casos de febre amarela no Maranhão. A Superintendência de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES entrará em contato com o Ministério da Saúde a fim de apurar sobre a notificação divulgada através de release, na última terça-feira (30).

A Secretaria diz ainda que, como medida preventiva, prossegue com a intensificação da vacinação nas áreas rurais dos municípios prioritários. Na fase inicial, desde o dia 28 de janeiro, as equipes de vacinação estão nas Regionais de Saúde de Balsas, Imperatriz, Barra do Corda, Rosário e São João dos Patos. A meta é imunizar a população não vacinada dos municípios prioritários de onze regionais de saúde até a segunda quinzena de março.

Outras ações incluem palestras nas comunidades rurais sobre as ações de prevenção da febre amarela silvestre, o fortalecimento do monitoramento de epizootias em macacos e a intensificação das ações de Combate ao Aedes, nas áreas mais urbanizadas, com aplicação de UBV (carro fumacê) e mobilização social. A ação contra o Aedes é permanente no calendário da saúde no Maranhão. O mosquito é o principal transmissor da febre amarela, dengue, chikungunya e zika. Por fim, a SES reafirma que no Maranhão não há casos da doença há mais de duas décadas.

Área endêmica

Mesmo diante do descarte do caso, o Maranhão é apontado por especialistas como uma área endêmica para a doença. Por isso, o Governo Federal recomendou que a população dos 217 municípios procure os postos de saúde para se imunizar. De acordo com o órgão, por enquanto trata-se de uma ação meramente preventiva para evitar uma possível disseminação da doença.

De acordo com o Departamento de Patologia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), o último caso de febre amarela em ser humano foi registrado no estado em 1992. Apesar disso, especialistas afirmam que a população deve estar em alerta. “Não estamos totalmente sem o risco, já que a doença está ocorrendo em áreas de parques, zonas rurais e há cidades em nosso estado cercadas por localidades assim”, disse a professora da UFMA, Maria dos Remédios Carvalho.

Fonte: Jornal Pequeno

Maranhenses podem usar site e aplicativos para ver saldo do Bolsa Escola

Gleciane Silva, beneficiada com o Bolsa Escola disponibilizado em São José de Ribamar. (Foto: Handson Chagas)
Os créditos do Bolsa Escola começam a ser liberados nesta quarta-feira (31) em todo o Maranhão. O programa do Governo do Estado complementa a renda de famílias maranhenses, com o objetivo de garantir a compara de material escolar para estudantes de 4 a 17 anos.

É o terceiro ano em que o governador Flávio Dino coloca o programa em ação. Nos dois anos anteriores, foram investidos mais de R$ 100 milhões para a compra de cadernos, livros, canetas, mochilas e outros itens.

O Bolsa Escola funciona por meio de um cartão. É nesse cartão que serão depositados os créditos.

“É um crédito em cartões para que nossas crianças possam garantir a compra de seu material escolar”, conta o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, responsável pelo Bolsa Escola.

Quem já tem o cartão vai receber o saldo nesta quarta-feira. São alunos que já foram beneficiados nas edições anteriores. Ou seja, eles já poderão comprar o material nos quase 1.800 comércios cadastrados em todo o Estado.

Quem ainda não tem o cartão ou quem tinha e perdeu vai ser contemplado posteriormente, pois é preciso aguardar a emissão por parte da instituição bancária. A previsão é que isso seja feito até março. Quem tem o cartão e não sabe mais a senha pode procurar o Banco do Brasil para voltar a ter acesso aos créditos.

Site e aplicativo

A partir desta quarta-feira, as famílias já podem ver se o crédito está disponível. Isso pode ser feito pelo site http://www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br/site/ ou pelos aplicativos em todas as plataformas para telefones celulares e tablets.

Lá também está a lista dos estabelecimentos cadastrados. A relação está dividida por cidades para facilitar a busca.

O valor do Bolsa Escola é de R$ 51,00 para cada criança e jovem de 04 a 17 anos. Não há limites de quantidade de filhos por família.

Renda e trabalho

O Bolsa Escola também gera renda e trabalho, já que movimenta o comércio de quase 2 mil papelarias e comércios no Maranhão.

“Com a chegada do Bolsa Escola, aumentou consideravelmente nosso movimento e nosso faturamento também. Mas, ao nosso ver, o melhor de tudo foi que milhares de famílias maranhenses tiveram um incremento em seus orçamentos na hora de comprar os materiais escolares de seus filhos. Uma iniciativa governamental como esta é digna de elogios”, diz Mauricio Lino Costa, dono da Aquarela Papelaria, no Turu, em São Luís.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Maranhão é o 2º Estado que mais criou empregos no Nordeste em 2017

Na soma de contratações e desligamentos, o Nordeste perdeu 14.424 vagas no ano passado. Já o Maranhão criou 1.221 novos postos formais.





O Maranhão foi o segundo Estado que mais criou empregos com carteira assinada em 2017 no Nordeste. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, o Maranhão foi na contramão da região, que teve mais demissões que admissões.

Na soma de contratações e desligamentos, o Nordeste perdeu 14.424 vagas no ano passado. Já o Maranhão criou 1.221 novos postos formais.

Na comparação com o Brasil, o Maranhão também destoa, já que o país fechou 20.832 postos em 2017.

No Nordeste, apenas o Piauí criou mais vagas com carteira assinada que o Maranhão.

“E 2018 será ainda melhor. Resultado do crescimento de investimentos públicos e privados”, afirmou o governador Flávio Dino.

Geração de empregos

Os investimentos têm sido fundamentais para gerar empregos no Maranhão. Eles estão sendo feitos em duas frentes. Uma delas é a iniciativa governamental, que vem tocando e concluindo centenas de obras em todo o Maranhão.

Isso representa abertura de milhares de vagas de trabalho em diversos setores, incluindo Construção Civil e Serviços.

Os investimentos públicos também vêm revolucionando o Porto do Itaqui, um importante gerador de empregos.

Em outra frente, está a iniciativa privada, que tem encontrado um ambiente saudável para negócios no Maranhão. Desde 2015, o Governo do Maranhão tem adotado incentivos para atrair e estimular empresas.

Entre esses incentivos, por exemplo, estão a redução de alíquotas e condições favoráveis para empreendimentos, como o novo Parque Empresarial de São Luís, um local voltado exclusivamente para atrair negócios e gerar empregos.

Programas como o Mais Empregos também ajudam. Foram quase 5 mil novas oportunidades de trabalho com carteira assinada, tanto em empresas de grande porte quanto em micro e pequenos empreendimentos.

Fonte: Governo do Estado

Plano de Acessibilidade Metropolitano tem ordem de serviço assinada em solenidade no Palácio dos Leões

Representantes do Estado e dos movimentos da pessoa com deficiência em momento histórico para acessibilidade na Região Metropolitana.

MARANHÃO – “Um dia para ficar na história”, assim classificou o presidente da Agência Executiva Metropolitana (AGEM), Pedro Lucas Fernandes, ao assinar a ordem de serviço para a elaboração do Plano de Acessibilidade Metropolitano, durante solenidade realizada no Salão de Atos, do Palácio dos Leões, nesta segunda-feira (29). 

A partir do Plano será feito um diagnóstico de toda a Região Metropolitana. Esse documento será construído por pessoas com deficiência que vivem nesta área, como ressaltou o presidente. “Essas pessoas que realmente sabem as dificuldades do dia a dia e elas que vão apontar as soluções. Estou muito feliz em representar o Governo do Maranhão neste ato tão importante”, disse.

Esta é a primeira vez que um plano metropolitano será elaborado e executado no Brasil. Serão três importantes etapas: com a capacitação dos servidores; consultas a entidades, tanto para conhecimento das necessidades locais quanto para apontar as alterações que deverão ser feitas; e as demandas de transporte público da Região Metropolitana, de forma a atender as pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, observando as regras de acessibilidade.

“Esta é mais uma prova material que o governador Flávio Dino dá para a sociedade e para o Brasil, no tocante à responsabilidade das políticas públicas voltadas para a inclusão social no país”, afirmou o presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB), Lawrence Melo. Ele lembrou que após o levantamento ser concluído, o Plano de Acessibilidade Metropolitano será encaminhado à MOB. 

Ivo Diniz, que é membro do Fórum Metropolitano de Acessibilidade, acompanhou a assinatura da ordem de serviço. “Foi uma grande vitória para a gente, um começo para quem tem mobilidade reduzida, cadeirante e com deficiência visual”, comemorou.

O promotor de Defesa da Pessoa Idosa, José Augusto Cutrim Gomes, também participou da solenidade e destacou a importância do plano. “Isso é fundamental para as pessoas com deficiência, inclusive pessoas idosas, que muitas vezes tem mobilidade reduzida e assim garantir o direito de ir e vir. Parabenizo o presidente Pedro Lucas e tenho a certeza de que isso terá efeitos práticos. Esperamos que todos os municípios se envolvam nessa construção”, declarou.

Isabelle Passinho é vice-presidente do Conselho da Pessoa com Deficiência e diretora comercial da empresa que venceu a licitação para desenvolver o Plano de Acessibilidade Metropolitano. “A perspectiva da metropolização vem da ideia daquilo que é de interesse comum, como diz a Lei. Vamos apontar as intervenções necessárias, para nivelamento das demandas das cidades para que as necessidades sejam atendidas”, comentou.

A elaboração do Plano de Acessibilidade Metropolitano faz parte das ações planejadas e diretrizes estratégicas, de acordo com o campo de atuação do órgão, definido pela Lei Complementar Estadual nº 174/2015, que dispõe sobre a Região Metropolitana da Grande São Luís.

Presidente da AGEM, Pedro Lucas, assina ordem de serviço para o Plano de Acessibilidade Metropolitano.

Godofredo Viana - Ponte sobre o rio Urubuquara já está quase pronta para ser inaugurada




Está em fase de conclusão as obras de uma nova ponte que a Prefeitura de Godofredo Viana está construindo na zona rural do município. A nova ponte que era aguardada há mais de 03 anos pelos moradores de Crispiana, e também pelas comunidades de Formiga, Areal, Bandeira, dentre outras, encontra-se em fase de acabamento, há poucos dias de ficar pronta, mas já está sendo utilizada moradores e produtores rurais.



Seu Amorm,reside em Formiga, mas passa regularmente pela ponte para visitar os familiares que moram em outra localidade. “Agora ficamos mais tranquilos ao passar pela nova ponte porque já enfrentamos grandes dificuldades neste local em dias de chuvas. Meus filhos moram do outro lado e algumas vezes  quase desistir de prosseguir a viagem em vésperas do Natal, época de chuvas, para não colocar a família em risco”.




O prefeito Sissi Viana destacou que a construção da ponte irá fortalecer também o escoamento da produção da agricultura familiar " Estamos muitos felizes em poder devolver a vida ao povo da zona rural que vivia isolado a tanto tempo, mais feliz ainda porque sei a importância desta ponte para o fortalecimento da Agricultura familiar no município. Logo logo estaremos entregando a nova ponte para a população. Destacou o Prefeito Sissi Viana.

Procon fará novo concurso com 51 vagas para níveis superior e fundamental

Procon em São Luís-MA
O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON-MA) vai realizar, ainda no primeiro semestre de 2018, novo concurso público para o provimento de 51 vagas para nível fundamental e superior. Este já é o 2º concurso que o Instituto realiza para seu quadro de servidores.
De acordo com o presidente do Procon-MA, Duarte Júnior, esta é uma das prioridades do Governo Flávio Dino. “Com uma gestão ética e transparente, agimos sempre em obediência aos princípios basilares da administração pública. Por isso, estamos realizando concursos em prol da maior qualificação dos serviços que colocamos à disposição dos cidadãos”, afirmou o presidente.
No 1º concurso em 30 anos, realizado pelo Procon-MA, foram oferecidas vagas para o cargo de Fiscal. Neste segundo certame, serão oferecidas vagas de nível fundamental para o cargo de Auxiliar de Serviços e vagas de nível superior em Direito para o cargo de Conciliador. Mais detalhes serão informados com o lançamento do edital, que ocorrerá ainda neste semestre.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Lista de aprovados do Sisu 2018 é divulgada

O período de matrícula dos aprovados começa amanhã (30) e vai até 7 de fevereiro.

Foto Reprodução


A lista de candidatos aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018 já está disponível para consulta na internet (sisu.mec.gov.br).

Estão sendo oferecidas, ao todo, 239.716 vagas em 130 instituições, entre universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e instituições estaduais.

O período de matrícula dos aprovados começa amanhã (30) e vai até 7 de fevereiro.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação utilizado por instituições públicas de educação superior na oferta de vagas a estudantes, com base nas notas obtidas no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).


(Agência Brasil / Autor: Paula Laboissière)

Créditos do Bolsa Escola serão liberados esta semana no Maranhão, avisa Sedes

Secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, responsável pelo Bolsa Escola no Maranhão

O Governo do Maranhão começa a liberar créditos do Bolsa Escola 2018 na próxima semana. “Dia 31, na próxima quarta-feira, estará disponível crédito em cartões das nossas crianças para que possam garantir a compra de seu material escolar”, conta o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, responsável pelo Bolsa Escola.
O Bolsa Escola concede crédito para famílias cadastradas no Bolsa Família, do Governo Federal, com filhos em idade escolar.
Trata-se de um complemento de renda feito pelo Governo do Maranhão para garantir caderno, livro, canetas e outros itens escolares às crianças e aos adolescentes.
Esta é a terceira edição do Bolsa Escola. Para liberar os créditos, o Governo do Maranhão estava aguardando o Governo Federal revisar a lista dos beneficiados do Bolsa Família, já que esta é a base de quem será alcançado pelo programa maranhense.
Com a revisão concluída, o Governo do Estado pôde organizar o cronograma para a concessão do crédito.
Quem tiver dúvidas pode acessar AQUI ou usar os aplicativos referentes ao programa.
Comércios credenciados
Cerca de 1.800 estabelecimentos estão aptos a realizar a venda de material escolar aos beneficiários do Bolsa Escola neste ano. O quantitativo é 22% maior do que o alcançado no ano passado.
Por meio de um cartão magnético tipo débito, as famílias beneficiárias poderão realizar compras nas lojas e comércios autorizados em seus próprios municípios para a venda de material escolar.

Bandeira tarifária da conta de luz em fevereiro será verde

A manutenção da bandeira verde havia sido anunciada pelo diretor-presidente da Agência Nacional de Energia Elétrica, Romeu Rufino, na última terça


De acordo com a Aneel, não haverá cobrança adicional na conta de luz. (Foto: Arquivo)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou que a bandeira tarifária de fevereiro continuará verde, o que significa que não haverá cobrança extra nas contas de luz. A manutenção da bandeira verde havia sido anunciada pelo diretor-presidente da agência, Romeu Rufino.

Segundo Rufino, o volume de chuvas nos meses de dezembro e janeiro permitiu a manutenção da bandeira verde, por causa da melhora no nível dos reservatórios das hidrelétricas.

As bandeiras tarifárias amarela e vermelha, com cobrança adicional na conta de luz, são acionadas quando as termelétricas a gás, mais caras, precisam ser colocadas em funcionamento para produção de energia elétrica.

Em outubro e novembro de 2017, vigorou a bandeira vermelha patamar 2, a mais alta prevista pela agência. Em outubro, o acréscimo foi de R$ 3,5 a cada 100 kilowatt/hora (kWh) consumidos no mês. Em novembro, o valor adicional, reajustado pela agência, passou para R$ 5 a cada 100 kWh.

Já em dezembro, em razão do início do período chuvoso, a agência reguladora determinou a cobrança da bandeira vermelha patamar 1, com cobrança extra de R$ 3,00 a cada 100 kWh.

domingo, 28 de janeiro de 2018

Artigo: Mais direitos em mais regiões

Novo Restaurante Popular de Vargem Grande serve mil refeições diárias. (Foto: Nael Reis)

Por Flávio Dino

Esta semana, inaugurei mais um Restaurante Popular, desta vez no município de Vargem Grande. É uma de tantas promessas de campanha que venho colocando em prática, como atestou o portal de notícias G1, que colocou nosso governo como o que mais cumpre metas eleitorais no Brasil.

Quando chegamos ao governo, encontramos apenas 6 Restaurantes Populares, todos eles na capital. Um número muito aquém da necessidade que todo o estado apresentava.

Percebemos essa deficiência e agimos com muita determinação e urgência para, prioritariamente, descentralizar essa importante política social.

Em pouco mais de 3 anos, quadriplicamos a oferta do serviço de segurança alimentar no estado. Hoje, são 24 mil refeições entregues por dia, contra 6 mil/dia no passado. Esse salto quantitativo se deu pela inauguração de 14 novos restaurantes populares, todos eles instalados no interior do estado.

Cada unidade, além de oferecer alimentação digna às pessoas, é a parte final de um conjunto de ações. Pois para oferecer esse serviço adquirimos produtos junto à agricultura familiar para os ingredientes das refeições. Em todas as unidades, há supervisão de nutricionistas, para garantir que, a um preço acessível, seja ofertada uma alimentação balanceada.

Os restaurantes também servem de espaço para cursos de capacitação na área alimentar, que oportunizam ocupação e renda aos maranhenses.

Por meio de deste conjunto de ações, apoiamos as famílias nesse momento de crise econômica no Brasil, em que o orçamento familiar é muito comprometido.

Também inauguramos duas Cozinhas Comunitárias para garantir que a população rural possa converter sua produção em refeições para a própria comunidade.

E o nosso plano de expansão continua. Novos Restaurantes Populares serão entregues nos próximos meses e outras 30 Cozinhas Comunitárias estão em fase de construção nos municípios que integram o Plano Mais IDH, para garantir alimentação saudável a quem mais precisa.

Essa é mais uma área em que é fácil comparar o que existia antes com o que foi feito depois. Essa enorme diferença está presente em qualquer área que a população maranhense quiser analisar.

Expandimos serviços públicos sem inviabilizar as finanças do estado, mesmo em meio à maior crise fiscal da história do país. Neste momento em que o Brasil sofre com a situação econômica, é essencial manter e ampliar direitos. Pois é a forma de o Estado garantir qualidade de vida digna a quem mais precisa.

Com muita convicção e seriedade, tenho certeza de que estamos no caminho certo do desenvolvimento tão esperado e necessário ao “Maranhão de Todos Nós”.

Colisão frontal na BR-316 deixa dois mortos e um ferido

Uma colisão frontal entre uma caminhoneta e uma pick-up resultou em duas mortes na BR-316, em Caxias, na tarde desse sábado (27).




Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF-MA), o motivo foi a falta de atenção do motorista da caminhoneta Pajero branca, de placa NIX-1604. Ele entrou na contramão, no Km 546, para desviar de uma carreta e colidiu com uma pick-up Montana prata, de placa IMW-1075.

O ocupante da Montana, Mardônio Nascimento de Carvalho, 35 anos, e Rita Queiroz Serra, 70 anos, que estava no Pajeto morreram. Outro ocupante da Pajero foi levado ao Hospital Municipal de Caxias, com lesões graves.

Maranhão é o 3º maior produtor de mel do Nordeste; região Alto Turi se destaca

Mel produzido no Maranhão que é o
 terceiro maior produtor do Nordeste
Dados divulgados em dezembro de 2017 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (Ibge), referentes ao levantamento realizado em 2016 para o Censo Agropecuário, constatam que o Maranhão é o terceiro maior produtor de mel do Nordeste.
De acordo com o levantamento do Ibge, o Maranhão produziu, em 2016, 1.700 toneladas de mel, ficando atrás somente dos estados da Bahia (3.590 ton.) e Piauí (3.000 ton.). No ranking nacional, o Maranhão ocupa a oitava colocação, sendo o estado do Rio Grande do Sul o maior produtor do país com 6.200 ton.
O presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA), Júlio César Mendonça, explica que o Maranhão ocupava a 4ª colocação do Nordeste, atrás do Ceará. Em 2016, com a produção de 1.700 ton, o Maranhão alcançou a terceira colocação. O Ceará foi para o 4º lugar com 1.100 ton produzidas.
Esse bom resultado, segundo Júlio César Mendonça, é resultado do trabalho que o Governo do Estado promove com os criadores de abelhas do Maranhão, principalmente os serviços de assistência técnica. Na avaliação deles, os dados, também, demonstram que as condições climáticas e de pasto apícola são favoráveis para o desenvolvimento intensivo de abelhas africanizadas no Maranhão.
Alto Turi
No Maranhão, a região do Alto Turi é a que mais produz e o município de Santa Luzia do Paruá é o primeiro colocado da região, com 387 toneladas. Em segundo lugar ficou o município de Maranhãozinho, com 288 ton, seguido de Maracaçumé, em terceiro, com 167 toneladas. Outros municípios que se destacam na produção Junco do Maranhão (133 ton.) e Viana (127 ton).
Os números da produção municípios expressam a produtividade que vem crescendo no Maranhão, principalmente por causa dos investimentos que o Governo do Estado, por meio do Sistema da Agricultura Familiar, destina à execução do Programa Mais Produção.
É por meio do Programa Mais Produção que o Governo do estado está incrementado a Cadeia Produtiva do Mel. O Sistema de Agricultura Familiar, Sistema (SAF) é formado pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma/MA).
Júlio César Mendonça destaca a importância da participação da Agerp/MA, em prol do desenvolvimento da meliponicultura e apicultura no Maranhão. “Apoiamos essa cadeia produtiva com ações como a qualificação de nossos produtores, tornando essa atividade uma excelente fonte de rendimento, que chega aos produtores de forma rápida e melhoria na qualidade de vida deles”.
Desde 2015, o Governo do Estado investe na capacitação de agricultores familiares, criadores de abelhas e técnicos agropecuários. Em 2017, foram qualificados 162 criadores de abelhas e 83 técnicos barreiristas da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA) foram capacitados.
Por meio das atividades do projeto Dias de Campo, mais 206 criadores tiveram acesso ao conhecimento de técnicas de Produção de Rainhas e Criação de Abelhas Nativas.
Com uma parceria firmada entre o Governo do Estado, por meio da Agerp e a Prefeitura de Santa Luzia do Paruá, foi instalado o Núcleo de Produção de Abelhas Rainhas Africanizadas, que faz parte das ações do Mais Produção, que visa tecnificar a atividade apícola e fortalecer a agricultura familiar.
É a primeira vez, na história da apicultura do Maranhão, que o Governo investe em tecnologia para explorar o potencial apícola existente. Já em funcionamento desde 2017, mais de trinta criadores foram treinados e cerca de 50 rainhas produzidas, substituindo rainhas “velhas” por “novas” em que vai melhorar a produtividade dos criadores de abelhas africanizadas até 30%.
Outra ação destacada da Cadeia Produtiva do Mel, são as reformas e adequações de entrepostos de mel com o objetivo de agregar valor ao produto.
Em Junco do Maranhão, o Governo do Estado investe na unidade de beneficiamento de mel do município e terá capacidade de processar até 5 ton/dia de mel, suficiente para atender o mercado regional. O entreposto de mel de Junco está em processo de registro na Aged-MA, visando ofertar um produto de qualidade ao consumidor.
Para o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, a agricultura familiar é o eixo de desenvolvimento e as ações que o Governo do Estado desenvolve nesse setor são concretas para melhorar a vida no campo. “O governador Flávio Dino tem levado conhecimento e produção em diversas áreas. Acreditamos que a partir da assistência técnica contínua e permanente, promovida em parceria com a Agerp, iremos alavancar o desenvolvimento do setor produtivo e a vida dos agricultores familiares”.

Restaurantes Populares chegam a 23 mil refeições diárias no Maranhão

O número cresceu mais de 250% nos últimos três anos. Em 2014, eram 6,2 mil pratos diários. Desde 2015, já mais de 8 milhões de refeições servidas no total.


Foto: Reprodução

Com a entrega do novo Restaurante Popular de Vargem Grande, a rede que serve pratos completos e balanceados por R$ 2 chega a 20 unidades em todo o Maranhão. Em 2014, eram apenas seis – e todas na capital. Além dos 20 restaurantes, também estão funcionando duas cozinhas comunitárias.

O Restaurante Popular de Vargem Grande foi entregue na última quinta-feira (25) pelo governador Flávio Dino. Com essa unidade, agora são 23 mil refeições servidas por dia, em todas as regiões do Estado.

O número cresceu mais de 250% nos últimos três anos. Em 2014, eram 6,2 mil pratos diários. Desde 2015, já mais de 8 milhões de refeições servidas no total.

Expansão

“A política de segurança alimentar da gestão Flávio Dino atende quem realmente necessita e se amplia com a construção de novos equipamentos de alimentação, para contemplar todo o estado e diminuir nossos índices de segurança alimentar”, diz o secretário de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), Neto Evangelista.

Já existem restaurantes populares em Açailândia, Chapadinha, Colinas, Grajaú, Imperatriz/Uemasul, Itinga do Maranhão, Lago da Pedra, Pedreiras, Santa Luzia, São João dos Patos, Tutóia, Zé Doca e agora em Vargem Grande.

Na Grande São Luís, ele está nos bairros do Anjo da Guarda, Cidade Olímpica, Coroado, Liberdade, Maiobão, São Francisco e Sol e Mar.

Estão em funcionamento as cozinhas comunitárias do Bequimão, em São Luís, e a primeira de comunidades quilombolas do país, localizada no povoado Marudá, em Alcântara. As refeições no local são gratuitas.

Integrando a política de segurança alimentar, o Governo vai construir ainda 30 cozinhas comunitárias, beneficiando municípios do programa Mais IDH. As cozinhas servirão de 200 a 500 refeições, no almoço.

Brasil registra 130 casos de febre amarela até 23 de janeiro


No período de 1º de julho de 2017 a 23 de janeiro deste ano, o Brasil registrou 130 casos de febre amarela no país, sendo que 53 vieram a óbito. No mesmo período do ano passado, foram confirmados 381 casos e 127 óbitos. Os dados foram atualizados pelo Ministério da Saúde na última quarta-feira, 24 de janeiro.

“Embora a área exposta este ano seja muito maior e abarque grandes cidades com maior concentração populacional do que no ano passado, esses números demonstram que a situação deste ano é muito mais controlada, se comparada ao ano passado”, explicou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Vacinação

A campanha de fracionamento da vacina contra a febre amarela teve início nesta quinta-feira, 25 de janeiro, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Até o momento, a campanha de vacinação no estado da Bahia permanece na data prevista, que vai de 19 de fevereiro a 9 de março.

Para auxiliar estados e municípios na realização da campanha, o Ministério da Saúde vai encaminhar aos estados R$ 54 milhões. Desse total, já foram repassados R$ 15,8 milhões para São Paulo; R$ 30 milhões para Rio de Janeiro, e está em trâmite a portaria que autoriza o repasse no valor de R$ 8,2 milhões para a Bahia.

A adoção do fracionamento das vacinas é uma medida preventiva e recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) quando há aumento de epizootias e casos de febre amarela silvestre de forma intensa, com risco de expansão da doença em cidades com elevado índice populacional. A dose fracionada tem apresentado a mesma proteção que a dose padrão.

O Ministério da Saúde, no ano de 2017 até o momento, encaminhou à todas Unidades Federadas o quantitativo de aproximadamente 57,4 milhões de doses da vacina. Para os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia foram enviados cerca de 48,4 milhões de doses da vacina febre amarela, com objetivo de intensificar as estratégias de vacinação de forma seletiva, sendo 18,3 milhões (SP), 10,7 milhões (MG), 12 milhões (RJ), 3,7 milhões (ES) e 3,7 milhões (BA).

Para os gestores

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) incentiva os gestores municipais a planejarem ações que orientem seus usuários e previnam o aumento de casos de Febre Amarela. O primeiro passo é conhecer a situação da região, para depois traçar um plano estratégico de combate à doença.

Entre as ações, poderão constar reuniões que esclareçam as dúvidas da população quanto à vacinação, formas de contaminação, sintomas e transmissão da doença. Como destaca a CNM, esse diálogo além de auxiliar no controle e diminuição dos casos, ajuda a controlar a ansiedade e medo da comunidade.

Outro ponto importante é a necessidade de o gestor registrar e notificar os casos da doença em tempo hábil, assim como monitorar a cobertura vacinal dos residentes locais. A sugestão é que os profissionais da Atenção Básica desenvolvam um trabalho em rede, integrado com outras estratégias de saúde que o Município dispõe.

sábado, 27 de janeiro de 2018

Flávio Dino recebe Cônsul da China e amplia debate sobre investimentos no Maranhão


O governador Flávio Dino recebeu nesta sexta-feira (26), a Cônsul-Geral da China no Brasil, Li Feiyue. Em reunião, realizada no Palácio dos Leões, o governador e a comitiva de representantes discutiram a atual política de atração de investimentos. O objetivo é ampliar a aproximação entre o Estado e a nação que hoje é uma potência mundial.

De acordo com o secretário de Programas Especiais, Pierre Januário, a visita de uma Consul-Geral ao Maranhão foi a confirmação do sucesso das ações desenvolvidas até agora.

“A reunião confirma as ações que o Governo do Maranhão vem tendo nesse processo de diálogo, de atração de investimentos com esse grande país que é a China”, afirmou.

O secretário também explicou que foi a ocasião para discussão de antigos e novos projetos: “O governador apresentou um panorama das ações de atração de investimento da China. São quatro ou cinco projetos que acordamos com eles, e vamos estreitar esses laços e a nossa agenda para os próximos anos”.

A reunião também foi acompanhada pelo secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo.

Fonte: Secap

Suspeitos de explodir banco são presos no Maranhão

Assaltantes foram capturados após trocarem tiros com a polícia.


Polícia continua as buscas aos assaltantes que explodiram banco em Zé Doca. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Três suspeitos de explodir a agência bancária do Banco do Brasil de Dom Pedro, a 324 km de São Luís, foram presos no Maranhão. Os assaltantes foram capturados após trocarem tiros com a polícia e um dos veículos que foi usado durante o assalto foi apreendido.

De acordo com a polícia, os outros suspeitos ainda estão sendo procurados. Cerca de dez criminosos fortemente armados com fuzis e em duas caminhonetes aterrorizaram o município durante a madrugada dessa sexta-feira (26) ao explodir a agência bancária. No momento em que chegaram ao município, os assaltantes também trocaram tiros com os policiais e fuzilaram a delegacia e o quartel da Polícia Militar.

Bandidos explodem agência bancária em Dom Pedro (Foto: Adonias Soares)

Em seguida, os bandidos invadiram a agência bancária e explodiram o cofre que ficou completamente destruído. Além disso, a força da explosão danificou grande parte do prédio onde estava localizada a agência bancária. Para fugir da cidade, eles atearam fogo e atravessaram um caminhão para bloquear a BR-135, e espalharam vários pedaços de ferro com o intuito de dificultar as buscas dos policiais.

Criminosos incendiaram e atravessaram caminhão na pista para dificultar as buscas. (Foto: Reprodução/TV Mirante)


Por G1 MA

Créditos do Bolsa Escola começam a ser liberados na próxima semana no Maranhão


O Governo do Maranhão começa a liberar créditos do Bolsa Escola 2018 na próxima semana. “Dia 31, na próxima quarta-feira, estará disponível crédito em cartões das nossas crianças para que possam garantir a compra de seu material escolar”, conta o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, responsável pelo Bolsa Escola.

O Bolsa Escola concede crédito para famílias cadastradas no Bolsa Família, do Governo Federal, com filhos em idade escolar.

Trata-se de um complemento de renda feito pelo Governo do Maranhão para garantir caderno, livro, canetas e outros itens escolares às crianças e aos adolescentes.

Esta é a terceira edição do Bolsa Escola. Para liberar os créditos, o Governo do Maranhão estava aguardando o Governo Federal revisar a lista dos beneficiados do Bolsa Família, já que esta é a base de quem será alcançado pelo programa maranhense.

Com a revisão concluída, o Governo do Estado pôde organizar o cronograma para a concessão do crédito.

Quem tiver dúvidas pode entrar no site http://www.sedes.ma.gov.br/2015/09/01/mais-bolsa-familia-escola/ ou usar os aplicativos referentes ao programa.

Comércios credenciados

Cerca de 1.800 estabelecimentos estão aptos a realizar a venda de material escolar aos beneficiários do Bolsa Escola neste ano. O quantitativo é 22% maior do que o alcançado no ano passado.

Por meio de um cartão magnético tipo débito, as famílias beneficiárias poderão realizar compras nas lojas e comércios autorizados em seus próprios municípios para a venda de material escolar.

Fonte: Secap

Governo divulga calendário de feriados, facultativos e pagamento de 2018

O Governo do Maranhão divulgou o calendário de Feriados e Pontos Facultativos que serão obedecidos pelos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual em 2018, incluindo autarquias e fundações públicas. O calendário foi estabelecido por meio do Decreto de nº 33.766, de 22 de janeiro de 2018.
Os feriados declarados em Lei Municipal, de que trata a Lei Federal nº 9.093, de 12 de setembro de 1995, serão observados pelos órgãos da Administração Pública Estadual Direta, Autárquica e Fundacional nas respectivas localidades.
Também foi divulgada a tabela com as datas de pagamento do servidor público estadual.
Confira a lista dos feriados e pontos facultativos:
1º de janeiro – Segunda-feira, Ano Novo, Feriado Nacional;
12 de fevereiro – Segunda-feira, Carnaval, Ponto Facultativo;
13 de fevereiro – Terça-feira, Carnaval, Feriado Nacional;
14 de fevereiro – Quarta-feira de Cinzas, Ponto Facultativo;
29 de março – Quinta-feira Santa, Ponto Facultativo;
30 de março – Sexta-feira da Paixão, Feriado Nacional;
21 de abril – Sábado, Tiradentes, Feriado Nacional;
1º de maio – Terça-feira, Dia do Trabalho, Feriado Nacional;
31 de maio – Quinta-feira, Corpus Christi, Feriado Nacional;
1º de junho – Sexta-feira, Ponto Facultativo;
28 de julho – Sábado, Dia da Adesão do Maranhão à Independência do Brasil;
7 de setembro – Sexta-feira, Independência do Brasil, Feriado Nacional;
12 de outubro – Sexta-feira, Nossa Senhora Aparecida, Feriado Nacional;
28 de outubro – Domingo, Comemoração alusiva ao Dia do Servidor Público;
2 de novembro – Sexta-feira, Finados, Feriado Nacional;
15 de novembro – Quinta-feira, Proclamação da República, Feriado Nacional;
20 de novembro – Terça-feira, Dia Nacional da Consciência Negra, Feriado Estadual;
25 de dezembro – Terça-feira, Natal, Feriado Nacional.
Confira a tabela de pagamento dos servidores estaduais.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Mãe e filha são presas acusadas de simular sequestro em São Luís

Segundo as investigações da Polícia, Ana Tércia teria ligado para a polícia afirmando que a filha Letícia teria sido sequestrada.


Foto: Reprodução

A Polícia prendeu, nesta sexta-feira (26), Ana Tércia Macedo de Abreu, de 41 anos e a filha dela, identificada como Letícia de Abreu Ferreira, de 19 anos, acusadas de forjarem um sequestro para atingir o pai da jovem e ex-companheiro de Ana Tércia. Segundo as investigações da Polícia, Ana Tércia teria ligado para a polícia afirmando que a filha Letícia teria sido sequestrada.

A equipe da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) iniciou as investigações para tentar descobrir o local do cativeiro e identificar os possíveis sequestradores. No entanto, após diligências policiais localizaram o imóvel do falso cativeiro situado no Bairro de Fátima. Uma foto da vítima amarrada e amordaçada chegou a ser divulgada nas redes sociais por ela própria. Segundo informações policiais, as duas tentavam atingir o pai da jovem e ex-companheiro de Ana Tércia, Carlos Ronaldo Sales Ferreira.

Um dia antes da divulgação do falso sequestro, Carlos Ronaldo foi vítima de uma tentativa de homicídio. Ele foi alvejado por três disparos de arma de fogo realizados por indivíduos que estavam em um veículo. As investigações apontam Ana Tércia como a principal suspeita do crime por não aceitar a separação.

Elas foram autuadas em flagrante pelos crimes de falso testemunho e comunicação falsa de crime e encaminhadas ao Centro de Triagem de Observação Criminológica de São Luís.

Fonte: Jornal Pequeno

Mais de 40 mil pessoas concorrerão às vagas da Emserh

O cargo que mais recebeu inscrições foi o de técnico em enfermagem, com 16.122 inscritos, seguido por enfermeiro (8.050) e assistente administrativo (5.639).

Foto: Reprodução

As mil vagas para o quadro efetivo da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) ofertados em concurso público serão disputadas por 44.371 pessoas. As vagas estão divididas em 28 cargos nas áreas médica, assistencial e administrativa. Os salários variam de R$ 1.000 até R$ 7.425,31.

“O concurso é uma necessidade real, mas, sobretudo, uma forma de democratizar o acesso à rede estadual de saúde por mérito. Temos um déficit de pessoal, uma vez que não se realizava um concurso para a área desde 1992”, informa o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O cargo que mais recebeu inscrições foi o de técnico em enfermagem, com 16.122 inscritos, seguido por enfermeiro (8.050) e assistente administrativo (5.639). Já dentre os que menos receberam inscrições, destacam-se médico endocrinologista (38), enfermeiro de UTI pediátrica (39) e médico psiquiatra (48).

Segundo o Instituto AOCP, organizadora do concurso, o local, a sala e o horário de realização das provas serão disponibilizados no endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br, a partir de 29 de janeiro de 2018. O candidato deverá imprimir o cartão de informação no mesmo site.

Cargos

O concurso da Emserh oferece mil vagas para diversas áreas. São 51 vagas na área administrativa para candidatos com graduação em direito (com registro da OAB), administração e jornalismo, além de 30 vagas para nível médio e curso técnico como auxiliar. Todos devem apresentar diploma de conclusão da correspondente escolaridade, bem como o registro no órgão de classe.

Para o cargo da área assistencial, o candidato deverá apresentar o certificado de conclusão de curso do nível médio ou o curso técnico equivalente, assim como graduação em biomedicina, farmacêutico-bioquímico, farmácia, fonoaudiologia, enfermagem, fisioterapia, nutrição, odontologia, psicologia e terapia ocupacional. Para os cargos de enfermeiro (Obstetra, UTI Neonatal, UTI Pediátrica, UTI Adulto) e fisioterapeuta (UTI Pediátrica e Neonatal) é necessário ter pós-graduação ou experiência comprovada de dois anos na função.

A seleção do certame ocorrerá em duas etapas e os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas de caráter eliminatório. Na fase seguinte, serão realizadas as avaliações de títulos ou experiências profissionais.

As pessoas com deficiência têm assegurado 5% das vagas existentes ou das que vierem a surgir no prazo de validade do concurso, desde que os empregos pretendidos sejam compatíveis com sua deficiência, como determina o artigo 37, inciso VIII da Constituição Federal.

Provas

As provas objetivas serão realizadas no dia 18 de fevereiro de 2018 com horários de acordo com o cargo. Pela manhã, serão aplicadas as provas para os cargos assistenciais e administrativos. As avaliações serão realizadas à tarde para os cargos de assistente administrativo e da área médica.

A aplicação da prova será realizada nas cidades de Balsas, Barra do Corda, Caxias, Codó, Imperatriz, Itapecuru, Pinheiro, Presidente Dutra, Rosário, Santa Inês, São João dos Patos, Timon, Zé Doca e São Luís. Em caso de indisponibilidade de locais adequados ou suficientes na localidade de realização das Provas, estas poderão ser realizadas em localidades próximas. As demais etapas presenciais do concurso público serão realizadas na cidade de São Luís.

QUADRO DE INSCRITOS

CARGO – Nº INSCRITOS

MÉDICO – CARDIOLOGISTA 59
MÉDICO – CLÍNICA MÉDICA 155
MÉDICO – ENDOCRINOLOGIA 38
MÉDICO – GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA 86
MÉDICO – ORTOPEDIA 81
MÉDICO – PEDIATRIA 151
MÉDICO – PSIQUIATRIA 48
BIOMÉDICO 918
BIOQUÍMICO 149
ENFERMEIRO 8050
ENFERMEIRO OBSTETRA 392
ENFERMEIRO UTI ADULTO 299
ENFERMEIRO – UTI NEONATAL 111
ENFERMEIRO – UTI PEDIÁTRICA 39
FARMACÊUTICO 1924
FISIOTERAPEUTA 1831
FISIOTERAPEUTA – UTI PEDIÁTRICA E NEONATAL 103
FONOAUDIÓLOGO 378
NUTRICIONISTA 1971
ODONTÓLOGO 1021
PSICÓLOGO 1254
TÉCNICO DE ENFERMAGEM 16122
TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL 600
TERAPEUTA OCUPACIONAL 298
ADVOGADO 722
ANALISTA ADMINISTRATIVO 1738
ASSISTENTE ADMINISTRATIVO 5639
JORNALISTA 194

Bandidos explodem Banco do Brasil em Dom Pedro e roubam cofre

Foto Reprodução: Adonias Soares
Mais uma agência bancária foi alvo de bandidos fortemente armados no interior do Estado. Desta vez na cidade de Dom Pedro, localizada há 310 km de São Luís.
A ação criminosa ocorreu no inicio da madrugada desta sexta-feira (26) quando uma quadrilha provocou pânico na cidade e explodiu o cofre do Banco do Brasil.
Parte da estrutura do prédio ficou destruída, vidros foram quebrados e muitas cédulas de dinheiro foram danificadas e ficaram espalhadas pelo chão da agência bancária após a explosão.
Os bandidos fugiram levando dinheiro do cofre, porém não foi divulgado ainda o valor roubado.
Policiais militares foram acionados e percorrem a região em diligências. O bando tomou rumo ignorado.
Veja imagens publicadas pelo Blog do Carlinhos Filho.
Foto Reprodução: Adonias Soares


Foto Reprodução: Adonias Soares

Compartilhe

Postagem em destaque

Agências da Caixa abrirão neste sábado para saque do FGTS

José Cruz/Agência Brasil   As agências da Caixa Econômica Federal estarão abertas neste sábado (14), das 9h às 15h, para liberação do ...