sábado, 29 de agosto de 2020

Funcionária dos Correios é presa em flagrante por suspeita de furtar mercadorias em Caxias

Prisão foi realizada pela Polícia Federal (PF) nesta sexta-feira (28). Mercadoria foi encontrada escondida em compartimento da motocicleta da suspeita.


Funcionária dos Correios é presa por suspeita de roubar mercadorias do Centro de Distribuição em Caxias (MA) — Foto: Divulgação/Polícia Federal
A Polícia Federal no Maranhão (PF) prendeu em flagrante, na tarde desta sexta-feira (28), uma funcionária suspeita de furtar mercadorias do Centro de Distribuição Domiciliar dos Correios na cidade de Caxias, localizada a 360 km de São Luís.

A identidade da mulher não foi divulgada pela Polícia Federal. Durante a abordagem, foram encontradas escondidas inúmeras mercadorias destinadas às cidades de Coroatá e Codó escondidas em um compartimento da motocicleta da funcionária.

Segundo a PF, a ação contou com a colaboração dos Correios. A suspeita deve responder pelo crime de peculato, que prevê pena de reclusão de dois a 12 anos de prisão, além de multa.

Após a prisão, a mulher foi encaminhada ao Sistema Penitenciário do Maranhão onde deve permanecer à disposição da justiça.

Posicionamento dos Correios:

"Sobre a operação da Polícia Federal, realizada nesta sexta-feira (28), na cidade de Caxias/MA, trata-se de uma ação conjunta, realizada entre os Correios e a PF, por meio de fornecimento de informações ao órgão de segurança. A empresa continua colaborando com as autoridades.

Os Correios consideram inaceitável a conduta de empregados que venham a agir contra os padrões e valores defendidos pela empresa, que adota, de imediato, as medidas disciplinares que os casos requerem.

Ressaltamos que esse tipo de conduta não condiz com as normas da instituição e não traduz o comportamento de seu quadro de pessoal.

Em respeito aos valores da empresa, os Correios compartilham informações sobre seu efetivo apenas com as autoridades competentes. Por se tratar de assunto relacionado à segurança, os órgãos públicos devem ser procurados."

Por G1 MA 

Em Godofredo Viana Covid-19 atinge mais homens que mulheres


O boletim informativo da Secretaria Municipal de Saúde de Godofredo Viana desta sexta-feira (28) informou que já são 146 casos confirmados do novo coronavírus, com 4 óbitos, 03 ativos e 139 recuperados.

Dos 146 casos confirmados, 69 são mulheres e 77 homens.

No Boletim epidemiológico de ontem, revela que Godofredo Viana registrou mais um caso positivo de covid-19.

Em cinco meses, 60 profissionais de saúde morreram de coronavírus no MA

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), desde o início da pandemia, mais de 3 mil profissionais da saúde já testaram positivo para a doença no Maranhão.


Desde o início da pandemia, 60 profissionais de saúde morreram no Maranhão em decorrência de alguma complicação causada pelo novo coronavírus (Covid-19). Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e foram divulgados na quarta-feira (26).

Entre os mortos, estão médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem que perderam suas vidas atuando na linha de frente contra a doença. Até o momento, outros 87 profissionais seguem em tratamento no estado.

Ao todo, 3.278 profissionais foram infectados pelo novo coronavírus no Maranhão e deste número, 3.191 se recuperaram da doença. Em junho, um levantamento apontou que o estado tinha uma média um profissional de saúde morto pela Covid-19, a cada 2 dias.

Da redação com informações do G1 Maranhão

Polícia encontra reféns e recupera parte de carga de cigarros em Estreito



Uma ação integrada entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) Polícia Militar (PM) e o Grupo Tático Aéreo (GTA) conseguiu encontrar na tarde dessa quinta-feira (27) um grupo de reféns e recuperou uma parte de um carregamento de cigarros na BR-226 em Estreito.

Segundo os policiais, motorista e representante de vendas de uma empresa, que fariam distribuição de grande quantidade de cigarros em estabelecimentos comerciais, foram rendidos por assaltantes quando passavam pela cidade de Estreito.

Os funcionários rendidos foram levados juntamente com o carregamento de cigarros para um matagal com acesso às margens da BR-226, na altura do Km 556, em Porto Franco, local onde desembarcaram quase toda a carga transportada e a remanejaram para um outro veículo, que não foi identificado pelas vítimas, no qual os suspeitos realizaram uma fuga com destino desconhecido.

Ainda de acordo com os policiais, por volta das 16h30 equipes da PRF e PM, com o apoio do GTA encontraram os funcionários, que foram orientados a recolher o restante da carga deixada para trás e, em seguida, retornarem à sede em Imperatriz.

A PRF juntamente com as polícias judiciárias darão continuidade às investigações para descobrirem os autores da ação criminosa.

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

PRF realiza apreensões de madeira irregular na BR-010 no Maranhão

Duas apreensões aconteceram nesse domingo (23) na cidade de Imperatriz; Em 2020 a PRF já apreendeu 76 carretas transportando 3.054 m³ de madeira irregular


Polícia Rodoviária realizou duas apreensões de madeira irregular na BR-010 em Imperatriz — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou nesse domingo (23) duas apreensões de transporte irregular de madeira que ocorreram na BR-010 na cidade de Imperatriz, a 626 km de São Luís.

Segundo a PRF, a primeira ocorreu por volta das 07h40, no Km 260 da rodovia estadual, em frente à Unidade Operacional da PRF na localidade Lagoa Verde. Já a segunda ocorrência se deu por volta das 12h45, também no Km 260.

A Polícia Rodoviária Federal tem investido cada vez mais em inteligência policial no combate aos crimes ambientais, o que tem se refletido na grande quantidade de registros contra a flora brasileira.

Somente no ano de 2020 já são 76 carretas apreendidas pela PRF em todo o estado do Maranhão, totalizando mais de três mil metros cúbicos de madeira irregular.

Por Márcia Carlile, G1 MA 

MA tem mais inscritos no Bolsa Família que trabalhadores formais



Com 963.041 pessoas beneficiadas pelo Bolsa Família, o Maranhão é um dos três estados em que esse recurso tem sido a tábua de salvação, para algumas pessoas, para suprir as necessidades básicas, especialmente nesse período de tempos difíceis na economia.

Esse número supera o de trabalhadores com carteira assinada, em mais que o dobro. São 477.742 trabalhadores no emprego formal, excluindo-se o setor público, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e do Ministério do Desenvolvimento Regional, em um levantamento feito pelo portal poder360.

A lista tem ainda Bahia, com 1.654.765 trabalhadores no emprego formal e 1.840.202 com Bolsa Família; em segundo vem o Pará, com 729.808 trabalhadores e 966.117 beneficiários do Bolsa Família. Assim, dentre os estados do Nordeste, o Maranhão ocupa o segundo lugar no ranking.

Além de Bahia, Pará, Maranhão (os que encabeçam a lista), Alagoas, Piauí, Paraíba, Amazonas, Sergipe, Acre e Amapá têm mais beneficiários do Bolsa do que pessoas empregadas formalmente.

Flávio Dino anuncia morte de seu pai por Covid-19 em post emocionado nas redes sociais



João Lisboa Sálvio Dino, de 88 anos, passou algumas semanas internado em São Luis,no Hospital Carlos Macieira com a Covid-19. O Governador Flávio Dino em Post emocionado nas redes sociais disse ter recitado Gonçalves Dias junto com seu pai na última quinta feira. "“Não chores, meu filho;Não chores, que a vida
É luta renhida:
Viver é lutar.
A vida é combate,
Que os fracos abate,
Que os fortes, os bravos
Só pode exaltar.” Escreveu Dino ao anunciar a morte de seu pai.

Sálvio Dino tinha 88 anos e era pai, ainda, do procurador da República Nicolao Dino e do advogado Sálvio Dino Júnior.
A toda a família e aos amigos, nossos mais sinceros sentimentos.

domingo, 23 de agosto de 2020

A partir do dia 28, pequenos eventos serão permitidos no Maranhão

Fiscalizações para evitar aumento do contágio continuarão em todo o Estado.

A partir do dia 28 deste mês de agosto, sob decreto e portaria do Governo do Maranhão já publicados no Diário Oficial, estará autorizada a realização de pequenos eventos públicos e privados. Os eventos de médio e pequeno portes continuam proibidos devido à pandemia do coronavírus. 

Os pequenos eventos liberados serão aqueles que não cobram ingressos para a entrada e nos quais os participantes possam ser facilmente encontrados pelo anfitrião, a exemplo de festas de aniversários, jantares, batizados, bodas, casamentos, confraternizações, eventos científicos, inaugurações, lançamentos de produtos e serviços.

Será necessário seguir regras sanitárias específicas, além daquelas de obrigatoriedade geral: uso de máscara, higienização das mãos, distanciamento de 2 metros e nada de aglomerações. Os eventos só poderão ser feitos com no máximo 100 pessoas. Dependendo do tamanho do ambiente, o número pode ser menor. 

Outras regras

A temperatura de todos os colaboradores e convidados deve ser medida na entrada do evento, com termômetros digitais infravermelhos. As mesas precisam ter distância de dois metros umas das outras. Só pode haver atração musical com até dois integrantes.

Feiras e auditórios

Eventos com stands ou feiras devem montar plantas de localização com fluxo de entrada e saída em sentido único. Nos auditórios, deve haver distanciamento entre os assentos, se possível de pelo menos dois metros. Para assentos fixos, deve haver dois lugares vazios entre as pessoas. Continua proibida a atuação de manobristas de veículos.

Homem é preso após manter companheira como refém no MA


Um homem, que não teve a sua identidade revelada, foi preso no município de Codó, a 290 km de São Luís, após fazer refém por horas e tentar matar com uma faca a sua companheira, reconhecida como Jordan Silva.

Segundo a Polícia Militar (PM), o homem não aceitava o fim do relacionamento do casal. De acordo com o cabo da PM, Edvan, quando os policiais chegaram a residência, situado no bairro São Francisco, em Codó, o homem ficou mais violento e se trancou com a mulher no quarto armado com uma faca.

“Nós nos deparamos com uma situação totalmente já extrema, onde um homem teria trancado a mulher dentro do quarto e manteria ela em cárcere privado, onde diante da presença da Polícia Militar ele resolveu partir para uma agressão maior, onde ele a agarrou segurando pelo pescoço e mantendo ela como refém em um quarto fechado”, contou o cabo Edvan.

PGR contesta normas do TCE-MA sobre salário e auxílio de conselheiros



O procurador-geral da República, Augusto Aras, ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6519, contra as Resoluções 311/2019 e 287/2018 do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), que tratam do subsídio mensal e do auxílio-saúde dos conselheiros e conselheiros substitutos e dos procuradores do Ministério Público junto ao órgão. A relatora da ação é a ministra Rosa Weber.

Segundo Aras, a Resolução 311/2019 tomou por base normas editadas pela União para estabelecer a retribuição do cargo de conselheiro em R$ 35.462,28, equivalente a 90,25% da remuneração dos ministros do STF. A seu ver, a medida viola o artigo 37, inciso XIII, da Constituição Federal (CF), que proíbe o atrelamento remuneratório, para evitar que a alteração de uma carreira tenha repercussão automática em outra.

Ele aponta ainda que, de acordo com a jurisprudência do STF, o estabelecimento de equiparação ou vinculação entre servidores (civis ou militares) estaduais e federais é contrário ao princípio federativo, pois o aumento de remuneração concedido aos servidores federais por lei da União resultará em majoração de despesa para os estados.

Em relação à Resolução 287/2018, o procurador-geral explica que ela conferiu aos conselheiros, aos conselheiros substitutos e aos procuradores do TCE-MA, inclusive os inativos, o direito ao recebimento de parcela mensal a título de auxílio-saúde, calculada a partir da aplicação de percentuais progressivos de 3,5% a 10% do subsídio, de acordo com a faixa etária. Ele alega que a Constituição Federal (artigo 39, parágrafo 4º) proíbe acréscimo de gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação e outras espécies remuneratórias aos agentes públicos à parcela única do regime de subsídio.

sexta-feira, 21 de agosto de 2020

Mais de 20 pessoas são presas durante operação policial no Maranhão

As ações ocorreram em sete municípios do estado e foram cumpridos 29 mandados



Foto: Reprodução
Na madrugada desta sexta-feira (21), a Polícia Civil deflagrou Operação Pecus que tinha como principal objetivo cumprir mandados de busca e apreensão e prisão em desfavor de integrantes de facção criminosa que coordenam o tráfico de drogas na região da baixada maranhense.

De acordo a Polícia Civil, ações ocorreram nos municípios de Pinheiro, Turilândia, Maracaçumé, Central do Maranhão, Mirinzal, São Bento e na capital do estado, São Luís. Ainda segundo a polícia, foram cumpridos 29 mandados, sendo 23 nas sete cidades e outros seis no Complexo de Penitenciário de Pedrinhas.
Foto: Divulgação Polícia Civil
Foto: Divulgação Polícia Civil

Foto: Divulgação Polícia Civil
Participaram dessa operação denominada Pecus, que significa gado em latim, 190 policiais de diversas superintendências do estado. Durante a ação foram apreendidas drogas e armas de fogo.

Segundo a polícia civil, dentre os presos na operação foi identificado o irmão de um policial militar reformado, o suspeito era considerado o “armeiro” da organização. As armas que foram apreendidas estavam na casa do policial.

Investigação

De acordo com o delegado Armando Pacheco, superintendente de Investigações Criminais (SEIC), as investigações iniciaram em 2019 quando a principal liderança da organização criminosa encontrava-se presa no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Foi através da prisão desse suspeito que foi possível identificar outras lideranças da organização.

Ainda segundo Armando Pacheco, foi verificado que o bando é responsável por diversos crimes na região da baixada, o que inclui roubos, estupros de vulnerável, tráfico de drogas e homicídios.

Durante a investigação foi observado o modus operandi da organização criminosa que agia de forma esquematizada, repassando informações do grupo aos soldados, responsáveis por executar ações criminosas, tais como: venda drogas e homicídios. Além disso, cabia a eles executar todo planejamento da liderança da organização .

Por: O Imparcial

Armas, cargas de cigarros e caminhões são apreendidos em porto clandestino de São Luís



Na madrugada desta sexta-feira (21), uma operação da Polícia Militar culminou na prisão de 4 pessoas e na apreensão de três caminhões, uma embarcação com carregamento de cigarros, armas de fogo, em um porto clandestino em Itapera, na zona rural de São Luís.

Segundo informações, foram identificados terrenos em área de mata sendo abertos por máquinas.

Na abordagem, que ocorreu entre às 22h de quinta-feira (20) e a manhã e hoje, foi constatada a presença de mais de 35 pessoas trabalhando no local, de difícil acesso, onde descarregavam caixas com mercadorias.

Houve confronto entre policiais e suspeitos, que efetuaram disparos contra as equipes. Muitos conseguiram fugir por região de mangue. Um motorista partiu em um dos caminhões, e três veículos foram apreendidos.

Quatro suspeitos foram detidos.

Nos caminhões, foi encontrada uma grande quantidade de caixas de cigarros e bebidas alcoólicas. Uma perícia deve averiguar a originalidade da mercadoria.

Além disso, um fuzil, uma pistola 380 e um revólver calibre 38 foram apreendidos.







Caixa credita auxílio emergencial para 5,7 milhões de pessoas

Foto: Reprodução

A Caixa credita hoje (21) auxílio emergencial para 5,7 milhões de beneficiários. São 3,7 milhões de pessoas nascidas em novembro que já tinham a programação de receber nesta data. Mais 91 mil são novos beneficiários ou pessoas que tiveram o cadastro reavaliado pelo governo. Há ainda o pagamento para 1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família.

O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia da covid-19.

CRÉDITO NA POUPANÇA SOCIAL

A Caixa tem disponibilizado o auxílio para aqueles que estão no CadÚnico ou se cadastraram pelo site ou aplicativo em uma poupança digital. Essa poupança é acessível pelo aplicativo Caixa Tem, por meio do qual é possível fazer compras online em estabelecimentos autorizados e pagar boletos.

O saque em dinheiro do benefício, em uma agência do banco, é autorizado posteriormente, conforme calendário definido pelo governo, considerando o mês de nascimento do beneficiário. As transferências para outros bancos ou para contas na própria Caixa seguem o mesmo calendário de saque. Nesse caso, os recursos são transferidos automaticamente para as contas indicadas pelo beneficiário.

CICLO 1

O crédito para os beneficiários nascidos em novembro faz parte do Ciclo 1 de pagamentos do auxílio emergencial. Os saques e transferências estarão liberados no dia 12 de setembro.

No ciclo 1, o crédito na poupança social da Caixa está agendado para o período de 22 de julho a 26 de agosto, conforme o mês de nascimento. Os saques e transferências estão sendo feitos de 25 de julho a 17 de setembro.

NOVOS ELEGÍVEIS

O calendário de pagamento para os beneficiários que tiveram o pedido de auxílio emergencial reavaliado ou são novos elegíveis foi publicado no Diário Oficial da União no dia 3 deste mês. Segundo a Caixa, nesse calendário, aprovado pelo governo, foram incluídos 805 mil novos beneficiários que recebem a parcela 1. Além dessas pessoas, 345 mil tiveram o cadastro reavaliado e receberão as parcelas 3 e 4 do auxílio.

Hoje será feito o depósito na poupança social para 91 mil beneficiários nascidos em novembro. Os saques e as transferências poderão ser feitos no dia 12 de setembro.

BOLSA FAMÍLIA

A Caixa Econômica Federal iniciou na última terça-feira (18) o pagamento da quinta e última parcela do auxílio emergencial para beneficiários do programa Bolsa Família. A cada dia, o saque é liberado a um novo grupo conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). Ao todo, 19,2 milhões de pessoas cadastradas no programa receberão o dinheiro até 31 de agosto.

Os primeiros a receber foram os beneficiários com NIS final 1, no dia 18. Na quarta-feira (19), foi a vez daqueles com NIS final 2. Ontem (20), beneficiários com NIS final 3 e hoje (21), com NIS final 4. O pagamento segue em ordem crescente até chegar ao NIS 9 no dia 28 e termina com o NIS 0, no dia 31. Não há pagamentos nos finais de semana.

O recebimento do auxílio emergencial por este público é feito da mesma forma que o benefício regular do Bolsa Família, utilizando o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui ou por crédito na conta Caixa Fácil.


Número de pessoas curadas da Covid-19 no Maranhão chega a 131.733

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), nas últimas 24 horas 1.318 pessoas receberam alta médica no estado.



Leito de UTI no interior do Maranhão. — Foto: Divulgação.

Segundo o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado na noite desta sexta-feira (21), nas últimas 24 horas, 1.318 pessoas diagnosticadas com a Covid-19 receberam alta médica no estado. Agora, o Maranhão chega a 131.733 pacientes curados do novo coronavírus.

Desde o início da pandemia, o estado já registrou 143.103 casos confirmados da doença e 3.328 mortes. Dos novos casos, 84 foram registrados na Grande Ilha (São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa), 49 em Imperatriz e 1.110 em outros municípios maranhenses.


Ainda segundo a SES, 3.251 profissionais da saúde foram infectados pela Covid-19 desde o início da pandemia. Deste número, 3.165 já se recuperaram e 59 morreram.

Até o momento, outros 4.135 casos seguem sob suspeita no estado. Segundo o governo do Maranhão, 315.906 testes para a Covid-19 (rede pública + privada) foram realizados e 170.123 casos foram descartados.

Por G1 MA 

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

MP vai prorrogar auxílio emergencial até dezembro, mas não deve ser R$ 600

Medida provisória pode sair na próxima semana. Benefício, que tem alavancado a popularidade de Bolsonaro, seria estendido até dezembro, mas com valor inferior aos atuais R$ 600. Proposta da economia é de R$ 300


Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
O governo federal avalia editar uma medida provisória para prorrogar novamente o auxílio emergencial. A ideia é estender o benefício até dezembro, mas com um valor inferior aos atuais R$ 600. A proposta pode ser apresentada na próxima semana, visto que a quinta (e até agora a última) parcela do auxílio já começou a ser paga. Lideranças partidárias, porém, defendem mais uma parcela de R$ 600 e duas de R$ 300.

A possibilidade ganhou força nos últimos dias porque o benefício tem sido o principal vetor por trás do processo de retomada econômica e também da melhora da avaliação do presidente Jair Bolsonaro. Além disso, o governo ainda não finalizou o projeto do Renda Brasil, programa que deve substituir o Bolsa Família e amparar os brasileiros de baixa renda hoje contemplados com o auxílio emergencial.

Porém, o ministro da Economia, Paulo Guedes, vem afirmando que “não tem dinheiro para ficar em R$ 600”. Segundo os cálculos da equipe econômica, cada mês de auxílio emergencial custa R$ 51,5 bilhões.

A ideia do governo é, portanto, baixar o valor do benefício para cerca de R$ 300. Um valor intermediário entre os R$ 600 que são pagos atualmente e os R$ 190 do Bolsa Família, bem como acima dos R$ 200 que eram defendidos por Paulo Guedes no início da pandemia. É um valor que, segundo a equipe econômica, deve garantir uma transição segura do auxílio emergencial para o Renda Brasil, que deve pagar cerca de R$ 250 aos brasileiros de baixa renda.

Para fazer essa redução, contudo, o governo precisa de autorização do Congresso. É que a lei que instituiu o auxílio emergencial só permite a prorrogação do auxílio por meio de decreto se o benefício for mantido em R$ 600, como aconteceu na primeira renovação, em junho.

O governo, portanto, deve apelar para uma medida provisória, já que as MPs têm vigência imediata e estão tramitando de forma acelerada no Congresso na pandemia. E a expectativa é que o assunto seja tratado com celeridade, já que a quinta parcela do auxílio começou a ser paga ontem.

Limites

Nos bastidores, Guedes não tem mostrado resistência à prorrogação, desde que o benefício se limite a este ano e não fique em R$ 600. Ele entende que o benefício tem sido importante para a economia e para a popularidade de Bolsonaro. Também acha que é melhor gastar nesse programa, que já se mostrou vantajoso, do que liberar recursos para obras públicas, que vêm sendo defendidas por ministros como Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional).

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), demonstrou preocupação com a implantação do Renda Brasil sem que se resolva a questão do teto de gastos. Segundo ele, o orçamento do programa virá de outros que terão de ser cancelados, e o governo precisa acelerar a articulação para decidir, com o parlamento, o que poderá ser suspenso.

“O parlamento tem responsabilidade. A gente sabe que a manutenção dos R$ 600 é muito difícil. A criação das condições para ter uma renda básica maior, atingindo pessoas acima do Bolsa Família, vai ter um custo extra dentro do teto de gastos. A coisa mais importante, no curto prazo, é a regulamentação dos gatilhos do teto”, disse Maia, durante coletiva de imprensa.

O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), disse que a questão do auxílio emergencial é uma das principais preocupações do ministro Paulo Guedes. Na visão do parlamentar, uma prorrogação com valor reduzido poderia ser a solução.

“O governo sabe que não pode fazer uma interrupção abrupta do auxílio, pois ainda, estamos com a economia impactada pela pandemia. Obviamente existem sugestões, propostas que vão surgir, mas não há ainda uma posição de governo. É natural que aconteça a prorrogação; talvez uma prorrogação com redução pode ser uma solução, mas isso está ainda análise pelo governo”, disse o líder ao Correio.

Por: O Imparcial com informações Correio Braziliense

Perseguidor, prefeito de Carutapera demite servidores

Amargando uma altíssima rejeição em todo o município de Carutapera, o prefeito André Dourado (PL) apela para o vale tudo, já no início da pré-campanha. 

Mesmo estando em período vedado pela legislação eleitoral, a contratação, demissão e transferências de funcionários públicos, o gestor resolveu por pura perseguição política rescindir os contratos de 02 (dois) servidores públicos contratados, um professor do povoado Timbotiua na segunda- feira dia (17), e de uma servidora do (CRAS), no dia (18), terça feira, pelo simples fato de os mesmos não estarem rezando em sua cartilha política, e o pior, os termos de rescisão/portarias, estão sendo entregues aos servidores com datas retroativas, datados de 14 de agosto. É isso mesmo, funcionários públicos contratados que não simpatizam com reeleição do prefeito André Dourado, estão sendo demitidos.

Isso é um verdadeiro absurdo e um flagrante desrespeito a legislação eleitoral que proíbe desde o dia 15/08 a demissão, contratação e transferência de servidores públicos.

Urgentemente, se faz necessário que o Ministério Público, fiscal da lei (art. 127, CF/88) tome devidas ás devidas medidas cabíveis, para combater essas operseguições políticas.

perpetradas no município de Carutapera pelo prefeito e seus aliados.




Prefeito de Cândido Mendes é preso durante operação do Gaeco


O Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) realizou, na manhã desta quarta-feira, 19, em parceria com a Policía Civil [ VEJA AQUI ], a Operação Cabanos, que resultou na prisão do prefeito de Cândido Mendes, José Ribamar Leite Araújo, o “Mazinho Leite”. O prefeito foi preso em flagrante por posse ilegal de armas. Na casa do gestor também foram encontrados mais de R$ 400 mil em espécie. Mazinho Leite foi conduzido para a cidade de Godofredo Viana, onde será autuado por porte ilegal de arma de fogo.

A operação cumpria mandados de busca e apreensão na sede da Prefeitura de Cândido Mendes, na residência de Mazinho Leite e em endereços de outros investigados, localizados nos municípios de São Luís, Cândido Mendes e Bom Jardim. Os mandados foram solicitados pelo Ministério Público do Maranhão e expedidos pela Justiça de Cândido Mendes.

O objetivo era apreender documentos relativos a processos licitatórios envolvendo o Município e diversas empresas que tinham contratos com a Prefeitura. As investigações foram iniciadas após a identificação de suspeitas de fraude em uma licitação realizada em 2013, para aquisição de materiais de limpeza. Descobriu-se que os materiais eram fornecidos por uma empresa de fachada, localizado em Turiaçu. No suposto endereço, funcionava uma lotérica.

As investigações apontaram a existência de irregularidades em diversos outros contratos envolvendo a compra de materiais médico-laboratoriais, manutenção de iluminação pública, reforma de hospitais e escolas, além da coleta de lixo.

O Gaeco estima que os contratos irregulares geraram um prejuízo de R$ 3,35 milhões, desde 2013, aos cofres de Cândido Mendes.

Dinheiro foi encontrado na casa do prefeito 

Participaram da Operação Cabanos 12 servidores do Gaeco e Segurança Institucional do MPMA. Da Polícia Civil, 7 delegados e 18 agentes cumpriram mandados em São Luís; 4 delegados e 3 policiais atuaram em Cândido Mendes e 1 delegado e 3 policiais realizaram a operação em Bom Jardim.

Ex-prefeito de Santa Luzia do Paruá é condenado a devolver R$ 74 mil



O ex-Prefeito de Santa Luzia do Paruá, Nilton Ferraz, foi condenado por ato de improbidade administrativa.

A sentença é resultado de Ação de Improbidade Administrativa, causando prejuízo ao erário, movida pelo Ministério Público. O ex-gestor foi condenado a ressarcir o os danos causados ao erário no valor R$ 74.980,40 mil, referentes às despesas realizadas sem o devido procedimento licitatório.

Foi imposta, também, a pena de suspensão dos direitos políticos do réu durante 05 anos, condenando-o ao pagamento de multa civil no valor de 10 vezes o valor da remuneração percebida à época dos fatos, além de proibição de contratar com o Poder Público ou receber incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por meio de pessoa jurídica da qual seja sócio, pelo prazo de 05 anos. A sentença tem a assinatura do juiz titular João Paulo de Sousa Oliveira.

A ação relata que, no Inquérito Civil nº 11/2017 – PJSLP que foi instaurado pelo Ministério Público Estadual a partir de Relatório de Tomadas de Contas do Tribunal de Contas sobre a prestação de contas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB e do Fundo Municipal de Assistência Social – FMAS, relativos ao exercício financeiro de 2007, foi constatada a existência de irregularidades que causaram prejuízo ao erário.

Sustentou, também, que as irregularidades evidenciadas consistiram na realização de despesas sem licitação, referente ao FUNDEB e FMAS, bem como a não aplicação de 22.27% dos recursos do FUNDEB para o primeiro trimestre do exercício seguinte. Por fim, destacou que os atos praticados pelo requerido configuraram improbidade administrativa que causaram danos ao erário.

Notificado, o requerido reservou-se ao direito de se manifestar acerca do mérito da demanda após a instrução processual e fazendo protesto genérico de produção de todas as provas em direito admitidas. No tocante ao mérito, negou a prática de ato de improbidade e alegou a inexistência de provas concretas a comprovar o alegado e o dano ao erário. A sentença foi fundamenta na Lei nº 8.429/92, perfeitamente aplicável aos Prefeitos e citou sentenças de outros tribunais e instâncias em casos semelhantes.

“No caso em questão, o rol de irregularidades evidenciadas no procedimento de Tomada de Contas Anual dos Fundos Municipais (FUNDEB E FMAS), apesar de julgadas regulares, evidenciam o elemento subjetivo (dolo) consistente na vontade deliberada e consciente de não atender às determinações legais e resultam na perfeita adequação das condutas aos atos ímprobos previstas na Lei nº. 8.429/92, acarretando prejuízo ao erário e atentando contra os princípios da Administração Pública”, observou o magistrado na sentença.

sábado, 15 de agosto de 2020

Prefeitura de Godofredo Viana entrega revitalização do ginásio poliesportivo João P. Cirino Sobrinho


Seguindo todos os protocolos sanitários estabelecidos para prevenção da Covid,a Prefeitura de Godofredo Viana acaba de concluir mais uma etapa do amplo projeto de melhorias na infraestrutura de Godofredo Viana. Nesta sexta feira (14/08), o prefeito Sissi Viana promoveu a entrega da revitalização do ginásio poliesportivo João P. Cirino Sobrinho na sede do município.

A modernização do espaço envolveu serviços como implantação de quadras poliesportivas de futsal, vôlei e basquete, pintura geral, iluminação interna e da área externa e reforma completa do telhado atendendo assim antiga demanda dos desportos do município.


“O ginásio poliesportivo João Pereira Cirino Sobrinho estava completamente destruído e abandonado. Com esforço enorme, conseguimos recuperar e modernizar a parte externa e interna do equipamento, dando vida a este espaço. Podemos dizer que estamos entregando um novo ginásio aqui, totalmente revitalizado, proporcionando mais qualidade de vida para toda população”, destacou o chefe do Executivo.



Ex-vereador descobre traição e joga água quente no rosto da esposa no Maranhão



O ex-vereador de Peritoró André Coelho está sendo acusado de jogar água quente em sua esposa após supostamente descobrir que estava sendo traído. A vítima é a vereadora Dudu Coelho.

Em áudio enviado para um grupo de amigos, André Coelho confessou que jogou água quente na esposa e tentou explicar seu ato covarde e criminoso.

“Eu descobri que ela tinha um caso com um cara lá de Capinzal, mais de ano. Ela tinha um caso, aí eu descobri. Aí a gente começou a discutir, discutir. Eu tava cozinhando um ovo lá e nós discutimos isso aí, discutimos, aí sapequei esse negócio na cara dela”, tentou justificar.

A vereadora foi encaminhada para o hospital do município e seu estado de saúde é considerado estável. O caso será investigado pela polícia civil.

Godofredo Viana : Prefeito Sissi Viana e Gerência do INSS assinam Acordo de Cooperação Técnica

Objetivo é a implantação do novo modelo de atendimento, o INSS Digital





Nesta sexta feira (14), a Gerência-Executiva do INSS em São Luis (MA), junto com o Prefeito Sissi Viana, realizaram cerimônia de assinatura do Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre o INSS e a prefeitura para a implantação do novo modelo de atendimento, o INSS Digital.

A assinatura desse acordo tem como principal objetivo permitir que a prefeitura e entidades a ela vinculada, credenciadas para este fim, realizem, em favor de seus representados, o requerimento de serviços do INSS, tais como: aposentadoria por idade rural e urbana, aposentadoria por tempo de contribuição, pensão por morte, auxílio-reclusão, salário-maternidade. Também estarão disponíveis: cópia de processos, atualização de cadastro, Benefício de Prestação Continuada (BPC), auxílio-doença, além de revisão de benefício e recurso.

A partir deste ACT, a Prefeitura criará um espaço com infraestrutura para atendimento ao público. O INSS vai capacitar os representantes da prefeitura e fornecer acesso aos sistemas que permitirão digitalizar documentos e protocolar os requerimentos dos segurados. Do mesmo modo, o acesso aos sistemas digitais vai permitir acompanhar a tramitação dos processos pela internet.

Para o gerente-executivo Diego Xisto, “hoje é um dia histórico para a Gerência-Executiva do INSS, pois, ao firmarmos esse Acordo de Cooperação Técnica com a prefeitura de Godofredo Viana, daremos um grande passo rumo à modernidade do INSS, proporcionando mais conforto para os nossos segurados, maior celeridade na análise dos benefícios, economia com deslocamento da população para outros municípios e tantas outras vantagens que promoveremos para a sociedade godofredense com a utilização do INSS Digital em nosso estado”.

O Acordo de Cooperação Técnica com a prefeitura visa a facilitar o acesso aos serviços e ao reconhecimento dos direitos dos cidadãos. Com isso, os servidores vinculados à prefeitura poderão fazer os pedidos de benefício diretamente à prefeitura, sem precisar ir a uma agência do INSS. Os processos relativos a essa parceria são enviados eletronicamente para os polos de análise, unidades que trabalham exclusivamente com requerimento eletrônico e que funcionam nos espaços internos do INSS nos estados.

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Godofredo Viana: Prefeito entrega nova UBS e autoriza obras de pavimentação

Nesta sexta-feira, Sissi Viana dará prosseguimento as inaugurações entregando a sede do INSS Municipal e um novo Ginásio Poliesportivo.





Uma grande festa popular, que seguiu todos os protocolos sanitários estabelecidos para prevenção da Covid, marcou, nesta última quinta-feira, a inauguração da nova Unidade Básica de Saúde do povoado Crispiana, no município de Godofredo Viana, na região Leste do Maranhão.

A unidade de saúde foi reformada e climatizada pela gestão do prefeito Sissi Viana (Republicanos), que esteve presente na solenidade acompanhado da vice-prefeita Lindalva Severo; vereadores; além de diversas lideranças comunitárias.

Na oportunidade, Sissi também assinou ordem de serviço autorizando o início dos serviços de pavimentação de diversas vias da localidade.

“Mesmo diante de um cenário conturbado, que mistura queda de recursos financeiros e a problemática da pandemia, continuamos trabalhando e levando para o povo godofredense os benefícios necessários em todas as áreas da administração”, comentou Sissi.

A UBS, além de ter dito toda a sua infraestrutura recuperada e climatizada, o que aumentará a capacidade de atendimento e dará mais conforto aos usuários, também recebeu uma cadeira odontológica, o que permitirá, a partir de agora, que este tipo de tratamento seja feito no próprio bairro.

“Trata-se de uma mais uma grande conquista para os moradores de Crispiana. O prefeito Sissi vem trabalhando fortemente, desde 2017, em todos os setores, o que fez com que Godofredo Viana avançasse muito”, disse Lindalva.




Mais obras – Nesta sexta-feira, Sissi Viana dará prosseguimento à maratona de inaugurações de novas obras.

A partir das 17h, será entregue à população a sede do INSS Municipal.

Em seguida, a partir das 18h, Sissi inaugurará o novo Ginásio Poliesportivo de Godofredo Viana, um sonho antigo dos desportistas da cidade.

quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Preço médio da gasolina nas refinarias tem reajuste de 4%

Foto: Reprodução
A Petrobras anunciou que promoverá reajustes médios de 4% para a gasolina e de 2% para o diesel (S10 e S500) nas refinarias, com vigência a partir de hoje (13).

Esse será o sexto aumento consecutivo do diesel no ano. Já o reajuste da gasolina acontece após redução de 4% no preço, registrada em julho passado, depois de nove altas.

Com o aumento de 2% (ou o equivalente a R$ 0,04 por litro) a partir dessa quinta-feira, o preço médio do diesel da Petrobras para as distribuidoras passa a ser de R$ 1,87 por litro. No acumulado do ano, a redução do preço é de -19,9% .

Já o preço médio da gasolina para as distribuidoras, com o aumento de 4% (ou R$ 0,07 por litro) a partir de amanhã, passa a ser de R$ 1,72 por litro. No acumulado do ano, a redução do preço é de -10,4 %.

No acumulado do ano até agora, foram 24 reajustes para a gasolina, sendo 11 aumentos e 13 reduções, e 18 reajustes para o diesel (sete aumentos e 11 reduções).

Polícia prende homem acusado de estupro e ameaças contra crianças no Maranhão

Prisão ocorreu no município de Anapurus e o homem foi levado para a penitenciária em Chapadinha.


Polícia realiza operação em Chapadinha contra crimes sexuais contra crianças — Foto: Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil prendeu um homem, na manhã desta quinta-feira (13), pela prática de satisfação de lascívia (atos libidinosos) na presença de criança, além de dois estupros de vulnerável e ameaça.

O nome do preso não foi divulgado pela polícia, mas a prisão ocorreu no município de Anapurus, na região nordeste do Maranhão.

Segundo a polícia, os crimes teriam acontecido contra duas crianças, de 4 e 10 anos. Após ser preso, o homem foi encaminhado à Unidade Prisional de Ressocialização de Chapadinha.

Por G1 MA

24 presos não retornaram ao presídio após saída temporária

O retorno dos internos deveria acontecer até o fim da tarde da última terça-feira (11)


Penitenciária de Pedrinhas, em São Luís - Foto: Reprodução

Na última sexta-feira(7), 705 internos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas foram beneficiados com a saída temporária do Dia dos pais, o retorno dos apenados deveria acontecer até o fim da tarde da última terça-feira (11).

Todos os anos, os presos tem direito a cinco saídas temporárias, Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal) – benefício previsto na Lei de Execuções Penais.

Através de nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) afirmou que dos 705 internos deixaram Pedrinhas na manhã da sexta-feira (7), somente 681 retornaram até o fim da tarde de terça-feira(11). Os outros 24 presos que não voltaram ao presídio estão sob pena de regressão de regime.

Segue nota da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) na íntegra:

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que dos 705 internos beneficiados com a ‘Saída Temporária de Dia dos Pais’, que deixaram as unidades na manhã de sexta-feira (7), 681 retornaram e 24 não cumpriram o prazo de retorno.
Os custodiados que não retornaram e não cumprirem a determinação estão sob pena de regressão de regime e outras sanções.

Por: O Imparcial

Maranhão tem mais 1.929 pessoas curadas da Covid-19 em 24h

Dados foram atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na noite desta quarta-feira (12).


Paciente recuperado da Covid-19 em Godofredo Viana - Foto Neto Weba
De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Maranhão chegou a 133.265 pacientes curados do novo coronavírus nesta quarta-feira (12). Nas últimas 24 horas, 1.929 pessoas receberam alta médica no estado. 

Até o momento, o Maranhão tem 133.265 casos confirmados e 3.215 mortes por Covid-19. Foram registradas 1.205 novas infecções pela doença e confirmadas 11 mortes em oito municípios maranhenses.

A secretaria informou que 3.168 profissionais da saúde foram infectados pela doença desde o início da pandemia. Deste número, 3.080 se recuperaram e 57 morreram.

O Maranhão tem 3.318 casos sob suspeita. Ao todo, 293.631 testes para a Covid-19 já foram realizados e 157.686 casos foram descartados com base nestes exames.

Compartilhe

Postagem em destaque

Bom Jardim | Ex-prefeita "Ostentação" é condenada a devolver mais de um milhão de reais aos cofres públicos

A ex-prefeita do município de Bom Jardim (2013-2015), Lidiane Leite da Silva, a prefeita ostentação, foi condenada pelo TCE-MA, em dois proc...