segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

Obras mudam a cara do bairro do Alegre em Godofredo Viana



A gestão do prefeito Sissi Viana vem trabalhando a cada dia para melhorar a estrutura da cidade. Transformando o município em um verdadeiro canteiro de obras, o órgão público vem realizando várias intervenções por toda Godofredo Viana. No bairro do Alegre, as ruas começaram a ganhar uma nova modelagem com a chegada do asfalto.

Além do asfalto, o bairro está recebendo várias intervenções, como, recuperação de infraestrutura das ruas e melhoramento na iluminação pública com instalação de lâmpadas de Led. “O bairro do Alegre está sendo contemplado com uma estrutura de primeira qualidade e com acessibilidade”, ressaltou morador.

As ruas Jamila Pereira, Jamila Pereira 1, Rua Professora Honorata e Professora Fúlvia Simão Maia já foram contempladas com asfalto.

PF conclui que Josimar Maranhãozinho cometeu crimes de peculato e lavagem de dinheiro


A Polícia Federal concluiu o inquérito contra o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL-MA), flagrado manuseando caixas de dinheiro e repassando valores a aliados, e imputou ao parlamentar os crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, pelo desvio de recursos de emendas parlamentares destinadas a prefeituras do Maranhão.

O relatório final foi enviado na semana passada ao Supremo Tribunal Federal (STF), sob sigilo. Caberá agora à Procuradoria-Geral da República (PGR) avaliar se apresenta denúncia contra Maranhãozinho. Essa investigação ficou conhecida como Operação Descalabro, deflagrada no final do ano passado.

O GLOBO mostrou no último dia 4 trechos de vídeo gravado em ação controlada da PF no qual o deputado entrega uma caixa de dinheiro a um aliado. A investigação concluiu que Maranhãozinho desviou recursos de emendas parlamentares destinados a prefeituras do Maranhão, por meio de pagamentos a empresas ligadas a ele. Os valores eram sacados em dinheiro vivo e devolvidos ao parlamentar, que também os redistribuía a aliados.

A PF concluiu as investigações sobre o deputado na semana passada, informou o jornal O Globo. A TV Globo apurou que os investigadores informaram ao STF que há indícios suficientes de que o parlamentar desviou dinheiro de emendas parlamentares.

Maranhãozinho é aliado do presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e chegou a cita-lo em áudios gravados pela PF, como mostrou o GLOBO. O PL é o partido ao qual o presidente Jair Bolsonaro se filiou para disputar a reeleição no próximo ano, em uma cerimônia em Brasília que contou com a presença de Maranhãozinho.

Além dessa investigação, o parlamentar também é alvo de um outro inquérito que apura novo esquema de desvios de recursos de emendas parlamentares. Por causa dessa nova linha de apuração, ele foi alvo de busca e apreensão deflagrada pela PF na semana passada.

Procurado, o deputado Josimar Maranhãozinho disse que “sempre se colocou à disposição dos órgãos de apuração” e que “sua conduta sempre foi pautada na legalidade”. O Globo

Desvio de recursos da saúde

A operação do início de dezembro contra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho é um desdobramento de uma investigação que teve início no ano passado. Em dezembro de 2020, policiais federais também cumpriram mandados em endereços ligados ao parlamentar.

A investigação à época apontou que o deputado destinou emendas parlamentares para os municípios do interior do estado do Maranhão, onde tem reduto eleitoral. O dinheiro era direcionado para os Fundos Municipais da Saúde, mas os gestores firmavam contratos fraudulentos com empresas de fachada que pertencem ao parlamentar, mas estariam em nome de “laranjas”, segundo a PF.

Depois, ainda de acordo com a polícia, essas empresas faziam saques e o dinheiro era entregue ao deputado, no seu escritório regional parlamentar em São Luís.

A PF estima que a fraude gerou prejuízo de R$ 15 milhões aos cofres públicos. (G1)

Caixa paga Auxílio Brasil para beneficiários com NIS final 2

A Caixa Econômica Federal paga nesta segunda-feira (13) o Auxílio Brasil para beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 2.

Medida provisória publicada em edição extra do Diário Oficial da União, no último dia 7, antecipou o pagamento do novo valor do Auxílio Brasil. O instrumento criou um benefício extraordinário que complementa as parcelas já previstas do auxílio para o valor de R$ 400. Ou seja, cada família recebe, no mínimo, R$ 400.

Segundo o Ministério da Cidadania, do total de 14,5 milhões de famílias atendidas em novembro pelo novo programa social do governo federal, 13 milhões recebiam menos de R$ 400. Em novembro, o valor médio do Auxílio Brasil foi R$ 224,41.

As datas de pagamento seguem o modelo do antigo Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês. Em dezembro, em função do feriado de Natal, os pagamentos vão até 23, com a antecipação em uma semana em relação ao calendário regular.

O beneficiário pode consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

O novo programa social tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga um emprego ou tenha um filho que se destaque em competições esportivas ou em competições científicas e acadêmicas.

Podem receber o Auxílio Brasil as famílias com renda per capita de até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e aquelas com renda per capita de até R$ 200, consideradas em condição de pobreza.

Assaltante que assassinou mulher em Coroatá morre em confronto com a PM em Capinzal do Norte

 

O assaltante identificado como Romilson de Aquino Almeida, de 19 anos, que assassinou uma jovem na cidade de Coroatá, morreu em confronto como policiais em Capinzal do Norte, na noite deste domingo (12).

No local onde o assassino estava escondido, os PMs foram recebidos a tiros e a resposta foi imediata. Ele foi atingindo, socorrido e levado ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O crime

Romilson Almeida, conhecido como “Buscapé, matou Lavineg Vitória Barbosa de Sousa Carneiro, de 18 anos, durante uma tentativa de assalto. O crime foi registrado na tarde de segunda-feira (6), por volta de 13h.


Dois bandidos anunciaram um assalto na loja LN Variedades, que também é correspondente bancário do Bradesco, e acabaram trocando tiros com o segurança do estabelecimento. A jovem, que trabalhava no local, acabou sendo alvejada por três disparos.

Ela foi encaminhada às pressas para UPA e, devido o seu estado grave, foi transferida para o hospital macrorregional, onde passou por intervenção cirúrgica, mas, infelizmente, não resistiu aos ferimentos e morreu no início da noite de terça-feira (07)

Após o crime, um dos envolvidos foi preso pela polícia militar. Ele foi identificado como José de Ribamar, conhecido como Zezinho.

Via Gilberto Lima

Índios Guajajaras derrubam torre de eletricidade no Maranhão


Indígenas de quatro territórios da Reserva Canabrava, situada região Central do Maranhão, derrubaram na manhã desse domingo (12) uma torre de energia da Eletronorte, e outras duas, segundo os índios foram danificadas.

O local onde a torre foi derrubada fica na Aldeia Coquinho, uma das 20 aldeias da Reserva Canabrava, no município de Jenipapo dos Vieiras.

Os índios derrubaram a torre para reivindicar que a Eletronorte deixe de fazer a distribuição de cestas básicas e faça o repasse de dinheiro diretamente aos índios, que assim podem escolher onde comprar. Eles também exigem que a Fundação Nacional do Índio (Funai) transfira dois funcionários que trabalham na aldeia.

Por meio de nota, enviada ao g1, a Eletronorte informou que a linha está desligada e que a Empresa já obteve autorização judicial para ingresso de técnicos da Eletronorte e policiais federais na Terra Indígena Guajajaras para inspeção e reparo nas torres de transmissão. As equipes aguardam a mobilização das forças policiais para dar início à recuperação.

A Empresa disse, ainda, que as equipes atuaram junto ao Operador Nacional do Sistema para que o fornecimento de energia não fosse interrompido.

Em relação à declaração sobre um convênio datado de 2014 mencionado pelos Guajajaras, a Eletronorte esclareceu que não existe um convênio pendente, e sim uma Ação Civil Pública em andamento no Ministério Público Federal, assim como na Justiça Federal, na qual o papel da Eletronorte seria desenvolver um estudo ambiental simplificado do componente indígena, o que já foi realizado pela Empresa e aprovado pela Funai. No momento a Eletronorte aguardava a Funai concluir as oficinas para cumprir o seu papel dentro das ações antecipatórias, mas não houve consenso entre algumas lideranças indígenas e a Funai sobre as ações a serem realizadas. Tão logo haja a decisão, a Eletronorte está pronta para finalizar o processo e realizar o aporte financeiro.

A Eletronorte esclareceu também que mantém um canal de diálogo permanente com as comunidades indígenas, e que a negociação é uma prática com diversas comunidades ao longo da história da Empresa. No entanto, ciente do seu compromisso de gerar e transmitir energia para o Sistema Interligado Nacional, e de garantir esse serviço à sociedade, a Eletronorte manifestou que já registrou boletim de ocorrência, solicitou a apuração dos fatos e a devida responsabilização. Trata-se de uma situação grave, com consequências e prejuízos para toda a população brasileira.

Por fim, a Eletronorte disse que continua à disposição para o diálogo com a comunidade, com o apoio da Funai, reiterando seu compromisso com o fornecimento de energia para o país.

Contrato de concessão de ferryboats no MA é acompanhado pelo MP


Membros do Ministério Público do Maranhão participaram, na última quinta-feira, 9, da solenidade de assinatura do Contrato de Concessão do Serviço Público de Transporte Aquaviário Intermunicipal (ferry-boat), entre os terminais Ponta da Espera e Cujupe. A cerimônia ocorreu no auditório da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), no Porto do Itaqui.

Foram assinados os contratos de concessão pública com as empresas Internacional Marítima LTDA e Celte Navegação LTDA, vencedoras da licitação objeto da Concorrência Pública nº 001/2021-CSL/MOB.

Pelo MPMA, estiveram presentes o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, e a promotora de justiça Lítia Cavalcanti, coordenadora do Centro de Apoio Operacional do Consumidor. Também compuseram a mesa na solenidade o presidente da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), Daniel Carvalho, o presidente da Emap, Ted Lago, entre outras autoridades.

Em abril deste ano, o Governo do Maranhão, por meio da MOB, realizou uma Audiência Pública que discutiu a licitação de ferry-boat no estado, e em julho foi lançado o edital de licitação de dois lotes com direito de concessão de, no mínimo, 20 anos, com prorrogação por igual período. O edital de licitação foi elaborado por setores técnicos da MOB com base em contribuições da sociedade, por meio de audiência pública, além de apontamentos e notificações de órgãos como o MPMA, Capitania dos Portos, Vigilância Sanitária, entre outros.

Segundo a promotora de justiça Lítia Cavalcanti, o Ministério Público acompanhou de perto todo o processo que visa a garantir a melhoria do serviço de ferry-boat prestado aos maranhenses. “Esse é um momento histórico, é uma luta do Ministério Público, da sociedade, pois essa situação de muita precariedade do sistema de ferry já tem mais de 10 anos. Então, hoje nós acompanhamos a assinatura do contrato com as empresas que ganharam o certame licitatório. E agora vamos acompanhar a melhoria dos serviços”, destacou.

O procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, reafirmou o compromisso do Ministério Público com a melhoria dos serviços prestados à sociedade. “O Ministério Público tem lutado, ao longo dos anos, para que seja prestado um serviço de qualidade para a população que tem o ferry-boat como principal meio de transporte. E o nosso papel é continuar fiscalizando, mesmo depois da contratação das empresas”, ressaltou.

HISTÓRICO

O Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotoria do Consumidor, acompanha a qualidade do serviço de ferry-boat desde o ano de 2011. Em 2013, houve a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura, estabelecendo a data de 18 de novembro de 2015, como o prazo final para a publicação de edital visando a concessão/permissão das linhas do transporte aquaviário intermunicipal via ferry-boat para os trecho Ponta da Espera -São Luís-MA/Cujupe –Alcântara -MA e Cujupe- Alcântara –MA/ Ponta da Espera – São Luís-MA.

Em 2014, foi celebrado Termo de Ajustamento de Conduta em que as operadoras Internacional Marítima e Serviporto se comprometeram a prestar o serviço de forma adequada nos termos da lei.

Ainda em 2014 foi aprovado o marco regulatório do transporte aquaviário – Lei Estadual nº 9.985 de 11 de fevereiro de 2014, com objetivo de conferir base jurídica para futura licitação destinada à concessão do serviço.

Já em 2020 foi assinado outro TAC com as operadoras prevendo obrigações adicionais com vistas a manutenção da qualidade do serviço. Naquele mesmo ano, foi assinado outro ajuste com a MOB e Emap prevendo a intensificação da fiscalização do serviço.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Polícia Federal deflagra operação contra pornografia infantil no Maranhão



A Policia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão na manhã desta segunda-feira (6), nas cidades de São Luís e Raposa. A operação Proteção Integral visa reprimir crimes como produção, posse e compartilhamento de material contendo abuso sexual infantil, assim como estupro de vulnerável.

Um dos suspeitos foi identificado a partir de informações compartilhadas pela ONG NCMEC (Nacional Center for Missing and Exploited Children), responsável por analisar casos suspeitos de armazenamento/disseminação/divulgação de conteúdo de exploração sexual infantil, por meio de provedores como Facebook, Whatsapp, Google, etc.

Diante da gravidade dos fatos, após representações da Polícia Federal, foram expedidos mandados de busca e apreensão pela Justiça Federal e Estadual em desfavor dos investigados, com a finalidade de apreender computadores, mídias e quaisquer outros materiais relacionados a abuso sexual infantil.

Um dos investigados é suspeito da prática dos crimes de armazenamento e compartilhamento de material contendo cenas de abuso sexual infantil, por isso responderá pelos delitos previstos nos artigos 241-A e 241-B, ambos da Lei nº8.069/90, podendo a pena chegar a 10 anos de reclusão.

Já o outro, além de possuir arquivos com exploração sexual infantil, teria gravado os abusos por ele supostamente praticados e armazenado em seu celular, portanto teria praticado os crimes previstos nos artigos 240 e 241-B da Lei nº8.069/90, assim como estupro de vulnerável (artigo 217-A do Código Penal), podendo a pena chegar a 27 anos de prisão.

Grave acidente deixa três mortos na BR-222, em Pindaré-Mirim

Segundo informações, as vítimas estavam em uma motocicleta quando colidiram contra um carro que seguia no sentido contrário.




Três jovens morreram em um grave acidente na madrugada de domingo (5), na BR-222, na cidade de Pindaré-Mirim.

Segundo informações, as vítimas estavam em uma motocicleta quando colidiram contra um carro que seguia no sentido contrário.

Com o impacto da batida, os jovens foram arremessados a vários metros do local da colisão.

Segundo testemunhas, o motorista do veículo, que estaria embriagado, fugiu do local.

As vítimas foram identificadas como Darlean Dourado, Joyce Colaço e Thais Cristina. Os três retornavam de uma festa em Santa Inês.

Homem é preso após agredir mulher em Paço do Lumiar; com graves lesões, ela foi levada ao Socorrão


Policiais do 22º BPM prenderam, na manhã deste domingo (5), um homem suspeito de violência doméstica, no município de Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís.

Segundo a polícia, por volta das 7h30 uma guarnição foi acionada via Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) para averiguar uma possível lesão corporal contra uma mulher no Residencial Novo Horizonte. No local, os PMs encontraram a vítima lesionada.

O suspeito já havia fugido da residência. A mulher foi levada pelos policiais para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Devido à gravidade das lesões, ela foi transferida para o Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão 2).

Após diligências, os PMs conseguiram prender o suspeito. Ele foi encaminhado para a Delegacia Especial da Mulher, na Casa da Brasileira, no Jaracaty, em São Luís, para autuação em flagrante.

URGENTE! Prefeito Junior Garimpeiro sofre acidente de carro em Centro Novo

 


O prefeito de Centro Novo do Maranhão, Junior Garimpeiro , que voltou ao comando da cidade na última sexta-feira após dois meses preso, após operação da PF que apura um esquema de crimes ambientais e instalações de garimpos ilegais, sofreu um acidente automobilístico nas primeiras horas desta segunda feira, dia 06 de dezembro.

Segundo informações de leitores do blog, o prefeito e o motorista identificado por Duarte, sofreram um acidente e capotaram o veiculo uma caminhonete, e caíram de cima de uma ponte. Ainda segundo informações apenas o motorista sofreu algumas lesões mais passa bem.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Imperatriz retoma uso obrigatório de máscaras em locais públicos

A Prefeitura de Imperatriz divulgou nessa segunda-feira (29) o Decreto de nº 116 que retoma a obrigatoriedade do uso de máscara facial de proteção em locais públicos e de uso coletivo, por todas as pessoas e em todas as atividades empresárias ou não.

Além disso, o decreto define que a entrada e permanência em escolas, inclusive nas salas de aula, creches, conservatórios da rede pública municipal, acima de 4 anos, fica obrigatório o uso de máscara facial, cobrindo o nariz, boca e ajustadas perfeitamente ao rosto.

As escolas e afins da rede privada poderão exigir o uso de máscara facial de proteção, conforme protocolo sanitário adotado, para entrada e permanência em suas dependências.

Policial que matou médico em Imperatriz é expulso da PM

Adonias Sadda está preso em São Luís, onde aguarda julgamento.




O Conselho de Disciplina da Polícia Militar do Maranhão julgou procedente as acusações contra o policial Adonias Sadda Sousa Costa e decidiu por sua exclusão dos quadros da corporação.

Adonias é acusado de assassinar o médico Bruno Calaça Barbosa, com um tiro à queima-roupa, no dia 26 de julho deste ano. Bruno tinha 24 anos e estava em uma festa na Avenida Beira-Rio, em Imperatriz, quando foi atingido por um tiro no peito.

Conforme publicado no boletim geral n° 218 de 23 de novembro de 2021, tornado a público hoje, Adonias foi excluído da PMMA “por ter tido conduta que afetou a honra pessoal, o decoro da classe e pundonor militar e ainda por contrariar o art. 40, incisos I, III, IV, XI, XII, XV e XVIII, da Lei n. 6.513/1995”.

Agora ex-PM, Adonias segue preso em São Luís e aguarda julgamento por homicídio duplamente qualificado.

O crime

O assassinato do médico Bruno Calaça ocorreu em Imperatriz, na madrugada do dia 26 de julho deste ano, por volta das 3h30, no fim de uma festa, no bar Dell Lagoa, na Avenida Beira-Rio, em Imperatriz.

Tudo começou quando um empresário do ramo de autopeças, identificado como Waldek, teria ‘esbarrado’ algumas vezes na jovem Luna Lemos, namorada de um irmão de Bruno, o que teria sido interpretado como assédio, como se o empresário estivesse querendo ‘dar em cima’ da garota. Waldek estava acompanhado de um outro empresário, identificado como Ilker, também do ramo de autopeças, e de Ricardo Barbalho, que seria advogado.

Insatisfeita com a atitude de Waldek, Luna relatou o fato para o irmão de Bruno, conhecido como Willian, iniciando-se, assim, a partir daí, uma confusão com empurra-empurra e tentativas de agressão. O proprietário do Dell Lagoa interveio e apartou a briga, fazendo com que todos os envolvidos dessem as mãos.

Momentos mais tarde, já com a festa encerrada e as luzes acesas, Bruno estava encostado no palco, sentado, enquanto Barbalho e um dos empresários, conforme pode ser visto num vídeo divulgado nas redes sociais, passaram a conversar com o soldado Adonias, apontando para o local onde estavam Bruno, seu irmão Willian, Luna e outros amigos.

No vídeo, percebe-se que Barbalho e o empresário falam alguma coisa ao ouvido do policial Adonias e em seguida o militar, acompanhado de um deles, vai na direção de Bruno. O empresário se aproxima do médico, fala alguma coisa e desfere um murro a altura do ombro de Bruno, que reage com um empurrão, como querendo livrar-se dele. Em seguida, Adonias saca um revólver e atira em Bruno Calaça, que ainda fica em pé alguns segundos e cai, enquanto o policial e o empresário se retiram.

Dois homens são assassinados a tiros em Vargem Grande


Dois homens foram assassinados a tiros na noite dessa terça-feira (30) no bairro Trizidela, na cidade de Vargem Grande. Uma mulher, que estava com as vítimas, foi baleada na perna.

Os três estavam em um bar quando foram surpreendidos pelos assassinos, que estavam em uma motocicleta. Eles pararam em frente ao estabelecimento e efetuaram diversos disparos de arma de fogo e logo em seguida, fugiram do local.

As vítimas foram identificadas como Francisco das Chagas, de 36 anos e Genilson de Lima, 31 anos. A mulher ferida foi identificada como Alralice Matos, de 22 anos. A mulher foi socorrida em estado grave e transferida para São Luís.

De acordo com a polícia, o crime tem carcaterísticas de acerto de contas ou por encomenda (pistolagem). As investigações seguem na tentativa de capturar os criminosos e elucidar o caso.

Ibama abre inscrições para concurso no Maranhão

Serão 20 vagas distribuídas em níveis médio e técnico ambiental e os salários podem chegar até R$ 4.063, 34; Inscrição para participar do concurso está no valor de R$ 70.


Ibama abre inscrições para concurso no Maranhão — Foto: Divulgação


O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) abriu inscrições para concurso para 20 vagas distribuídas em níveis médio e técnico ambiental. Os salários podem chegar até R$ 4.063, 34. A inscrição para participar do concurso está no valor de R$ 70.

O concurso público será regido e executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e estará com inscrições abertas até o próximo dia 20 de dezembro.

O candidato que optar pelo nível médio ou o cargo de técnico ambiental, caso passe no certame, terá como atribuições : prestar suporte e apoio técnico especializado às atividades dos Gestores e Analistas Ambientais; executar atividades de coleta, seleção e tratamento de dados e informações especializadas voltadas para as atividades finalísticas; e orientar e controlar processos voltados às áreas de conservação, pesquisa, proteção e defesa ambiental.

A prova objetiva vai ser realizada no dia 30 de janeiro de 2022. Os exames vão acontecer em todas as capitais brasileiras e também no Distrito Federal. As provas serão de Conhecimentos Básico, Língua Portuguesa, Matemática, Informática e Legislação ambiental.

Por g1 MA 

Polícia Federal faz operação em Carutapera e outros três municípios visando emendas do deputado Josimar


Polícia Federal faz operação em Carutapera e outros municípios visando emendas do deputado Josimar (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Na manhã desta quarta-feira (1º), a Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em Carutapera e mais três municípios do maranhenses, a ação faz partes das investigações sobre desvio de verbas de prefeituras relacionadas a emendas parlamentares. O alvo é o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL-MA).

A autorização para operação foi da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que também é relatora de ações que pedem o fim das emendas de relator-geral, base do orçamento secreto, esquema revelado pelo Estadão em maio. O caso tramita sob sigilo.


Segundo apuração os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de Zé Doca, Maranhãozinho, Carutapera em São Luís. Em Zé Doca, a prefeita Josinha Cunha é irmã do deputado federal Josimar.

De acordo com investigações da Polícia Federal, a relação de parentesco e ligações pessoais de Josimar com prefeitos e secretários municipais fazem parte do ‘modus operandi’ para desvio de dinheiro em áreas como saúde e infraestrutura. A operação desta quarta-feira, segundo pessoas envolvidas com o caso, está relacionada à infraestrutura.

Josimar de Maranhãozinho é um dos parlamentares que está na mira dos órgãos de investigação e controle por desvios em emendas parlamentares. Além dele, há outros nomes que ainda não foram alvo de mandados.

Em outubro, o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, admitiu, em audiência na Câmara, “não ter dúvida” de que há corrupção envolvendo recursos federais indicados por parlamentares via emendas. Ao ser questionado sobre o orçamento secreto, esquema montado pelo governo de Jair Bolsonaro para aumentar sua base eleitoral no Congresso, Rosário afirmou que sua pasta e a PF investigavam a venda de emendas e que, “em breve”, deveria haver novidades.

A ação da Polícia Federal ocorre um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro se filiar ao partido de Josimar, o PL. O deputado tem relação próxima com o presidente nacional do partido, Valdemar Costa Neto, condenado pelo esquema do mensalão, quando fazia parte de base aliada do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


*Com informações de Estadão

Mercadorias sem nota fiscal são apreendidas na BR-135, no Maranhão

Diante dos fatos, configurou-se crime contra a ordem tributária, causando prejuízos aos cofres públicos. Mercadorias sem nota fiscal são apr...