segunda-feira, 29 de julho de 2019

Rebelião deixa 52 mortos no presídio de Altamira, sudoeste do Pará

Segundo a Susipe, 16 presos foram decapitados. Uma briga entre organizações criminosas provocou a rebelião. Dois agentes prisionais foram feitos reféns.


Rebelião deixa 52 mortos no presídio de Altamira, sudoeste do Pará

Detentos do Centro de Recuperação Regional de Altamira, no sudoeste do Pará, fizeram uma rebelião por cerca de cinco horas na manhã desta segunda-feira (29). De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), 52 detentos foram mortos, sendo 16 deles decapitados e o restante asfixiado. Dois agentes penitenciários, que chegaram a ficar reféns, foram liberados.

Uma briga entre organizações criminosas provocou a rebelião. Segundo a Susipe, internos do bloco A, onde estão custodiados presos de uma organização criminal, invadiram o anexo onde estão internos de um grupo rival. A Superintendência ainda não identificou os grupos.

Posteriormente, a sala foi trancada e os presos atearam fogo no local. A fumaça invadiu o anexo e alguns detentos morreram por asfixia, de acordo com a Susipe. A ação começou às 7h e terminou por volta das 12h.

Uma cúpula da Segurança Pública do Pará viaja para Altamira, para acompanhar o caso, na tarde desta segunda. A unidade prisional tem capacidade para 200 detentos, mas era ocupado por 311 presos.

Esse é o segundo maior massacre em presídios de 2019. Em maio, 55 presos foram mortos sob custódia do estado no Amazonas.


Por G1 PA 

Militar morre ao tentar atravessar lagoa em Santo Amaro, nos Lençóis Maranhenses

Polícia Militar acredita que Tiago Victor Silva foi resgatado após passar mais de cinco minutos debaixo d'água.


Trecho dos dos Lençóis Maranhenses situado no município de Santo Amaro — Foto: Reprodução/TV Globo

O militar do Exército Brasileiro, Tiago Victor Silva, de 25 anos, morreu na manhã desse domingo (28), em Santo Amaro, cidade turística da região dos Lençóis Maranhenses. Tiago estava tentando atravessar um trecho da Lagoa da Andorinha, mas não resistiu.

Tiago era morador da Vila Cafeteira, em São Luís. Segundo a Polícia Militar, ele tentou atravessar a lagoa, mas não conseguiu e passou mais de cinco minutos debaixo d'água antes de ser localizado e encaminhado ao hospital municipal.

"Existe uma operação desencadeada durante todo esse período de férias, pelo CTA em parceria com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, por orientação da Secretaria de Segurança. O problema é que o Parque (dos Lençóis) é muito extenso. São mais de 150 mil hectares, mais de 36 mil lagoas. E essa área de Santo Amaro ainda tem os rios, que adentram a região, tem ainda lagoas mais profundas, com mais de três metros de profundidade. Tem ainda a situação das pessoas que entram na região sem orientação, sem guia", disse o sargento César, que integra a equipe do Centro Tático Aéreo (CTA).

Segundo a Polícia Militar, o Instituto Médico Legal (IML) em São Luís recebeu o corpo do militar para os procedimento legais.


Por G1 Maranhão 

Solicitando melhorias na infraestrutura, comunidade interdita trecho da BR-010

FOTO: Divulgação PRF
Na manhã desta segunda-feira (29), a comunidade da Vila Davi II fechou parte do trecho da BR-010. O protesto ocorre no km 243, próximo da barreira da Polícia Militar do Bananal.

A comunidade fechou a via com galhos e pedaços de madeira, além de pneus e atearam fogo para manter o bloqueio. Os moradores da Vila Davi II reclamam das ruas sem pavimentação, falta de água, saneamento básico, segurança e educação.


Moradores utilizam faixas destacando as reivindicações de infraestrutura.

MA10

sábado, 27 de julho de 2019

Por falta de verba, serviços serão suspensos no Hospital de Pinheiro



O Instituto Acqua informou aos prestadores de serviços do Hospital Regional de Dr. Jackson Lago, em Pinheiro, nesta semana, que vai precisar suspender pelo menos mais três serviços oferecidos à população da Baixada Maranhense.

Segundo comunicado expedido à unidade – em que justifica a revogação de editais para a contratação de serviços médicos -, a entidade confirma o fim dos atendimentos em ortopedia, urologia e otorrinolaringologia.

Motivo? Falta de recursos…

“Desde o segundo semestre de 2018 a Secretaria de Estado da Saúde vem constantemente efetivando cortes orçamentários e alterações no Planos Operativos que orientam as contratações e despesas”, destaca o documento.

Ainda de acordo com o instituto, os atendimentos nessas três áreas vão parar a partir do dia 1º de agosto.

Gilberto Leda

Criança de 2 anos morre após quarto pegar fogo no Maranhão

Camila Costa Silva morreu queimada após o quarto onde ela dormia pegar fogo no município de Imperatriz.


Criança de dois anos morre após quarto pegar fogo em Imperatriz

Camila Costa Silva, de apenas dois anos, morreu queimada após o quarto onde ela dormia pegar fogo no município de Imperatriz, a 626 km de São Luís. O quarto onde a criança estava ficou completamente destruído. Os móveis do quarto da menina queimaram e o que restou foi jogado fora

O tio de Camila Costa, Fred Oliveira, foi quem percebeu que o quarto estava pegando fogo. Ele revela que ela já chegou sem vida no hospital. “Fui saí na moto e acabei percebendo o cheiro queimado de plástico e aí chegando próximo do quarto coloquei a mão na janela e senti o calor. Eu corri e avisei para minha mãe que estava dando banho na irmã dela e quando eu puxei a porta do quarto tava só fogo e fumaça. Não dava para ver mais nada dentro. A minha mãe entrou junto comigo e sabia onde ele tava e acabou pegando ela. A gente correu com ela para o hospital, mas infelizmente eu acho que ela já estava sem vida lá”, contou Fred Oliveira.

A suspeita é que o incêndio tenha começado após o curto-circuito em um ventilador que, segundo a família da criança, estava ligado no quarto. O fogo começou a se espalhar para outros cômodos da casa. O forro da sala, situado ao lado do quarto, ficou parcialmente queimado.


Camila Costa Silva morreu queimada aos 2 anos após o quarto onde ela dormia pegar fogo em Imperatriz — Foto: Reprodução/TV Mirante

Quando o Corpo de Bombeiros chegou a residência os vizinhos já tinham controlado o incêndio. O tenente Hairton, militar do Corpo de Bombeiros, acredita que na próxima segunda-feira (29) as causas do incêndio já sejam reveladas. “Eu creio que segunda-feira o comandante já tem conhecimento do sinistro e a família pode procurar ele e ele por sua vez vai indicar um perito pra vim concluir essa perícia”.

O Corpo de Bombeiros verificou a residência e apontou outras situações que podem ter contribuído para o incêndio. Segundo o tenente Hairton em outro quarto, que é igual ao quarto afetado pelas chamas, tem central de ar, ventiladores, lâmpadas e televisão ligados na mesma rede elétrica. Além disso, o bombeiro Hairton revelou que em uma das salas um urso de pelúcia estava perto de um aparelho de televisão o que, segundo ele, em caso de incêndio, ajuda na propagação das chamas.

“Em um local de uma tomada coloca duas, três, coloca mais outro T e isso vai sobrecarregando a questão da eletricidade. Aquele grau de risco torna-se maior”, destacou o tenente do Corpo de Bombeiros.


Por G1 MA 

Deputados maranhenses gastaram mais de R$ 2,6 milhões em 2019

Cleber Verde (PRB) foi o que mais gastou dinheiro da cota parlamentar a que os deputados federais têm direito


Foto Reprodução

O Ranking dos Políticos elaborou um levantamento mostrando os gastos de todos os deputados federais do Brasil nos seis primeiros meses de mandato da atual legislatura. Neste período, os 18 deputados maranhenses gastaram mais de R$ 2,6 milhões da cota para exercício parlamentar.

Vale ressaltar que os deputados tem direito de gastar R$ 240 mil neste primeiro semestre e o maranhense campeão de gastos foi Cleber Verde (PRB) que utilizou de R$ 225,9 mil, valor que corresponde a 94% do que ele poderia gastar.

Completando o pódio dos gastos aparecem os deputados Junior Marreca (PATRIOTA) com R$ 219 mil e Gil Cutrim (PDT) com R$ 203,8 mil.

Do outro lado da tabela aparece o deputado Júnior Lourenço (PL) que gastou “apenas” R$ 81,2 mil de sua verba, representando 33,8% do que a lei lhe permitia. André Fufuca (PP) com R$ 83,7 mil e Pastor Gildenemyr (PL) com R$ 88,3 mil completam o time dos menos gastadores.

O número exato das despesas dos 18 deputados foi R$ 2.670.873,88 resultando em uma média de pouco mais de R$ 148 mil gastos por cada um dos parlamentares maranhenses.

Do total de despesas, a Câmara Federal gastou com as famosas verbas de gabinete R$ 69,5 milhões, ou seja, cerca de R$ 11,5 milhões por mês. Apesar de ser expressivo, o número representa uma redução de quase 30% em relação à legislatura anterior, que gastou cerca de R$ 97 milhões no mesmo período em 2018.

Ranking

  • Cleber Verde (PRB) – R$ 225.962,01
  • Marreca Filho (PATRIOTA) –R$ 219.597,41
  • Gil Cutrim (PDT) – R$ 203.879,95
  • João Marcelo Souza (MDB) – R$ 194.166,19
  • Hildo Rocha (MDB) – R$ 192.333,37
  • Pedro Lucas Fernandes (PTB) – R$ 179.942,61
  • Juscelino Filho (DEM) – R$ 155.088,52
  • Edilázio Júnior (PSD) – R$ 145.596,46
  • Josimar do Maranhãozinho (PL) – R$ 143.006,13
  • Zé Carlos (PT) – R$ 138.145,65
  • Aluísio Mendes (PODE) – R$ 121.267,29
  • Márcio Jerry (PCdoB) – R$ 117.467,35
  • Bira do Pindaré (PSB) – R$ 110.201,48
  • Gastão Vieira (PROS) – R$ 107.442,71
  • Eduardo Braide (PMN) – R$ 106.914,08
  • Pastor Gildenemyr (PL) – R$ 88.239,07
  • André Fufuca (PP) – R$ 83.766,82
  • Júnior Lourenço (PL) – R$ 81.236,56

Por: George Raposo

Pai e filho são presos em Axixá acusados de participação em explosão em agência do BB em Rosário



A policia prendeu no povoado Santa Rosa município de Axixa, (MA) três pessoas acusadas de fazerem parte da quadrilha que atacou nesta quinta-feira, (25) a agência do Banco do Brasil na cidade de Rosário. Os presos foram identificados como Antônio José dos Santos Gomes e os filhos dele Maxsuel Silva Ferreira e um adolescente de 17 anos. O outro filho dele identificado apenas como Matias acabou conseguindo fugir. 

Os três foram presos após uma ação feita por policiais da Seic, Bope , GSA e Centro Tático Aéreo, (CTA). Depois de presos os acusados foram levados para a Delegacia Regional de Rosário onde ao ser ouvido Maxsuel disse que seu irmão Matias chegou em Santa Rosa um dia antes do crime acompanhado de três homens que seriam moradores do bairro Santa Clara em São Luís, (MA). 

Naquele mesmo dia o grupo tomou de assalto um veiculo naquela comunidade. No dia seguinte o bando foi até a cidade de Rosário onde cometeu o ataque ao Banco do Brasil. Após o crime os acusados voltaram para Axixá e no trajeto abandonaram o veículo usado no crime. Segundo ainda as informações prestadas por Maxsuel o seu irmão o os comparsas retornaram para São Luís, logo depois de terem abandonado o carro usado no assalto. 

A polícia está fazendo buscas na área da Vila Santa Clara tentando localizar os assaltantes que estão foragidos.

Energia Elétrica ficará mais cara no mês de agosto informa a Aneel

Custo extra será de R$ 4 por cada 100 kWh consumidos


Marcello Casal jr/Agência Brasil
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou, hoje (26), que a bandeira tarifária para o mês de agosto será a vermelha, no patamar 1, onde há uma cobrança extra de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em julho, a cobrança foi da bandeira tarifária amarela, quando há um acréscimo de para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos.


De acordo com a agência, a medida foi tomada pela possibilidade de aumento no acionamento das usinas termelétricas, que têm custo de geração de energia mais alto. Também pesou na decisão, a diminuição do volume de chuvas, com a chegada da estação seca.

"Agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios", disse a Aneel.

De acordo com a Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e o preço da energia (PLD).

No dia 21 de maio, a Aneel aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias. A bandeira amarela passou de R$ 1 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos, a bandeira vermelha patamar 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh e no patamar 2 passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos.

A bandeira verde não tem cobrança extra.

Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.


Por: Agência Brasil 

Com FPM bloqueado devido dívidas tributárias e salários atrasados, Apicum-Açu entra com pedido de liminar na Justiça Federal


Os servidores do município de Apicum-Açu estão passando por uma situação muito difícil, com o Fundo de Participação do Município (FPM), bloqueado desde de junho, os servidores reclamam com os salários atrasados e as contas que só acumulam a cada dia, especialmente os Guarda Municipal, Fiscal, Gari, Auxiliar Administrativo, Administração, Técnico de pesca, da Saúde, Vigia, contratados, técnico de enfermagem, e o pessoas que trabalham na limpeza, que segundo eles, já vai fazer dois meses sem receber, já os contratados caminha pra três meses com os salários atrasados.

Dados do Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal) mostram que ao menos sete municípios do Maranhão estão com o FPM (Fundo de Participação dos Municípios) bloqueados pela STN (Secretaria do Tesouro Nacional). Os municípios nessa situação são: Alto Alegre do Pindaré, Apicum-Açu, Boa Vista do Gurupi, Conceição do Lago-Açu, Fortuna, Jenipapo dos Vieiras e Lago Verde. Apenas os dois últimos tiveram o fundo bloqueado neste mês. Os demais, desde o mês passado.


De acordo com a Constituição, o repasse do FPM, assim como do FPE (Fundo de Participação dos Estados), está condicionado a algumas normas. Débitos com o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público), INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ou inscrição na dívida ativa pela PGFN (Procuradoria Geral da Fazenda Nacional) são alguns motivos que podem acarretar a suspensão das transferências pelo Governo Federal.

Para voltarem a receber os repasses, as gestões precisam identificar o motivo do bloqueio, ir à Delegacia da RFB e apresentar os documentos que comprovem que a situação já foi regularizada .

Para tentar reverter a situação catastrófica pela qual o município de Apicum-açu passa, em razão do bloqueio da principal receita do município, em razão de irregularidade com a União, a prefeitura entrou com uma liminar na Justiça Federal contra a União para que a justiça determine o desbloqueio do recurso. O Juiz Federal Substituto, Pedro Alves Dimas Júnior, respondendo pela 5ª Vara, acolheu parcialmente o pedido de tutela de urgência, para determinar que os bloqueios realizados pela União – para fins da CF 160 I – nos valores depositados em favor do município de Apicum-Açu pelo FPM, limite-se a 9% (nove por cento) desses valores para as obrigações vencidas (Lei 9.639/98 – 1º caput) e a quinze pontos percentuais da Receita Corrente Líquida Municipal para as obrigações correntes do mês anterior ao do recebimento das verbas do FPM (Lei 9.639/98 5º § 4º); por consequência, os valores já bloqueados que ultrapassarem os limites acima explicitados deverão ser liberados pela União no prazo de 05 (cinco) dias.

Na mesma liminar, o Juiz reconheceu legitimidade das retenções impugnadas pela União, ou seja, reconheceu o direito da União em realizar o bloqueio, porém, deve ser dentro dos limites, não podendo ocorrer de forma indiscriminada, afirma o magistrado.

CONVOCAÇÃO

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Erlanio Xavier, está convocando os prefeitos e prefeitas que tiveram o Fundo de Participação dos Municípos, FPM, retidos ou bloqueados, compareçam na próxima segunda-feira (29), às 9 horas, à sede da entidade para tratar sobre a situação. Erlanio Xavier solicita aos gestores que sejam acompanhados dos respectivos procuradores dos municípios e também dos assessores contábeis.

A medida, considerada extrema pelo presidente e de consequências drásticas para a população, foi adotada pela Receita Federal como forma de quitação de supostos débitos previdenciários e fiscais. Dezenas de prefeitos maranhenses tiveram parte dos decêndios do mês de julho bloqueados ou retidos.

Para auxiliar os prefeitos a enfrentarem a situação adversa que gera verdadeiro caos administrativo, o presidente da Famem determinou que o corpo jurídico da entidade elaborasse orientações para que as procuradorias locais possam, administrativamente e juridicamente, tentar a suspensão das medidas.

No início da semana, a coordenação jurídica da Famem oficiou junto à delegacia da Receita Federal um pedido para que as prefeituras fossem previamente avisadas sobre o bloqueio do Fundo de Participação, com intuito de minimizar os impactos ou agilizar solução do litígio administrativamente ou judicialmente.

“Este é um problema que envolve tanto aspectos jurídicos como conotações políticas. Vamos buscar apoio junto à bancada federal do Maranhão e também ao governo federal para que tenhamos uma solução para este grande problema”, disse o presidente da Famem.

O departamento jurídico da Famem está orientando os prefeitos e prefeitas atingidas pelas medidas com base em recentes decisões judiciais. Dentre os passos que o prefeitos pode trilhar estão: a ciência integral dos motivos que ensejaram a suposta inadimplência, obtida através do E-CAC ou pessoalmente na Receita Federal; a verificação de eventuais falhas formais e/ou materiais nos processos administrativos geradores do suposto débito; e, Ingressar com Requerimento Administrativo de Anulação do Débito Fiscal ou Previdenciário junto a RFB.

“Não logrando êxito em conseguir a suspensão administrativa, ingressar imediatamente com ação judicial com supedâneo em precedente do Superior Tribunal de Justiça, requerendo a suspensão da exigibilidade do crédito tributário, diante da interposição da competente ação anulatória de débito fiscal ou previdenciário, consequentemente o desbloqueio do FPM”, explica o coordenador jurídico da Famem, Guilherme Mendonça.

Do Icururupu

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Mulher é presa por maus tratos à recém-nascido

Flor de Maria foi presa em flagrante


Reprodução

Uma mulher identificada como Flor de Maria Santos Frank (36), foi presa em flagrante pelo crime de maus tratos contra sua própria filha, uma recém-nascida de cerca de 6 meses de vida no bairro da Maiobinha, em São Luís. Os trabalhos forma conduzidos por homens da Polícia Militar lotados no 6ºBPM.

Durante rondas pela Avenida Tancredo Neves na altura da Maiobinha, a guarnição da PM foi interceptada por populares que relataram o fato de uma estar presente com uma criança recém-nascida em um bar, visivelmente embriagada e supostamente drogada. Já no local, os policiais constataram a veracidade dos fatos e que se tratava da senhora Flor de Maria Santos Frank com sua filha Yara Natália Santos Araújo, a qual permanecia desacordada e em estado debilitado.

Com auxílio de voluntários em ajudar a guarnição a conduzir a mulher para o Plantão Central da Cidade Operária, pois a mesma apresentou resistência e atos impulsivos, sendo assim lavrado o termo circunstanciado de ocorrência e a criança entregue a seus familiares.

Por: O Imparcial

Homem é preso em flagrante após agredir a sua companheira em Zé Doca

Raimundo de Sousa Barbosa, de 28 anos, foi preso na quinta-feira (25) em Zé Doca; Ele agrediu a vítima, que acabou de dar à luz, com socos na face.

Raimundo de Sousa Barbosa foi autuado pelos crimes de lesão corporal, injúria e dano na forma da Lei Maria da Penha e ficará à disposição da Justiça — Foto: Divulgação/Polícia
Raimundo de Sousa Barbosa, de 28 anos, foi preso em flagrante na quinta-feira (25) em Zé Doca, a 302 km de São Luís, após agredir fisicamente a sua companheira identificada pelas iniciais E.M.A, 23.

Segundo a polícia Raimundo de Sousa, que também é conhecido como “Raimundinho”, agrediu a vítima, que acabou de dar à luz, com socos na face. Além disso, ele ainda xingou a sua companheira e rasgou uma bolsa do bebê, fato ocorrido na Rua Santa Rita, Bairro São Francisco, em Zé Doca.

Raimundo de Sousa Barbosa foi autuado pelos crimes de lesão corporal, injúria e dano na forma da Lei Maria da Penha e ficará à disposição da Justiça.

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Edison Lobão, filho e nora viram réus na Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro

À época dos fatos, Edison Lobão ocupava o cargo de Ministro de Estado de Minas Energia — Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O ex-ministro Edison Lobão, o filho Márcio Lobão e a nora Marta Lobão se tornaram réus na Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A denúncia trata de corrupção e pagamentos ilícitos, entre 2011 e 2014, no valor de R$ 2,8 milhões, por intermédio da Odebrecht.

À época dos fatos, Edison Lobão ocupava o cargo de Ministro de Estado de Minas Energia. Três ex-executivos da empreiteira também viraram réus por corrupção ativa e lavagem de dinheiro. O G1 tenta contato com a defesa dos citados.

O esquema de corrupção, conforme a força-tarefa, envolve o contrato de construção da Usina de Belo Monte, no Pará. A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) foi aceita pela juíza substituta da 13ª Vara da Justiça Federal em Curitiba Gabriela Hardt. 

A Justiça também determinou o arresto e o sequestro de R$ 7,8 milhões em bens e ativos financeiros em nome dos três réus. 

Segundo a denúncia, a propina para o ex-ministro e para o filho foi repassada pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, em cinco entregas no escritório de advocacia que a nora mantinha com a família. 

Nos sistemas de contabilidade paralela da empreiteira, Edison Lobão era identificado como “Esquálido”, informou a força-tarefa. 

O MPF diz ter colhido provas desses sistemas e que há recibos de entregas apreendidos em uma transportadora de valores ilícitos que prestava serviços para a Odebrecht.

Por: G1

Justiça mantém afastamento de vereadores alvo do Gaeco e Seccor em Vitória do Mearim


A Justiça decidiu manter afastados do exercício do mandato todos os seis vereadores de Vitória do Mearim alvo de mandados de prisão temporária e busca e apreensão em operação conjunta do Gaeco e da Seccor após investigação apontar que eles supostamente teriam cobrado propina para arquivamento de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) contra a prefeita do município, Dídima Coêlho (MDB), com base em suposto crime de responsabilidade.

A decisão, publicada somente na terça-feira 16, foi proferida há pouco mais de uma semana pelo desembargador José Luiz Oliveira de Almeida, relator do caso no TJ (Tribunal de Justiça) do Maranhão, ao indeferir habeas corpus conjunto impetrado pela defesa dos parlamentares.

São denunciados por suposta prática de associação criminosa e corrupção passiva, no âmbito da Câmara de Vereadores de Vitória do Mearim: Oziel Gomes da Silva, George Maciel da Paz, Hélio Wagner Rodrigues Silva, Marcelo Silva Brito (Marcelo da Colônia), Mauro Rogério Pires (Nego Mauro) e José Mourão Martins.

De acordo com a defesa, em razão dos trabalhos da CPI terem sido suspensos liminarmente por decisão judicial, os vereadores não representam qualquer ameaça de eventuais delitos caso retornem ao exercício de suas funções parlamentares. Também alegam que estariam sofrendo constrangimento ilegal, em razão da medida cautelar de afastamento ter sido aplicada por tempo indeterminado pelo juiz de Vitória do Mearim, Haderson Rezende Ribeiro.

Para o desembargador José Luiz Almeida, porém, os argumentos não merecem ser acolhidos. “No caso, ao menos em juízo perfunctório, não me restaram suficientemente seguros os argumentos expendidos pelos impetrantes, para o fim de conceder a tutela de urgência vindicada”, ressaltou.

Com a decisão, o caso será analisado e julgado pelo colegiado da Segunda Câmara Criminal do TJ do Maranhão, após manifestação da PGJ (Procuradoria-Geral de Justiça) sobre o pedido feito pelo vereadores para que possam retomar o exercício dos mandatos.

Um dia antes de indeferir o retorno dos vereadores à Câmara de Vereadores de Vitória do Mearim, José Luiz Almeida já havia indeferido outro habeas corpus, que tentava a soltura do vereador Oziel Gomes da Silva, preso preventivamente por suspeita ter comercializado munições com ciganos residentes em Miranda do Norte.

Prefeito de Paço do Lumiar é internado após AVC

Boletim médico deve ser divulgado na manhã desta quarta-feira (24).


Reprodução
Na noite desta terça-feira (23), Domingos Dutra (PCdoB), prefeito de Paço do Lumiar, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC), deu entrada no Hospital São Domingos. Após ser submetido a exames para ser medida a gravidade do derrame, ele foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva(UTI).


Segundo informações médicas, embora o caso não seja extremo, o paciente precisa de cuidados especiais, principalmente por causa da idade e pelo tipo de atividade que ele desempenha.

Na manhã desta quarta-feira (24), um boletim médico deve ser divulgado, pois será após as reações das primeiras medicações e intervenções médicas.

O Imparcial

MARACAÇUMÉ | Transbasiliana é condenada a indenizar parentes de vítima de acidente


Uma sentença proferida pelo Poder Judiciário em Maracaçumé condenou a Transbrasiliana Transportes e Turismo LTDA a indenizar os oito filhos de um homem que morreu em um acidente quando viajava pela empresa ré. Cada requerente deverá receber o valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais) a título de danos morais. A empresa foi condenada, ainda, ao pagamento de pensão mensal, apenas, aos requerentes menores à época do acidente, no montante de 2/3 do salário-mínimo a partir da data do fato (19/12/2007) até a data em que completaram, ou venham a completar, 25 anos de idade. A sentença foi proferida pelo juiz Raphael de Jesus Serra Amorim, titular da 1ª Vara de Maracaçumé.

A sentença explica que os valores das pensões deverão obedecer o valor do salário-mínimo nacionalmente estabelecido pelo governo federal ano a ano, assim como, compensarem-se com os valores já pagos ao longo deste processo em cumprimento às liminares proferidas. “Os documentos anexados ao processo, quais sejam notícias de jornal veiculadas pela rede mundial de computadores, comprovam a ocorrência do acidente descrito no pedido dos autores. Um desses documentos, inclusive, contém no seu bojo uma foto do veículo de propriedade da requerida, friso, tombado (…) O exame cadavérico em conjunto com a certidão de óbito comprovam a morte do Sr. João Rosa Dias, pai dos requerentes, indicam a causa do falecimento, hemorragia, bem como o instrumento ou meio que a produziu, que foi o acidente automobilístico”, diz o documento.

DEPOIMENTO CONTRADITÓRIO - O juiz salientou que, ainda que a parte requerida afirme em sua defesa que um animal adentrou na pista, o depoimento de uma testemunha anexado aos autos é contraditório. “A testemunha ora afirma que estava presente no ônibus e que viu o animal, ora afirma que chegou no local às 06:30 e que não sabe informar se alguém viu o animal na pista (…) Não adimplindo a parte requerida o ônus probatório que lhe incumbia, conforme artigo do Novo Código de Processo Civil, não há como reputar presente um caso fortuito, força maior e/ou outro elemento capaz de afastar o nexo causal existente entre a conduta praticada pelo motorista do ônibus – esta, friso, imprudente, haja vista que o tombamento de um veículo de lotação não se coaduna com uma prática usual e segura a ser prestada àqueles que se utilizam do serviço – e o dano sofrido pelos autores – falecimento do seu genitor”, ressalta a sentença judicial.

A Justiça entende que, provado o fato, o dano moral ficou reconhecido e, por consequência, o dever da empresa ré de repará-lo, frisando que o Código Civil não traz critérios fixos para a quantificação da indenização por dano moral. “Deve o magistrado fixar o valor do dano moral por arbitramento, levando em consideração o princípio da proporcionalidade e analisando a extensão do dano, as condições socioeconômicas dos envolvidos (função social da responsabilidade civil), o grau de culpa do agente, de terceiro ou da vítima, os aspectos psicológicos dos envolvidos, e a aplicação da ‘teoria do desestímulo’ (…) Sobre os danos materiais, entendo serem parcialmente procedentes os danos materiais pleiteados sob a forma de pagamento de pensão mensal. Segundo o entendimento consolidado no Superior Tribunal de Justiça, a pensão devida aos requerentes em função do falecimento do seu genitor é devida, apenas, até a idade de 25 anos, momento em que afasta-se a presunção de dependência econômica”, finalizou o magistrado na sentença.

terça-feira, 23 de julho de 2019

Polícia recupera caminhão roubado carregado de cimento no Maranhão

Apreensão aconteceu na segunda (22) no bairro Fumo Verde, na cidade de Caxias; Veículo estava sendo conduzido por Clemilton Almada Costa, de 37 anos.


Clemilton Almada Costa foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Caxias junto com o caminhão que foi apreendido — Foto: Divulgação/Polícia

A polícia recuperou na segunda-feira (22) um caminhão roubado carregado de cimento em Caxias, a 360 km de São Luís.

Segundo a polícia, a operação aconteceu no bairro Fumo Verde, em Caxias, onde a Força Tática da Polícia Militar realizou a apreensão de um caminhão de placas OJD-5090 carregado de cimento que tinha sido roubado na cidade de Miranda, a 124 km da capital.

De acordo com os policiais, o veículo de carga pesada estava sendo conduzido por um homem identificado como Clemilton Almada Costa, de 37 anos, natural da cidade de Santa Inês, a 250 km de São Luís.

A polícia ainda verificou que Clemilton Almada fazia parte de uma quadrilha especializada em roubo de cargas, que atuava em Miranda e cidades vizinhas da região.

Clemilton Almada Costa foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Caxias junto com o caminhão que foi apreendido.


Por G1 MA 

Morre estudante maranhense Gabriel Brenno baleado em Teresina

Gabriel Brenno, de 21 anos, foi baleado na cabeça no Centro de Teresina — Foto: Arquivo Pessoal
Após passar seis dias internado em estado gravíssimo no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), o estudante Gabriel Brenno Nogueira, de 21 anos, morreu nesta terça-feira (23). O jovem faleceu por volta das 5h25. A morte foi confirmada pelo (HUT), que a grave lesão no cérebro teve uma repercussão sistêmica e comprometeu múltiplos órgãos, afetando rins e pulmões.

Gabriel Brenno levou um tiro na cabeça ao sair da pensão onde estava hospedado, no Centro de Teresina, no último dia 17 de julho. 

A tese mais forte é de crime passional. Gabriel teria tido um relacionamento com uma mulher casada. Na última sexta-feira (19) o 1º Distrito Policial solicitou à Justiça a prisão preventiva de um mestre de obras suspeito de cometer o crime. 

Gabriel era natural de Caxias (MA) e estava em Teresina estudando para provas da Escola de Sargentos e Armas (ESA) do Exército Brasileiro. Professores do cursinho onde o jovem estudava disseram ao Cidadeverde.com que ele era um dos melhores alunos do Curso e tinha chances de ser aprovado e seguir a carreira militar. 

Confira na integra: 

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) comunica que o paciente Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, 21 anos, vítima de arma de fogo, faleceu hoje, 23 de julho, às 5h45. Gabriel apresentava uma lesão cerebral grave. Esse tipo de lesão, na maioria das vezes tem repercussão sistêmica e acaba levando ao comprometimento de múltiplos órgãos. Além do comprometimento cerebral, rins e pulmões acabaram sendo afetados.


Mais...

O suspeito de atirar em Gabriel Nogueira usava carro alugado para trabalhar.


O carro usado na fuga do suspeito de atirar contra o estudante Gabriel Breno, de 21 anos, foi localizado pela equipe de investigação do 1º Distrito Policial em uma locadora de veículos na zona Norte de Teresina. O estudante foi atingido com um tiro na cabeça no dia 17 de julho no Centro de Teresina.

O chefe de investigação, Nonato Martins, informou que o suspeito de atirar contra o estudante, além de trabalhar como mestre de obras, também atuava como motorista por aplicativo. O carro aparece nas imagens feitas por câmeras de segurança da região.

“Ele alugou o veículo para trabalhar de Uber, e não para cometer o crime. Faz seis ou sete meses que ele trabalhava com isso. Ele mandou os advogados dele devolver o carro um dia após o crime. O carro é um Onix cinza escuro”, disse o chefe, acrescentando que o carro localizado não foi apreendido.

A investigação acredita que o suspeito deverá se apresentar à Polícia Civil nos próximos dias, uma vez que já foi identificado. A principal linha de investigação aponta para crime passional, suspeito e vítima se envolveram com a mesma mulher.

No momento, o 1º DP representou pela prisão preventiva e aguarda o deferimento da Justiça para dar cumprimento ao mandado.

O blog, deixa os nossos sinceros pêsames a família e amigos enlutados. Que deus conforte os corações de todos.

Via cidadeverde.com

Ex-prefeito de Junco do Maranhão é condenado por irregularidades na gestão do FMS


Ex-prefeito de Junco do Maranhão, Iltamar de Araújo Pereira - Foto Arquivo
O juiz Raphael de Jesus Serra Ribeiro Amorim (1º vara da comarca de Maracaçumé), julgou parcialmente procedente pedido do Ministério Público estadual e condenou o ex-prefeito de Junco do Maranhão, Iltamar de Araújo Pereira, pela prática de atos de improbidade administrativa na gestão dos recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS). Na mesma sentença, o juiz manteve a indisponibilidade dos bens do ex-gestor, que já havia sido decretada em medida liminar já concedida no processo.

O ex-prefeito terá de pagar multa civil no valor de R$ 20 mil e ressarcir ao erário o valor de R$ 332.275,12. Está proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de cinco anos, e também teve os direitos políticos suspensos pelo prazo de seis anos, além da perda de função pública que atualmente ocupe.

A ação do Ministério Público é fundamentada na reprovação das contas referentes ao Fundo Municipal de Saúde do município de Junco do Maranhão do exercício financeiro de 2007, pelo Tribunal de Contas do Estado, em 2010, devido a atos de improbidade que teriam sido praticados pelo ex-gestor.

As irregularidades dizem respeito à não realização de processo licitatório para contratação de serviços gráficos, aquisição de materiais de limpeza, medicamentos, material odontológico e hospitalar; não comprovação de despesa no valor de R$ 39.900,00 referente a compra desses materiais e declaração de valor de arrecadação do FMS menor do que o apurado, gerando uma diferença de R$ 4.031,50.

Na sentença, o juiz assegurou ser do conhecimento público que despesas públicas devem ser realizadas via procedimento licitatório que permita ampla concorrência e escolha da melhor proposta, de maior eficiência e menor custo ao órgão público. De outro lado, a Lei de Improbidade Administrativa (nº 8.429/92) classifica como ato de improbidade administrativa que causa lesão ao erário qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malbaratamento ou dilapidação dos bens.

Para o juiz, o réu, ao deixar de realização licitação, sequer comprovando a realização de um procedimento administrativo conforme às determinações da Lei das Licitações (nº 8.666/93), impossibilitou a escolha de propostas mais econômicas e eficientes para atendimento do interesse público, sendo evidente o prejuízo acarretado ao erário diante do gasto de R$ 332.275,12.

Em relação à não comprovação da nota fiscal de despesas para aquisição de medicamentos, material odontológico e hospitalar, no valor de R$ 39.900,00, foi apresentada pelo réu uma Nota Fiscal como forma de comprovação dos gastos, mas foi considerada inadequada, por ter sido emitida por outra empresa, diferente da apontada no documento.

No entanto, sobre a declaração de valor de arrecadação do FMS menor do que o apurado, gerando uma diferença de R$ 4.031,50, o juiz advertiu que o simples fato de ter sido apresentado um valor de arrecadação a menor não indica que a diferença foi apropriada indevidamente pelo réu. Ele entendeu que a diferença de valor constatada pelo TCE não significa que o requerido tenha afrontado a LIA e os princípios constitucionais.

“Não se confundido as improbidades com meras irregularidades, compreendo que dos autos constam, apenas, elementos indicativos de que a diferença em tela não passou de simples irregularidade contábil”, declarou o juiz na sentença.

DEFESA - A defesa do réu alegou ter encerrado o fim do prazo legal para entrada da ação na Justiça (prescrição). No entanto, o juiz considerou que o mandato do ex-gestor - constatada por meio de consulta os arquivos da justiça eleitoral sobre o resultado das eleições municipais - encerrou-se em 2012 e não em 2008, como alegado, tendo a ação sido distribuída dentro do prazo de cinco anos contados do término do mandato, conforme a legislação determina.

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Sissi Viana apoia Festa do Pescador de Godofredo Viana

Thiago Mota, chefe de Gabinete representou o prefeito Sissi Viana
A gestão do prefeito Sissi Viana prestou apoio à 15º edição da Festa do Pescador do município de Godofredo Viana, realizada pela Colônia Z-02 neste último fim de semana no bairro Alegre. 
O tradicional evento reuniu mais de 200 pescadores profissionais godofredenses. 

As autoridades presentes discursaram e presenciaram a força de uma das categorias mais organizadas do município.
Um dos momentos mais marcantes foram as apresentações dos artistas da terra, que cantaram músicas de sua própria autoria, contagiando o público presente.
Chefe de gabinete Thiago Mota ao lado da presidente da Colônia de Pescadores de Godofredo Viana

A vereadora e presidente da Colônia, Terezinha Gato, agradeceu o prefeito Sissi Viana pelo apoio na realização da festa e enfatizou a importância do tradicional evento, que contou ainda com a presença de toda equipe do governo municipal.

Marcaram presença na festividade o Chefe de Gabinete Thiago Mota, que representou o prefeito; o chefe do Departamento de Comunicação, Neto Weba; dentre outros.

PRF troca tiros com assaltantes e recupera moto roubada

Um dos criminosos era menor de idade e foi apreendido. Os outros dois conseguiram fugir pelo matagal


Foto Reprodução

Por volta das 21h30 de domingo (21), no km 81 da BR-135, munícipio de Itapecuru Mirim/MA, uma equipe PRF da Unidade Operacional de São Francisco apreendeu um adolescente e uma motocicleta roubada, após troca de tiros com um trio em fuga.

Os policiais rodoviários federais realizavam fiscalização na Unidade Operacional de São Francisco, no km 85 da BR-135, quando foram surpreendidos por três elementos em fuga em uma motocicleta de cor preta que havia sido roubada momentos antes na cidade de Itapecuru Mirim, distante 107 quilômetros de São Luís.

De acordo com as informações policiais, ato contínuo a passagem dos acusados na motocicleta, os policiais saíram em acompanhamento tático até o povoado Santana, próximo a entrada para o povoado Quelru, comunidade bastante conhecida daquele município. O adolescente apreendido conduzia a moto. Em dado momento, no km 81 da rodovia, o trio tentou escapar por um ramal, sem perceber a existência de uma cerca de arame farpado. Eles colidiram com a cerca e foram ao solo. O condutor ficou preso no arame, motivo pelo qual os policiais conseguiram apreende-lo, juntamente com a motocicleta roubada. Os outros dois meliantes conseguiram fugir pelo mato. Eles são conhecidos no mundo do crime e portavam arma de fogo.

A ocorrência foi encaminhada para à delegacia de Polícia Civil do município de Itapecuru Mirim.

Por: O Imparcial

Ex-prefeito de Tufilândia é condenado reconduzir ao cargo servidores exonerados


O juiz Thadeu de Melo Alves, titular da comarca de Pindaré-Mirim, condenou Raimundo Alves Lima Neto, ex-Prefeito Municipal de Tufilândia, em razão de descumprimento deliberado de ação cautelar movida pela Promotoria de Justiça da Comarca de Pindaré-Mirim, objetivando o reconhecimento do direito de concursados em manterem seus vínculos com o Município de Tufilândia, após terem sido exonerados com a expedição do Decreto n° 05/2013.

Raimundo Alves Lima Neto foi condenado ao pagamento de multa civil de 50 vezes o valor da remuneração percebida em dezembro/2013, quando era Prefeito do Município de Tufilândia; à suspensão dos direitos políticos pelo período de três anos; à proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, pelo prazo de três anos. O juiz deixou de condenar à perda da função pública, uma vez que já encerrou o mandato do ex-gestor.

Consta na ação que no dia 23.08.2013 foi proferida sentença judicial, confirmando a liminar anteriormente deferida, anulando o Decreto Municipal n° 05/2013 e mantendo a condição de servidores públicos estáveis de todos os nomeados e empossados oriundos do concurso público regido pelo Edital n° 01/2007.

No entanto, embora o Município de Tufilândia tenha informado o cumprimento da sentença, foi apurado que nem todos os servidores foram convocados a voltar ao serviço público e aqueles que foram chamados foram dispensados após alguns meses depois, o que configuraria notório descumprimento de decisão judicial, caracterizada como ato de improbidade administrativa prevista no art. 11, inciso II da Lei n° 8.429/92 – Lei de Improbidade Administrativa.

Via Neto Ferreira

Criança de apenas 2 anos é atropelada e morta por ambulância no MA

Maria Cecília da Silva, de apenas dois anos e oito meses, foi atropelada e morta no início da noite de sábado (20) em Bom Jardim.





Uma criança de apenas identificada como Maria Cecília da Silva, de apenas dois anos e oito meses, foi atropelada e morta no início da noite de sábado (20) no município de Bom Jardim, a 275 km de São Luís.

Segundo a família, tudo começou quando o pai da criança, que não teve a sua identidade revelada, se envolveu em uma briga com o padrasto dele. Ele acabou saindo ferido e foi levado para um posto de Saúde, onde funciona provisoriamente o Hospital Municipal de Bom Jardim, já que o hospital está em reforma.

No hospital, de acordo com a família, os profissionais de saúde que estavam de plantão se recusaram a atendê-lo alegando que ele estava sujo e com mau cheiro, e afirmaram que ele deveria voltar para casa para tomar banho.

A família diz que ele voltou para casa em uma ambulância para tomar o banho e voltar para o posto de Saúde para ser atendido. Na entrada da rua onde o pai da criança mora a ambulância não conseguiu entrar porque estava cheia de buracos e por conta disso todos desceram da ambulância e o motorista que dirigia a ambulância não viu a criança e acabou atropelando-a e matando-a.

Ainda conforme a família da criança morta, o motorista da ambulância em vez de prestar socorro fugiu do local, deixando a criança e a família dela no local do acidente.

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Bom Jardim tratou esse caso como uma fatalidade e lamenta o ocorrido, se solidariza com a família da vítima e diz que está à disposição da Justiça, das autoridades para colaborar na apuração do caso.

Maria Cecília da Silva foi atropelada e morta por uma ambulância em Bom Jardim — Foto: Reprodução/TV Mirante


Por G1 MA 

MA's 206 e 101 abandonadas pelo Governador Flavio Dino



Neste final de semana, recebemos várias reclamações de motoristas que trafegam pelas duas MA's 206 e 101, rodovia estadual que interliga os municípios da região Oeste maranhense.

Como percebe-se nas imagens, existem pontos críticos na estrada, quase intrafegáveis.Os pontos, circundam principalmente os municípios de Godofredo Viana, Cândido Mendes, Luis Domingues e Amapá do Maranhão, o que é inexplicável, uma vez que esses municípios, são da base do governo estadual. 

Em 2017 após uma reunião realizada com secretários municipais de Infraestrutura da Região do Gurupi, o Governo do Maranhão mapeou as necessidades da recuperação de estradas nos municípios que integram a região. A reunião foi realizada durante o “Encontro de prefeitos e secretários municipais com o Governo do Estado” na cidade de Carutapera. A partir do diálogo com os gestores municipais, o Governo anunciou o início das obras de recuperação e melhoramento de 122 quilômetros de estrada em sete trechos da Região do Gurupi;Pois bem, o que se percebeu foi a ineficiência de operações tapa buraco desastrosas, e principalmente a falta de asfalto em diversos pontos na estrada. 



No entanto a realidade é outra completamente diferente, pois as duas rodovias estadual estão com trechos críticos, e oferece maior risco, uma vez que existem atoleiros, buracos, que a noite só aumentam o perigo de tráfego na região. 


A população da região Oeste maranhense merece uma explicação do órgão competente ou até mesmo do Governador Flávio Dino, até quando as MA's 206 e 101 serão esquecidas? Até quando o povo desta região vai ficar praticamente isolado, pela simples falta de responsabilidade dele em cumprir suas promessas? 

Ainda sobre as promessas temos o IEMA em Carutapera nunca concluído, e o Hospital Regional de Carutapera em estado de abandono. 

Mais isso é assunto para próxima matéria.

sábado, 20 de julho de 2019

Secretário de saúde de G. Viana e secretários da regional de Zé Doca, solicitam melhorias no hospital de Carutapera



O secretário municipal de saúde de Godofredo Viana, Emanuel Coimbra, participou ontem (18/07) de uma relevante reunião em São Luis com o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula. 

Como pauta principal desse encontro de trabalho, a saúde no estado, a melhoria dos hospitais regionais, que vão desde melhorias no atendimento até a disponibilidade de mais profissionais para melhor atender às populações assistidas.

O secretário Emanuel foi enfático ao cobrar do governo do estado, melhorias urgentes e necessários para o hospital regional de Carutapera e solicitou um apoio do Governo do Estado para a saúde municipal de Godofredo Viana, onde pontuou a necessidade de mais recursos e suporte. 

Os secretários municipais de saúde das cidades de Carutapera, Luis Domingues, Cândido Mendes, Amapá do Maranhão e demais municípios que compõem a regional de Zé Doca também estiveram presentes nessa grande reunião.

Prefeitura de Paço do Lumiar anuncia anulação do último concurso público

Concurso visava preencher 557 vagas, sendo 242 para cargos em nível superior, 191 em nível médio e 124 no nível fundamental. O maior salário oferecido era de R$ 7.118,77 para o cargo de Procurador do Município.



A Prefeitura de Paço do Lumiar anunciou nesta sexta-feira (19) que não vai homologar e decidiu anular o último concurso do Município que visava preencher 557 vagas, sendo 242 para cargos em nível superior, 191 em nível médio e 124 no nível fundamental. O maior salário oferecido era de R$ 7.118,77 para o cargo de Procurador do Município.

As provas foram aplicadas pelo Instituto Machado de Assis e realizadas no dia 10 de março (nível fundamental e médio) e 24 de fevereiro (nível superior). Após o resultado, mais de 100 questões chegaram a ser anuladas. A média entre o número de questões anuladas para cada prova oferecida foi de 2,12.

De acordo com a prefeitura, no dia da realização das provas, dois candidatos foram presos em flagrante no colégio Pitágoras com celulares contendo o gabarito das provas. Eles teriam confessado a autoria dos delitos e apontaram uma terceira pessoa, da cidade Porção de Pedras, como o responsável de ter enviado as respostas do certame para vários outros candidatos.

Ainda segundo a Prefeitura de Paço do Lumiar, cinco candidatos foram identificados pela polícia e também confessaram o recebimento dos gabaritos e foram aprovados no concurso.

“Além da comprovação do vazamento de gabaritos, há também um número expressivo de integrantes de algumas famílias de Paço do Lumiar aprovados em várias áreas, fato este que indica mais indícios de fraudes. Tudo está sendo investigado pelo Ministério Público e pela Polícia Civil do Maranhão”, diz o comunicado.

Por fim, a prefeitura disse que lamenta o ocorrido e informou que outro concurso será realizado, estando todos os candidatos automaticamente inscritos, sem qualquer despesa adicional. 

Compartilhe

Postagem em destaque

Agências da Caixa abrirão neste sábado para saque do FGTS

José Cruz/Agência Brasil   As agências da Caixa Econômica Federal estarão abertas neste sábado (14), das 9h às 15h, para liberação do ...