quinta-feira, 20 de julho de 2023

Ex-prefeita de Santa Luzia é condenada a 36 anos de prisão

Roseli Ferreira Pimentel, ex-prefeita de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi condenada a 36 anos de prisão por corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa. O marido dela, Efraim da Silva Dias, e o empresário Paulo Eduardo Berbert também foram condenados no processo. Em maio deste ano, Roseli havia sido inocentada de uma acusação de homicídio, mas condenada pelo crime de desvio de dinheiro.

A denúncia foi feita pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Em 2016, a então vice-prefeita foi acusada de receber mais de R$ 1 milhão em propina para facilitar a aquisição de licenças ambientais para construções feitas pelo empresário. Eles simularam um empréstimo com uma das empresas de Paulo Eduardo, sem a presença de testemunhas para os pagamentos.

“O contrato não foi lavrado em cartório, não previa garantias reais ou fidejussórias, tampouco contou com a assinatura de testemunhas, o que demonstra sua atipicidade. Além disso, a Toscana Empreendimentos não possuía como objeto empresarial a concessão de empréstimos”, diz a decisão.

Após a negociação, Roseli e Efraim compraram um imóvel no valor de R$ 1,3 milhão para lavar dinheiro. Todos os valores foram pagos em dinheiro vivo e a denúncia aponta que não condiziam com os ganhos do casal na época.

Toda a propina era entregue para Roseli pessoalmente. Ela se encontrava com o empresário em seu escritório, em Belo Horizonte, e recebia o dinheiro escondido dentro de uma sacola. Para dificultar as investigações, a ex-prefeita chegou a forjar um contrato de venda do imóvel adquirido para uma das empresas de Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Princípio de incêndio atinge Hospital Socorrão II, em São Luís

Um princípio de incêndio atingiu na noite desse domingo (25) o Hospital Municipal de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão II...