quarta-feira, 20 de março de 2019

Mãe é presa após torturar filho de 4 anos no Maranhão

Tainá Setúbal Silva confessou ter esquentado uma frigideira e queimado as mãos do filho por ele ter roubado uma quantia em dinheiro.


Mãe confessou que queimou as mãos do filho por ele ter roubado uma quantia em dinheiro dela — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Militar de Apicum-Açu, a cerca de 138 km de São Luís, prendeu na tarde desta quarta-feira (20) Tainá Setúbal Silva, de 21 anos, acusada de tortura contra o próprio filho de 4 anos de idade.

Segundo a polícia, ela confessou ter queimado as mãos do filho após um ataque de fúria. O menino teria roubado uma quantia em dinheiro dela e, por isso, ela esquentou uma frigideira e queimou as mãos dele como punição.


Tainá Setúbal Silva foi presa por tortura contra o próprio filho de 4 anos em Apicum Açu — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Diante do fato, Tainá recebeu voz de prisão e foi encaminhada ao hospital para atendimento médico por estar grávida de 8 meses. Logo depois, ela foi levada para a Delegacia de Apicum Açu, onde foi autuada pelo crime de tortura e, posteriormente, foi encaminhada para a Unidade Prisional de Ressocialização de Cururupu.

A criança foi entregue aos cuidados do Conselho Tutelar. À polícia, Tainá informou ainda que foi deixada pelo marido há pouco tempo e fez tudo em um momento de loucura. Ela possui outros dois filhos, que foram deixados aos cuidados da avó materna.


Por G1 MA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Ex-prefeito de Buriticupu é condenado por ato de improbidade

Foto: Reprodução O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão conseguiu na Justiça a condenação do ex-prefeito do município de Burit...