quinta-feira, 21 de março de 2019

Água da maré transborda e invade casas e ruas em Raposa

Fenômeno aconteceu em virtude da superlua ocorrida na noite de quarta-feira (20); Água invadiu praça do Cais, ruas, avenidas e até as residências das pessoas que moram na região.



Água da maré alta transborda e invade a Raposa 

A água do mar invadiu nesta quinta-feira (21) as ruas e avenidas do município de Raposa, situado na Região Metropolitana de São Luís. O fenômeno aconteceu em virtude da superlua que é quando a lua e o sol estão alinhados no mesmo plano exercendo uma força gravitacional maior, que provoca a super maré, também conhecida como maré de sizígia. Segundo a previsão de meteorologistas, é que a maré chegue em Raposa em até 6m40 de altura.

Por conta da maré de sizígia, a água invadiu a praça que fica situada no Cais da Raposa, além de ruas, avenidas e até as residências das pessoas que moram na região. Usuários do transporte coletivo não conseguiram utilizar os ônibus, pois o ponto final dos coletivos foi tomado pela água da maré na cidade.

O município de Raposa é um dos mais afetados quando ocorre a maré de sizígia. Entre os bairros mais afetados em Raposa está o Garrancho, pois o local fica situada na parte mais baixa do município, onde a maré sobe com mais intensidade.

A superlua aconteceu na noite de quarta-feira (20) por volta das 22h43 na Região Metropolitana da capital. A maré de sizígia ocorre várias vezes no ano e ele se intensifica quando há o fenômeno da superlua.


Município de Raposa é um dos mais afetados quando ocorre a maré de sizígia — Foto: Reprodução/TV Mirante 

Por G1 MA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Ex-prefeito de Buriticupu é condenado por ato de improbidade

Foto: Reprodução O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão conseguiu na Justiça a condenação do ex-prefeito do município de Burit...