domingo, 31 de março de 2019

Cinco pessoas são presas por suspeita de sequestrar ex-capitã da PM em São Luís

A vítima foi sequestrada nesta sexta-feira (29) após sair de uma farmácia no bairro Cohama e estava sendo mantida em cativeiro pelos assaltantes em uma casa no bairro Divineia.


Vítima estava em cativeiro em uma casa no bairro Divineia. — Foto: Reprodução/TV Mirante
A polícia prendeu na noite dessa sexta-feira (29) no bairro Divineia, cinco pessoas suspeitas de sequestrar uma médica e capitã reformada da Polícia Militar em São Luís. Segundo a PM, a vítima foi sequestrada no bairro Cohama e estava sendo mantida em cativeiro pelos assaltantes em uma casa na Divineia.

Foram presos pela PM, Douglas Lindoso Andrade conhecido como “Gigante”; Wellington Costa Silva, o “Moca”; Emerson Costa Pereira, o “Nikito”; Rodrigo Muniz Reis, conhecido como “Buiu” e Alessandro Pereira Ribeiro, o “Marreco”.

A vítima que não teve o nome revelado, foi sequestrada nessa sexta-feira (29) enquanto saía de uma farmácia no bairro Cohama. Os assaltantes obrigaram a médica a fazer um saque no valor R$ 3 mil reais e a levaram para a casa onde ela foi mantida refém.

Bandidos sequestraram a médica e ex-capitã da PM durante saída de estabelecimento em São Luís. — Foto: Reprodução/TV Mirante

O carro da capitã da PM foi encontrado abandonado em uma rua do bairro Fé em Deus. Ao chegar ao cativeiro, os policiais encontraram objetos pessoais da vítima como celulares, talões de cheque assinados, notebook, joias, duas carteiras com cartões bancários e um revólver calibre 38 que foi usado no sequestro.

Após a prisão, os sequestradores foram encaminhados para o Plantão Central do Cohatrac onde foram atuados em flagrante.

Pertences da vítima foram encontrados na casa onde ela estava sequestrada. — Foto: Reprodução/TV Mirante
G1 MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Ex-prefeito de Buriticupu é condenado por ato de improbidade

Foto: Reprodução O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão conseguiu na Justiça a condenação do ex-prefeito do município de Burit...