terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Novos equipamentos da Seap levam mais segurança a presídios e agentes

Foto Reprodução

O conjunto entregue neste mês pelo governador Flávio Dino ao sistema penitenciário maranhense leva mais segurança aos agentes e eficiência nas abordagens e operações. A Secretaria de Administração Penitenciária fez aquisição 22 Viaturas (3 Ford Ranger e 19 Furgões), 199 kits anti-tumulto, 500 algemas de pulso e tornozelo, 250 armas (carabinas, espingardas, pistolas e munições compatíveis), 1 bloqueador de celular que será utilizado no Complexo Penitenciário São Luís, 275 espargidores de agente lacrimogênio e 25 espargidores de agente pimenta.

Os veículos estão sendo usados pelo Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop) e pelo Núcleo de Escolta e Custódia (NEC). Além de sistema de refrigeração, as viaturas do tipo furgão são equipadas com câmeras para monitoramento de presos, sistema de refrigeração, microfone e megafone.
As viaturas serão usadas para transferência de presos, audiências em fóruns, necessidade eventual de transferência para hospital, registro de documentos, etc. No ano passado, Flávio Dino entregou 30 novos automóveis para uso do sistema penitenciário. Já são 115 veículos para o reaparelhamento de logística de transporte.
Nós recebemos no início da nossa gestão um sistema prisional completamente falido, agora temos a oportunidade de celebrar os avanços alcançados por esta gestão”, disse o governador ao 
entregar as viaturas e equipamentos para a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).
Modernização e humanização
Os equipamentos de segurança adquiridos para o Sistema Penitenciário tem como uma das finalidades equipar os agentes com ferramentas que preservem vidas em situação de risco.
Para Marcelo Serra, Supervisor de Apoio Logístico da Secretaria de Administração Penitenciária, “esses equipamentos fortalecem direitos humanos e as equipes de trabalho, sem necessidade de uso de arma de fogo”.
Ele conta que são produtos que imobilizam o agressor temporariamente: “É o caso dos espargidores, granadas e munições de borracha. São instrumentos com menor potencial ofensivo, sendo instrumentos que limitam a ação do agressor sem lesioná-lo de maneira letal”.
Também foram adquiridos 199 kits anti-tumulto, que podem ser usados tanto dentro, quanto fora do Sistema Penitenciário. Trata-se de uma proteção em polímero para proteção do tórax e das pernas, além de capacete.
Bloqueador inteligente
Para impedir a comunicação com potencial criminoso, a Seap instalará no Complexo Prisional São Luís um bloqueador que impede sinal de telefonia móvel. O dispositivo funciona desativando o sinal telefônico de aparelhos não cadastrados no Sistema da Seap, garantindo que somente aparelhos usados clandestinamente tenham o sinal interrompido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Godofredo Viana: Prefeitura implanta funcionamento 24 horas de UBS

A gestão do prefeito Sissi Viana segue inovando e ampliando os serviços de saúde no município de Godofredo Viana. A Unidade Básica de Saúde ...