terça-feira, 19 de março de 2024

Maranhão registra segunda morte por dengue em 2024

O Maranhão registrou o segundo caso de morte por dengue grave no ano de 2024 e o primeiro por chikungunya. A informação foi divulgada, nesta segunda-feira (18), pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Boletim Epidemiológico de Arboviroses.

O paciente, que foi vítima da dengue, era morador da cidade de Lago Verde, a 286 km de São Luís, e morreu no último dia 8 de março.

A SES informou que o paciente era um jovem de 23 anos, que tinha anemia falciforme. A vítima começou a sentir os sintomas no dia 2 de março e no dia 7 foi internado no Hospital Geral de Bacabal, apresentando febre, cefaléia, mialgia, náuseas e vômito. No dia 8 de março, às 10h55, o jovem morreu.

“O resultado do exame para isolamento viral de arboviroses RT PCR foi positivo para dengue, e a sorotipagem dengue tipo 2 foi confirmada pelo Instituto Oswaldo Cruz/Laboratório Central do Maranhão (IOC/LACEN-MA)”, explicou a SES por meio de nota.

Além dessa, outras nove mortes estão em investigação no estado como suspeitas de dengue. Os óbitos são de pessoas residentes nas cidades de: Carutapera, Itapecuru-Mirim, Raposa, São João do Paraíso, Pinheiro, São João dos Patos, São Luís, Santa Luzia do Paruá.

Quanto ao primeiro caso de morte por chikungunya no Maranhão, neste ano, a Secretaria informou que é um paciente morador de Caxias, a 360 km de São Luís, mas não deu detalhes sobre a vítima e data da morte.

Outros quatro óbitos estão em investigação sob suspeita de chikungunya. As vítimas são residentes das cidades de Itapecuru-Mirim, Pinheiro e São Luís.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Defesa Civil do MA registra 19 cidades em situação de emergência por causa das chuvas

No estado como um todo, há o registro de 810 famílias alojadas em abrigos, enquanto outras 2.297 foram desalojadas de suas residências. Foto...