quarta-feira, 6 de março de 2024

Funcionário de cartório é alvo de operação do Gaeco no MA

Um funcionário de um cartório da cidade de Buriticupu, identificado como Nivaldo da Silva Araújo, foi alvo de uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) nesta quarta-feira (6).

De acordo com as investigações, Nivaldo Araújo utilizava sua posição no cartório para solicitar e receber vantagens indevidas, manipulando o valor das taxas de cartórios e realizando registros imobiliários irregulares, incluindo operações em nome de proprietários já falecidos com documentos falsificados. As ações fraudulentas resultaram em um prejuízo significativo para o cartório e para o Fundo Especial de Modernização e Reaparelhamento do Judiciário (FERJ), superiores a R$ 1,4 milhão, bem como um enriquecimento ilícito do acusado, que adquiriu fazendas, gado, cavalos, tratores e veículos com os valores obtidos.

As autoridades apontam que Nivaldo Araújo cometeu os crimes de peculato, falsidade ideológica, uso de documento falso e falsificação de documento particular. A operação busca não apenas a prisão do acusado, mas também a recuperação dos prejuízos causados, estimados em mais de um milhão de reais. A prisão preventiva foi solicitada como medida para garantir a ordem pública e econômica, prevenindo a continuidade das práticas criminosas.

Além das ações judiciais, foram requeridas a quebra de sigilo bancário e fiscal do acusado e a indisponibilidade de seus bens, visando assegurar a reparação dos danos e o desmantelamento completo do esquema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Maranhão receberá 42 novas viaturas nesta segunda-feira (22)

Foto: Divulgação O Maranhão receberá, nesta segunda-feira (22), 42 novas viaturas para as polícias Civil e Militar para reforçar a segurança...