sábado, 16 de março de 2024

Justiça afasta secretária de saúde de Imperatriz por improbidade administrativa

Doralina Marques de Almeida foi condenada por atos dolosos durante gestão em Araioses.


Foto Reprodução

A cidade de Imperatriz enfrenta mais um caso de afastamento de um secretário municipal, desta vez, a de saúde, Doralina Marques de Almeida.

A decisão da 2ª Vara da Fazenda Pública, proferida pela juíza Ana Lucrécia Bezerra Sodré, determinou o afastamento de Doralina Marques devido à sua condenação por órgão colegiado do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, por atos dolosos de improbidade administrativa durante sua gestão como secretária de saúde em Araioses, interior do Estado.

A sentença destacou irregularidades como a falta de pagamento a dentistas e discrepâncias nos registros de Agentes Comunitários de Saúde, em comparação com os dados do Sistema de Informação da Atenção Básica.

A determinação judicial instruiu o município a agir imediatamente para substituir Doralina na gestão da saúde local, sob pena de multa diária de R$ 10 mil, limitada a R$ 500 mil, além de outras sanções legais em caso de descumprimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Polícia Federal realiza operação que investiga tráfico de drogas dentro de terra indígena no MA

Operação foi realizada dentro da Terra Indígena Bacurizinho, em Grajaú, cidade a 450 km de São Luís. Polícia Federal realiza operação de com...