domingo, 17 de fevereiro de 2019

Codó vence Cândido Mendes e se torna bicampeã do Copão da BR de Seleções

Com gols de Marcos Pimentel, Pedro e Adryan (duas vezes), a Seleção Codoense venceu a equipe de Cândido Mendes por 4 a 0 e se tornou a bicampeã do Copão da BR de Seleções 2018/2019. O jogo aconteceu na tarde deste sábado (16) no Estádio Renné de Matos Bayma em Codó.



Com o gramado encharcado devido a intensa chuva que caiu em Codó durante todo o sábado, as equipes tiveram dificuldades para construir as jogadas. O primeiro tempo terminou com o placar magro de 1 a 0 para a Seleção Codoense.


Mais soltos e com o apoio da torcida, os jogadores de Codó partiram pra cima de Cândido Mendes e logo fizeram 3 gols na etapa final. Com o resultado de 4X0, a Seleção Codoense consagrou-se bicampeã da competição, pois também havia conquistado o título em 2017.

O prefeito de Codó, Francisco Nagib, e sua equipe de governo estiveram prestigiando todo o evento. O gestor se mostrou feliz com o título da Seleção Codoense e com a presença de mais de 2 mil torcedores no estádio.

“É um prazer muito grande poder assistir esses meninos jogarem, poder vê-los se esforçando para conquistar esse importante título para nossa cidade. A torcida também está de parabéns por ter vindo apoiar nossa seleção”, disse Nagib.
Prefeito Nagib posando coma a taça de Campeão.

Cândido Mendes

Logo cedo a seleção de Cândido Mendes foi recepcionada pelo seus torcedores na chegada a cidade. A seleção saiu de Codó mais que vencedora,chegou a grande final invicta, pela competência do belo trabalho executado pelos atletas e comissão técnica. 

A diferença entre as equipes ficou demonstrada não só dentro de campo mais também fora dela,a seleção candidomendense não contou com apoio do poder publico do município, mais mesmo assim não desistiu do sonho de disputar um grande titulo,honrando assim as cores da cidade. O capitão da equipe Talinho em entrevista a rádio de Codó destacou a falta de apoio e incentivo do poder publico. Veja:


Os jovens atletas colocam assim o seu nome na história do futebol candidomendense que com garra, representaram uma ragião inteira. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

No Maranhão, prefeito recorre à Justiça para não ter salário reduzido

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) declarou inconstitucional a Lei Municipal nº 302/2016, de Santana do Maranhão, que dispõe sobre...