sábado, 23 de junho de 2018

Polícia prende suspeita de participar da morte do ex-companheiro no Maranhão

Leidimar da Silva foi presa em Imperatriz e tinha um relacionamento amoroso com Nelson Rodrigues dos Santos, que foi morto a golpes de arma branca. Segundo a Polícia, ela tinha um relacionamento extraconjugal com outro homem, que também é suspeito da matar a vítima.

Leidimar da Silva, conhecida com "Neneca", foi presa em sua própria residência por ser suspeita da morte do ex-companheiro. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil de Imperatriz efetuou na tarde de sexta-feira (22) a prisão de Leidimar da Silva, conhecida com "Neneca", em cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

Ela é acusada pela polícia de participar do assassinato no dia 20 de janeiro de Nelson Rodrigues dos Santos, com quem tinha um relacionamento amoroso. A vítima foi assassinada por golpes de arma branca.

De acordo com a Polícia, no dia do crime Nelson estava ingerindo bebidas alcoolicas em sua própria residência junto com outros dois homens identificados como Davi Julio Barros Almeida e Elivan Francisco Costa de Almeida.

O trio passou toda a tarde ingerindo cachaça na casa quando Davi e Elivan passaram a atacar a Nelson, sob o consenteimento de Leidimar. Ainda segundo a Polícia, ela tinha um relacionamento extraconjugal com Elivan e essa tinha sido a razão do crime.

Após o cometimento do homicídio Elivan fugiu do local junto com Davi, que está preso. Elivan continua foragido. Já Leidimar foi localizada em sua residência e depois foi conduzida à Unidade Prisional de Davinópolis, onde ficará à disposição da Justiça.

Por G1 MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Manchas de óleo chegam às praias da cidade de Tutóia

População registra manchas de óleo nas águas da cidade de Tutóia, que faz divisa com o estado do Piauí. O local onde apareceu o poluente fo...