terça-feira, 9 de abril de 2024

MPF investiga suposta fraude no EJA em Serrano do MA

O Ministério Público Federal (MPF) abriu um inquérito civil para apurar suposta fraude na inclusão de matrículas do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) na cidade de Serrano do Maranhão.


No MPF, as investigações estão sob responsabilidade do procurador da República Juraci Guimarães Júnior.

O objetivo da apuração é saber se dados foram inseridos fraudulentamente no sistema do Ministério da Educação fraudados para recebimento dos recursos a maior do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Bloqueio

Na semana passada, pelo mesmo motivo – e também após ação do MPF -, o juiz federal Clodomir Reis, titular da 3ª Vara Federal Cível do Maranhão, atendeu determinou o bloqueio de R$ 2,5 milhões de uma conta específica do Fundeb do Prefeitura de São Bernardo.

De acordo com a denúncia, o Município informou no Censo Escolar que havia 6.048 matriculados em 2023 no programa. Desse total, no entanto, somente 6,6% efetivamente cursam o EJA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Godofredo Viana: Prefeitura implanta funcionamento 24 horas de UBS

A gestão do prefeito Sissi Viana segue inovando e ampliando os serviços de saúde no município de Godofredo Viana. A Unidade Básica de Saúde ...