sexta-feira, 27 de abril de 2018

Nota – Secretaria de Segurança Pública do Maranhão


Jefferson Portela, Secretário de Segurança Pública
Conforme informações prestadas pelo Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Maranhão sobre o andamento da Sindicância nº 004/2018 – DP3, a Secretaria de Segurança Pública comunica:

A sindicância da Polícia Militar do Maranhão que investiga memorando ilegal que circulou em 6 de abril segue seus trabalhos, ouvindo as testemunhas;

A sindicância diligenciará nos arquivos da Corporação no sentido de juntar documentos referentes aos pleitos eleitorais anteriores;

Até o momento, três oficiais citados nos depoimentos foram afastados imediatamente das funções, de forma preventiva. Todos exercerão o direito de defesa durante a sindicância, que ao final de 30 dias apontará suas conclusões.

A Secretaria de Segurança do Maranhão reafirma sua indignação diante do documento ilegal produzido, sem ordem do Comando Geral da PM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governador Carlos Brandão sanciona lei que reduz ICMS no Maranhão

O PL prevê redução a 18% da alíquota do ICMS dos combustíveis, energia elétrica, serviços de comunicação e transporte coletivo. O governador...