quarta-feira, 8 de julho de 2020

Pescadores desaparecidos no Maranhão podem estar à deriva em alto mar, diz tenente-coronel

Além do Corpo de Bombeiros e CTA, também vão participar das buscas equipes do Corpo de Bombeiros Marítimos e a Marinha


Reprodução
Na manhã desta quarta-feira (8) equipes do Corpo de Bombeiros e Centro Tático Aéreo (CTA), deram continuidade as buscas pelos 3 pescadores identificados como Francisco José Pereira de Araújo, de 25 anos, Lucas dos Santos, de 18 anos e André Veras Silva, de 37 anos. Eles estão desaparecidos há 13 dias quando saíram do Porto do Braga para pescar, no município da Raposa, Região Metropolitana.

De acordo com informações do chefe de departamento de resgate do CTA, tenente-coronel Alcir, as buscas vão ser realizadas a 80 milhas, indo para alto mar, já que durante as buscas feitas a 25 milhas nada foi encontrado.

“Estamos trabalhando com a possibilidade do barco ter tido algum problema, indo para alto mar, ficando à deriva”, disse o tenente-coronel

Leia também:

Além do Corpo de Bombeiros e CTA, também vão participar das buscas equipes do Corpo de Bombeiros Marítimos e a Marinha.



De acordo com o Major Lisboa do Corpo de Bombeiros, as equipes estão trabalhando com todas as possibilidades, dos pescadores terem naufragado, ficado a deriva ou até mesmo terem se direcionado para uma das ilhotas que tem no local.

Na manhã da última segunda-feira (7) o Corpo de Bombeiros e o Centro Tático Aéreo (CTA) realizaram um sobrevoo na área do Porto do Braga, mas até o momento nada foi encontrado.

As buscas tiveram início na tarde do mesmo dia (5), mas até o momento nenhum dos tripulantes do barco foi encontrado. De acordo com informações preliminares, só foram encontradas caixas de isopor, redes de pesca, bandeiras e sinalizadores do barco nas proximidades de Sinibutiu e Cararaí.

Os pescadores desapareceram no último dia 25, segundo as informações preliminares, a embarcação, um barco tipo Biana, de nome Vitória, desapareceu no mar após os pescadores se deslocarem para uma região onde eles são acostumados a pescar.

Um dia após a saída do barco, um outro pescador encontrou um material que era usado pelo grupo em alto mar. Até o momento, segundo as primeiras informações, só foram encontradas caixas de isopor, redes de pesca, bandeiras e sinalizadores do barco nas localidades Sinibutiu e Cararaí.

A família de um dos desaparecidos procurou uma delegacia para registrar o caso no domingo (5).

Por: O Imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Bom Jardim | Ex-prefeita "Ostentação" é condenada a devolver mais de um milhão de reais aos cofres públicos

A ex-prefeita do município de Bom Jardim (2013-2015), Lidiane Leite da Silva, a prefeita ostentação, foi condenada pelo TCE-MA, em dois proc...