sexta-feira, 10 de julho de 2020

Maranhão volta a registrar mortes por Covid-19 após 24h sem óbitos

Na última semana, o estado teve dois dias sem contabilizar óbitos, domingo (5) e quarta-feira (8)





O último boletim epidemiológico da Secretária de Saúde do Maranhão (SES), divulgou que o Maranhão registrou 33 mortes hoje (9). Desse total, 3 aconteceram nas últimas 24h, as demais ocorreram em outros dias e/ou semanas.

Essa diferença é causada pelo atraso no resultado dos exames de pacientes que morreram com suspeita da doença. A SES só divulgada as informações depois da confirmação dos testes.

Na última semana, o estado teve dois dias sem contabilizar óbitos, domingo (5) e quarta-feira (8). Apesar disso, mortes que aconteceram dias ou semanas atrás foram notificadas nessas datas.

De acordo com informações da SES, os 33 novos óbitos registrados, aconteceram nas seguintes cidades: Balsas (1), Cantanhede (1), Chapadinha (1), Coroatá (1), Cururupu (1), Godofredo Viana (1), Lagoa Grande do Maranhão (1), Lago dos Rodrigues (1), Santa Helena (1), São José de Ribamar (1), Palmeirândia (1), Presidente Vargas (1), Paulo Ramos (1), Vitorino Freire (1), Esperantinópolis (2), Coelho Neto (4), Caxias (4) e São Luís (5).

De acordo com o boletim , o estado tem 95.323 casos confirmados de coronavírus e 2.357 óbitos. Nas últimas 24h, foram registrados 2.384 casos de Covid-19. O interior do estado contabilizou 2.216 novos casos, Imperatriz registrou 59 e a Ilha de São Luís teve 109.

Também segundo o boletim, dos mais de 95 mil casos confirmados, 19.119 ainda estão ativos. Desses, 18.325 estão em isolamento domiciliar, 458 internados em enfermaria e 336 em leitos de UTI.

O estado já contabiliza 73.847 pessoas recuperados do coronavírus. Ao todo, já foram realizados 199.226 testes.

A evolução do número de casos da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no estado continua em 19, estando presente na maioria dos casos o vírus da influenza B.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Bom Jardim | Ex-prefeita "Ostentação" é condenada a devolver mais de um milhão de reais aos cofres públicos

A ex-prefeita do município de Bom Jardim (2013-2015), Lidiane Leite da Silva, a prefeita ostentação, foi condenada pelo TCE-MA, em dois proc...