sexta-feira, 11 de maio de 2018

“O Brasil precisa de mais homens como Flávio Dino na vida pública”, diz presidente da CNI

Governador Flávio Dino entrega Medalha da Ordem dos Timbiras a Robson Braga, presidente da CNI. (Foto: Gilson Teixeira)
O governador Flávio Dino condecorou Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), com a medalha e o diploma da Ordem dos Timbiras, no grau Grande Oficial, a mais alta divisa oferecida pelo Governo do Estado. A solenidade de outorga foi realizada na noite dessa quinta-feira (10), no Blue Tree Hotels, no bairro do Calhau, em São Luís.

“É uma honra muito grande receber a principal honraria do Estado das mãos do governador Flávio Dino. Nós estamos trabalhando seriamente para que o desenvolvimento do Brasil possa ser em todos os estados, de maneira uniforme, equilibrada. Vamos continuar trabalhando, o Maranhão tem potencial de desenvolvimento muito grande”, afirmou Robson Andrade.
Confira a galeria de fotos do evento clicando aqui.

Em seu discurso, Robson Andrade reconheceu a gestão do governador Flávio Dino como uma das mais eficientes do país que, mesmo em um cenário adverso de crise econômica, vem alcançando resultados positivos, impulsionando o crescimento e o desenvolvimento do Maranhão. O segredo, segundo o presidente da CNI, é a aliança formada pelos setores público e privado no estado.

“O Brasil precisa de mais homens como Flávio Dino na vida pública, porque a gente tem visto uma administração séria, competente, correta, voltada para o desenvolvimento social, para as pessoas. O Maranhão tem dado uma demonstração ao Brasil de que, mesmo enfrentando quatro anos de uma crise econômica sem precedentes, com firmeza é possível fazer do setor público um aliado permanente do setor privado para o crescimento da indústria, da agricultura, dos serviços, mas principalmente para benefício do cidadão”, acrescentou Andrade.

Para o governador Flávio Dino, a honraria consagra a aliança fundamental entre os investimentos públicos e privados. “Robson Andrade representa a liderança máxima do empresariado, na indústria do nosso país. É um homem de coragem, que tem capacidade de diálogo, da boa concertação que o nosso Brasil tanto precisa. Setor público e setor privado são inconfundíveis, cada um com seu papel próprio e insubstituível, porém não são excludentes jamais”, sustentou.

O governador Flávio Dino fez ainda um chamamento para que a classe empresarial maranhense amplie os investimentos, para manter a quadra de crescimento. Em 2017, o Maranhão foi o Estado brasileiro que apresentou o maior crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com levantamento do Itaú Unibanco, e o segundo que mais investiu em serviços públicos, dedicando 11% da sua receita à ampliação dos serviços, segundo o portal G1 (saiba mais clicando aqui).

“Quero me congratular com todo o empresariado do nosso Estado, pelo excelente resultado econômico de 2017. Tenho certeza que o Maranhão terá em 2018 idêntico resultado, e por isso contamos com a força do empresariado do nosso Estado”, conclamou o governador Flávio Dino.

Governador Flávio Dino entrega Medalha da Ordem dos Timbiras a Robson Braga, presidente da CNI. (Foto: Gilson Teixeira)

Robson Andrade também foi homenageado pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA). Das mãos do presidente Edilson Baldez, grão-mestre da Ordem, Andrade recebeu o Grande Colar da Fiema. A outorga é oferecida a personalidades e instituições que tenham se tornado dignas do reconhecimento ou da administração da indústria maranhense.

“O presidente Robson tem dado uma contribuição muito grande para o desenvolvimento do nosso estado. Ele está reformando e construindo novas escolas do SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e SESI (Serviço Social da Indústria) no Maranhão, cuidando daquilo que é o mais importante para a vida do cidadão, que é a educação”, reconheceu Edilson Baldez.

O empresário Parmênio Mesquita de Carvalho, da Canopus Construções, recebeu a Ordem do Mérito Industrial da CNI pelo trabalho a frente da companhia, que há 42 anos gera emprego e oportunidades de trabalho para milhares de maranhenses.

A solenidade especial foi acompanhada pelo prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; pelo secretário de Governo, Antônio Nunes; pelo secretário de Cultura e Turismo, Diego Galdino e pela classe empresarial maranhense.

Homenageado

Robson Braga de Andrade é graduado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com formação no Programa de Gestão Estratégica para Dirigentes Empresariais da Fundação Dom Cabral e do Insead, na França. Presidiu a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) por dois mandatos consecutivos, antes de ser eleito presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em 2010. Reeleito para um segundo mandato, em 2014, lidera o Movimento Empresarial pela Inovação (MEI). É membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República (CDES) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI). Como presidente da CNI, Robson tem facilitado o diálogo entre o Governo do Estado e as entidades industriais e empresariais, colaborando para a ampliação do ciclo de investimentos no Maranhão e, por conseguinte, na diminuição das desigualdades sociais.
Governador Flávio Dino entrega Medalha da Ordem dos Timbiras a Robson Braga, presidente da CNI. (Foto: Gilson Teixeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Bandidos roubam agência do Banco do Brasil em Buriticupu após sequestro de gerente e família

O gerente do Banco do Brasil de Buriticupu e sua família passaram por uma noite de terror, segundo Tenente Coronel Nelson, comandante do 3...