sábado, 19 de maio de 2018

Após 750 entregas, Escola Digna tem mais 95 obras em execução

Construções, reformas ou ampliações de escolas no Estado. (Foto: Divulgação)

O Governo do Maranhão está promovendo uma verdadeira revolução na educação. Desde o início da gestão Flávio Dino, já foram entregues 750 prédios escolares, entre construídos, reconstruídos ou reformados. Dando sequência aos investimentos, o Governo está construindo, reformando ou ampliando mais 95 escolas em todas as regiões do estado. As obras fazem parte do Programa Escola Digna e são executadas pelas secretarias de Infraestrutura (Sinfra) e Educação (Seduc).

“O Governo Flávio Dino tem o maior programa educacional da história do Maranhão com mais de 750 escolas reformadas, construídas ou reconstruídas, garantindo mais dignidade, justiça social e melhores oportunidades aos jovens do nosso estado”, enfatiza o titular da Sinfra, Clayton Noleto.

Está em andamento a construção de sete Núcleos de Educação Integral de Ensino Médio com 12 salas e mais 15 escolas com seis salas. Uma escola indígena com seis salas também está em construção. Outras 68 escolas passam por reforma e/ou ampliações. Na infraestrutura da educação superior, o Governo está investindo na construção do Centro de Ciências Agrárias da UemaSul de Imperatriz e na reforma e ampliação dos campi da UEMA de São Bento e São Luís. O investimento em todas essas obras supera os R$ 150 milhões.

“O Programa Escola Digna está mudando a educação maranhense. A cada entrega de uma nova escola, temos a certeza de que os investimentos do Governador Flávio Dino não somente melhoram os espaços escolares, mas refletem no desempenho dos nossos estudantes e, consequentemente, na elevação dos índices educacionais do estado”, destaca o secretário de Educação, Felipe Camarão.

Nesta semana, o Governo entregou cinco unidades em um mesmo dia na capital, São Luís. O Centro de Ensino em Tempo Integral Professora Estefânia Rosa, a Unidade Integrada Maria Firmina dos Reis, a Unidade Integrada Estado de São Paulo, o Centro de Ensino Paulo Freire e o Centro de Ensino em Tempo Integral Dr. João Bacelar Portela foram totalmente recuperadas pelo Programa Escola Digna. As cinco unidades receberam um investimento de R$ 6,7 milhões, recursos oriundos do Tesouro Estadual. Mais de 2.681 estudantes de Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular e Integral foram beneficiados com a entrega das obras.

Pastos Bons e Nova Iorque do Maranhão também receberam investimentos para a comunidade escolar. O C.E Prof. Ribamar Torres, em Pastos Bons, e o C.E Anália Neiva, em Nova Iorque, por exemplo, receberam reforma completa. As estruturas dos prédios estavam em um péssimo estado de conservação, o que desestimulava alunos e professores.

“Antes a gente vivia numa escola praticamente abandonada. Esperamos 26 anos por isso e agora a comunidade se sente muito lisonjeada porque hoje temos uma escola digna”, falou a professora Loide Costa Sousa do C.E Prof. Ribamar Torres.

A aluna Thais Fernanda, do primeiro ano do Ensino Médio do C.E. Prof. Ribamar Torres, destacou que a nova estrutura motiva os estudos.

“Com a reforma que foi feita aqui ficou melhor, bem melhor. Influencia muito no estudo. A gente se sente melhor para estudar”, ressaltou Thais.

Para a servidora Maria Felix Coelho a realidade também mudou. Além da reforma, o prédio também ganhou uma cozinha nova, com fogão industrial, frizer, entre outros equipamentos. A nova estrutura facilita a produção da merenda escolar.

“O espaço era muito pequeno, hoje tá maior. Ganhamos coisas novas, como o fogão, o frizer, a pia. A gente se virava porque tem que se virar, mas agora chegou panela grande que não tinha. A cozinha muito espaçosa. Vamos fazer a comida com mais prazer”, detalhou a servidora.

Escola Digna

Outra transformação no Maranhão se dá com a substituição das escolas de taipa e de barro por escolas de alvenaria promovida pelo Escola Digna. Até o momento, o Governo concluiu ou inaugurou 90 escolas novas e outras 49 estão em construção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Idosa de 80 anos é atropelada na Avenida dos Portugueses em São Luís

Idalete Gusmão foi atropelada no início da manhã desta sexta-feira (14) por um motorista de táxi; Uma equipe do Samu esteve no local do aci...