sábado, 14 de outubro de 2023

Fogo atinge a terra indígena no Maranhão há mais de um mês e indígenas pedem ajuda para combater as chamas

Fogo vem provocando uma grande destruição na vegetação e causando a morte de muitos animais nas regiões que compreendem as cidades de Zé Doca e Nova Olinda do Maranhão.



Fogo atinge a terra indígena no Maranhão há mais de um mês — Foto: Reprodução/TV Mirante

Há mais de um mês, um incêndio atinge a Terra Indígena Alto Turiaçu, no Maranhão. O fogo vem provocando uma grande destruição na vegetação nativa da área e causando a morte de muitos animais.

Os focos de incêndio começaram em uma área degradada e avançam para uma área de vegetação nativa que compreende os municípios de Zé Doca (MA) e Nova Olinda do Maranhão (MA). A região é habitada por índios da etnia Kapoor.

Durante esses 30 dias, os Guardiões da Floresta, que são um grupo de indígenas que protegem a floresta contra invasores e são treinados para combater incêndios na mata, trabalham no combate às chamas. Entretanto, os recursos existentes para isso são poucos, o que dificulta os incêndios.

Além disso, o fato das aldeias estarem muito longe dos focos dos incêndios dificulta o combate, uma delas, é a Aldeia Capitão Mirá. Em algumas áreas, devido ao difícil acesso, só é possível chegar a pé ou por avião.

Os guardiões das Terras Indígenas Pindaré e Caru também se uniram para tentar combater os incêndios dentro. As lideranças estão preocupadas e pedem o apoio das autoridades competentes e, até o momento, nenhuma ajuda chegou na área.

Guardiões da Floresta ajudam no combate às chamas — Foto: Reprodução/TV Mirante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Foragido da justiça do Paraná é preso no interior do Maranhão

O homem é acusado pelo Poder Judiciário de participação em um homicídio. Reprodução Na última sexta-feira (24), um homem que estava foragido...