sábado, 7 de outubro de 2023

Mulher realiza dança sensual durante evento do Ministério da Saúde

Apresentação foi no palco do 1º Encontro de Mobilização da Promoção da Saúde no Brasil, realizado em Brasília.


Uma mulher realiza uma performance inspirada no estilo de dança conhecido como voguing. (Foto: Reprodução)

Na quinta-feira (5), durante um evento promovido pelo Ministério da Saúde, ocorreu uma apresentação que envolveu uma dança sensual. Esta situação foi registrada durante o 1º Encontro de Mobilização da Promoção da Saúde no Brasil, realizado em Brasília entre os dias 4 e 6 de outubro de 2023.

No vídeo (veja abaixo), é possível observar uma mulher realizando uma performance inspirada no estilo de dança conhecido como voguing, que teve origem na cultura ballroom, um movimento criado por indivíduos pertencentes às comunidades negras e LGBTQIA+.

Durante a apresentação, uma música eletrônica com batidas foi tocada, enquanto uma pessoa, atuando como mestre de cerimônia, repetiu várias vezes as expressões “batecu” e “bate”. A plateia presente reagiu com aplausos à apresentação.
Oposição

Uma apresentação de dança em um evento do Ministério da Saúde está sendo alvo de críticas por parte dos opositores do governo Lula. O vídeo foi compartilhado por parlamentares nas redes sociais.

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) declarou que “o cupim identitário está corroendo o governo por dentro”. Ele disse no Twitter: “Chocante como a ideologia contaminou o governo do PT!!! É um seminário de Atenção Primaria do Ministério da Saúde!!! Atenção primária é isso aí?”.

A deputada federal Bia Kicis (PL-DF) compartilhou um post com o vídeo e acrescentou o comentário: “Estão com pressa em destruir o Brasil”.

O deputado federal e pré-candidato a Prefeito de São Paulo, Kim Kataguiri (União-SP), divulgou o vídeo da dança e alegou que o PT faz “obscenidades com o nosso dinheiro”. O Movimento Brasil Livre (MBL), grupo político ao qual o parlamentar pertence, também questionou o custo do evento e a relação com a dança.

O ex-ministro da Saúde do governo Bolsonaro, Marcelo Queiroga, lembrou a criação da Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS). Ele afirmou: “Vejam em que se transformou os eventos da SAPS sob a gestão dessa gente! Isso é só o começo”.

O ex-deputado federal Deltan Dallagnol (Novo-PR) classificou a situação como “inacreditável”. Ele comentou: “Agora temos até dança pornográfica do ‘batem c*’ em evento oficial do Ministério da Saúde”.

A deputada federal Amália Barros (PL-MT) compartilhou o vídeo do evento e questionou nas redes sociais: “Aí eu te pergunto, o que isso tem a ver com saúde?”.

Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde emitiu uma declaração oficial para expressar pesar em relação à apresentação de dança que ocorreu no 1º Encontro de Mobilização para a Promoção da Saúde no Brasil.

De acordo com a administração de Nísia Trindade, a apresentação que se tornou viral nas redes sociais foi considerada surpreendente devido à coreografia inadequada.

“O Ministério da Saúde lamenta pelo episódio isolado e adotará medidas para que não aconteça novamente”, diz a nota divulgada pelo ministério, que aproveita para detalhar que o objetivo “é apoiar a implementação e a gestão participativa da Política Nacional de Promoção da Saúde a partir do compartilhamento de experiências e da ampliação do diálogo entre gestores e trabalhadores de diferentes estados, com momentos dedicados à diversidade cultural”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Godofredo Viana: Prefeitura implanta funcionamento 24 horas de UBS

A gestão do prefeito Sissi Viana segue inovando e ampliando os serviços de saúde no município de Godofredo Viana. A Unidade Básica de Saúde ...