segunda-feira, 9 de outubro de 2023

Desespero: turistas maranhenses que foram a Israel estão presos no país e aguardam ajuda do Itamaraty

Foto reprodução via Tv Mirante

Cinco maranhenses estão em Israel à espera da ajuda do Itamaraty, que é o ministério das relações exteriores, para sair do país que está em guerra contra o Hamas há três dias. O grupo chegou ao país em uma excursão composta por 37 brasileiros e não conseguiu voltar para o Brasil, pois o voo deles foi cancelado logo após o início do conflito.

Ao todo, havia seis maranhenses na excursão que foi para Israel fazer turismo religioso, mas um dos integrantes do grupo conseguiu sair do país em um voo pela etiópia. A expectativa é de que os outros maranhenses consigam sair nesta terça-feira (10), com a ajuda do Itamaraty, que já anunciou ajuda aos brasileiros em Israel.

Os maranhenses saíram do Brasil para um passeio turístico em Israel e foram surpreendidos pelos ataques terroristas. No grupo está a fotógrafa Fernanda, que é da cidade de Bom Jesus das Selvas, no interior do Maranhão. Ela conta que passou por momentos de tensão, e chegeu a ouvir o barulho de bombas.

“A gente conseguiu ouvir muito forte o barulho das bombas e mísseis e, naquele momento, as pessoas responsáveis pelo aeroporto nos direcionaram a um lugar específico. Todo mundo correu, porém, eles não falavam português e a gente ficou meio sem entender e isso gerou em nosso coração meio que um desespero e foi coletivo, porque todo mundo estava muito desesperado, as pessoas choravam, familiares se abraçavam naquele momento. Então, naquele momento, a gente só conseguia entender que era pra nós irmos pro local onde todos os outros estavam”, relatou Fernanda Dourado.

Um dos coordenadores da caravana da qual os maranhenses fazem parte, que está em Israel, conta que no grupo de excursão há crianças e idosos.

“Estamos em um hotel, para que as pessoas descansem, porque temos pessoas idosas, crianças. E passaram a noite dormindo no chão, sentadas nas cadeiras, desconfortáveis, porém, nós não temos previsão de embarque”, explicou o pastor Bueno Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

No MA, 180 famílias estão em área de risco devido ao avanço das voçorocas que chegam a 80 metros de profundidade

Como nada foi feito para conter, no munícipio se formou 26 crateras gigantes, algumas delas chegando a medir 600 metros de extensão e 80 met...