sábado, 4 de agosto de 2018

MPT-MA garante indenização de mais de 7 mil empregados da Biosaúde

Grupo que participou das negociações em audiência de mediação do MPT
Um acordo celebrado nesta sexta-feira (3), no Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA), garantirá o pagamento de indenizações a mais de 7 mil empregados do Instituto Biosaúde, entidade que prestava serviços às unidades hospitalares administradas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).
A audiência de mediação foi presidida pela procuradora do Trabalho Anya Gadelha Diógenes e contou com a participação de representantes da Secretaria de Estado da Saúde (SES), da EMSERH, do Sindsaúde e do Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Maranhão (SEEMA).
Desde o início do ano realizamos inúmeras audiências com o intuito de encontrar uma solução para que os empregados da Biosaúde não ficassem desamparados”, explicou a procuradora. Segundo ela, a primeira parcela da indenização deve ser disponibilizada aos trabalhadores em setembro.
O pagamento das indenizações é referente aos quatro meses (dezembro/17, janeiro, fevereiro e março/18) em que o contrato entre a EMSERH e a Biosaúde esteve suspenso em razão de pendências no recolhimento tributário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Auditor fiscal é preso em flagrante ao cobrar propina em Araioses

A conduta foi confessada pelo autor e confirmada por diversas testemunhas, tendo, uma delas, afirmado que entregou dinheiro ao autor por ma...