terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Cândido Mendes| Tribunal de Justiça nega pedido do prefeito Facinho e o mantém afastado do cargo


Em decisão proferida ontem no final da tarde, o Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão através do seu presidente Desembargador Paulo Velten, negou o pedido da suspensão de liminar interposto pelo prefeito de Cândido Mendes, Facinho, que foi afastado do cargo na última quinta-feira, dia 22 de fevereiro.

Na oportunidade do seu afastamento, o prefeito tratou logo se correr atrás da sua volta ao cargo, mas ontem, a resposta negativa veio, e o mesmo continua fora do cargo.



Está é a segunda vez que o prefeito Facinho é afastado da Prefeitura, da vez passada foi a Câmara que o afastou, agora foi a justiça ao julgar uma ação popular.

Vejam a decisão abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Defesa Civil do MA registra 19 cidades em situação de emergência por causa das chuvas

No estado como um todo, há o registro de 810 famílias alojadas em abrigos, enquanto outras 2.297 foram desalojadas de suas residências. Foto...