quarta-feira, 10 de janeiro de 2024

Polícia prende suspeito de ser mandante da execução de guardas municipais

 

Como resultado das investigações que apuram os homicídios de dois guardas patrimoniais ocorridos no último dia 2 de janeiro, em Cândido Mendes, a Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar conseguiram, na manhã desta terça-feira (9), prender um homem por porte ilegal de arma de fogo e crime ambiental. A prisão ocorreu em uma serraria situada no município de Amapá do Maranhão.

Segundo a Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), o preso, que seria dono da serraria, já responde a um inquérito na Polícia Federal por crime ambiental e, agora, está sendo investigado no inquérito policial que apura as mortes dos guardas na cidade de Cândido Mendes. O proprietário da serraria seria o suposto mandante dos crimes.

Ainda de acordo com a SPCI, na serraria do investigado, toneladas de madeiras e maquinários foram apreendidos. Todo material será posteriormente doado ao poder público.Imagem da serraria situada no município de Amapá do Maranhão.

Agora, sob determinação da Delegacia Geral de Polícia, as investigações seguem no intuito de identificar e prender os executores dos crimes que vitimaram brutalmente os guardas.




Entenda o caso

Os dois guardas municipais foram contratados como seguranças de uma fazenda no povoado Vilela, município de Cândido Mendes. A dupla desapareceu no dia 2 de janeiro e os corpos foram encontrados três dias depois em uma estrada vicinal, no município de Junco do Maranhão.

Há suspeita de que os servidores municipais tenham sido torturados antes de serem executados com tiros de espingarda na cabeça. A principal linha de investigação da Polícia Civil do Maranhão é de que as mortes tenham relação com os conflitos agrários da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cândido Mendes| MPF solicita auditoria no município por suposta irregularidades no Censo Escolar

A pedido do Ministério Publico Federal e da CGU, o Tribunal de Contas do Maranhão estará em Cândido Mendes realizando uma fiscalização em re...