domingo, 27 de outubro de 2019

Fábrica clandestina de medicamentos é descoberta no Maranhão

No local foram apreendidos mais de 3 mil rótulos falsos, carimbo com datas únicas de fabricação, centenas de garrafas vazias e com líquido já pronto.


Reprodução

Uma fábrica clandestina de medicamentos foi estourada na manhã dessa sexta-feira (25), pela Polícia Civil, através da Delegacia Regional de Caxias, após investigações e monitoramento do local. Na ação foi preso José Francisco Nunes da Silva e segundo os levantamentos da polícia, os remédios eram falsificados no município de Caxias e cidades vizinhas.

No local foram apreendidos mais de 3 mil rótulos falsos, carimbo com datas únicas de fabricação, centenas de garrafas vazias e com líquido já pronto, além de tampas para garrafas e algumas fixas de anotações. O material apreendido foi recolhido para ser realizada a perícia, pelos peritos do Icrim de Timon.




Os medicamentos apreendidos eram considerados como fitoterápicos, reconhecidos como Jalapa, Aguardente Alemã, popularmente chamada de Garrafada.

Os produtos eram fabricados sem o mínimo de higiene, com uso de álcool 90 graus proibido para a ingestão humana, sem autorização da Anvisa, e sem qualquer preparo técnico. Os rótulos contém dados de empresas não existentes, bem como, número de CNPJ, responsável técnico e outros.

Durante as investigações, o Delegado Regional de Caxias Jair Paiva, representou e cumpriu um Mandado de Busca e Apreensão no local, que foi expedido pelo Juiz da 1ª Vara Criminal de Caxias. O preso foi encaminhado para procedimentos legais na delegacia.

Por: Manuela Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Mulher sofre acidente na MA-122, em Trizidela do Vale

A vítima foi levada para o Hospital Municipal de Pedreiras, com alguns ferimentos leves. Foto Reprodução Na tarde de hoje (13), u...