quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Operação policial cumpre 12 mandados de prisão contra membros de facção em São Luís

Quatro integrantes da organização criminosa estão foragidos da Justiça do Maranhão


Reprodução

Uma operação realizada pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), na manhã dessa quarta-feira, 18, nos bairros do São Raimundo e Vila Cutia, resultaram no cumprimento de 12 dos 16 mandados de prisão expedidos pela Justiça. O trabalho de investigação da polícia aponta, que também existe a participação de presos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.


A ordem de prisão em desfavor dos membros da facção, são pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas, roubos, ocultação de cadáveres, estupros, tortura, ameaças, além de organização criminosa. De acordo com a polícia, 12 pessoas foram presas, entre elas três mulheres identificadas como, Elizabeth Nogueira Soares, conhecida como “Dona Beta”; Dulcilene Rocha dos Santos, conhecida como “Dulce” e Cristiane Bianca.

Também foram capturados na ação, Pablo mais conhecido como “Menorbrod”; João Vitor de Araújo Barros, conhecido como “Drogba”, Sandro e Leoni de Sousa Caxias. Durante a abordagem, quatro suspeitos conseguiram fugir, dentre eles, Taize Tobias, conhecida como “princesa”. Ela seria companheira de outro membro da facção que já está preso.

Ainda segundo investigações da polícia, cinco detentos comandavam de dentro da penitenciária. Eles foram identificados como Mauro Alves Soares conhecido como ” demolidor”; Mauro Campos Alves Neto, o “Maurinho”; Luis Henrique Lima Fernandes Filho, o “Luizinho”; Tones Gabriel Moraes Aguiar, o “Sherek” e Alexandre Santos Silva, o “Xande”.

As buscas realizadas pela SPCC e pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), apontam que pelo menos seis homicídios foram feitos contra integrantes de outra facção e até participantes da própria organização, como uma espécie de correção, um ”tribunal do crime”. A polícia desconfia que os corpos foram enterrados em matagal no bairro do São Raimundo.

Por: Manuela Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Mineradora é autuada em 10 milhões de reais por danos após alagamento em Godofredo Viana

Equipes vistoriam local do rompimento em Aurizona - Foto Neto Weba A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) tem ad...