sexta-feira, 30 de março de 2018

Governo triplica investimentos e ajuda mais de 5 mil famílias com a compra de alimentos

PAA garante renda para agricultores. (Foto: Divulgação)
Nos últimos três anos, mais de cinco mil famílias de pequenos agricultores maranhenses foram beneficiadas com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O programa consiste em comprar alimentos de pequenos produtores para abastecer escolas e outras entidades.

Entre 2015 e 2018, o investimento do Governo do Maranhão foi de R$ 45 milhões. Os valores aplicados em 2017 (R$ 18 milhões) foram três vezes maiores do que era destinado em 2014 (R$ 6 milhões).

Com o aumento dos recursos, o total de municípios beneficiados também multiplicou, passando de 30 para 132. Com o novo anúncio de expansão do Programa realizado pelo governador Flávio Dino na semana passada, ainda mais famílias terão o incentivo para produção.

São mais de 5 mil famílias beneficiadas pelo PAA.
(Foto: Divulgação)
“O PAA é um dos mais bem-sucedidos programas já aplicados de apoio à produção. Em termos nacionais, infelizmente, houve uma redução de despesas nesse programa e nós estamos agora procurando compensar isso, complementando com recursos próprios os recursos federais”, afirmou o governador Flávio Dino na ocasião do lançamento.

Na atual fase de expansão, chamada de PAA Maranhão, o programa terá duas novas modalidades: a indígena, na qual o Governo do Estado vai destinar recursos para comercialização da produção dos povos indígenas; e a modalidade de doação simultânea, firmada a partir de Acordo de Cooperação Técnica com mais de 70 municípios para a execução.

“Nós vamos destinar R$ 8 milhões, já com esse aporte de R$ 3 milhões do Governo do Estado, sendo R$ 500 mil destinados especificamente às comunidades indígenas”, detalhou Flávio Dino.

PAA

Política pública de incentivo à produção criada pelo Governo Federal, com o PAA os governos compram a produção de pequenos agricultores e destinam os alimentos a entidades carentes, escolas e outros órgãos que necessitem de apoio.

Nos últimos anos, os cortes de recursos federais ao programa chegaram aos 40%. Na contramão, no Maranhão o programa só cresceu. No comparativo entre o aplicado em 2017 e 2014, o percentual de crescimento chega a 198%.

Confira a série histórica dos investimentos:
2014 – 30 municípios atendidos – R$ 6.055.021,15 – 1.868 agricultores beneficiados
2015 – 40 municípios atendidos – R$ 12.272.900,02 – 2.713 agricultores beneficiados
2016 – 75 municípios atendidos – R$ 15.058.163,80 – 3.140 agricultores beneficiados
2017 – 132 municípios atendidos – R$ 18.067.441,79 – 5.014 agricultores beneficiados
Alimentos abastecem escolas e outras entidades. (Foto: Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Ex-prefeito de Buriticupu é condenado por ato de improbidade

Foto: Reprodução O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão conseguiu na Justiça a condenação do ex-prefeito do município de Burit...