domingo, 2 de dezembro de 2018

Escola Digna avança e governo constrói mais 59 escolas em todo o Maranhão

Com o avanço do Escola Digna, escolas estão em construção em todo o estado. (Foto: Divulgação) 
Substituir escolas de barro e de taipa por escolas de alvenaria é um compromisso do Governo do Maranhão. Com o avanço do programa Escola Digna, mais 59 escolas estão em construção em todas as regiões do estado. Ao todo, o Escola Digna já construiu e/ou reformou mais de 800 escolas em todo o Maranhão desde 2015. 

“Os investimentos em educação significam a certeza de melhores oportunidades para os jovens, promovendo mais justiça social e mais dignidade para todos nós”, frisa o secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto. 

Das 59 escolas em construção 39 são de duas salas, 12 de quatro salas, uma de seis salas e mais 7 escolas em comunidades indígenas de duas salas. As escolas são entregues completamente equipadas com ventiladores, quadro branco, cadeiras, mesas, além da cozinha completa com equipamentos industriais e pátio. 

“O Escola Digna tem avançado em todo o Maranhão. Isso significa mais dignidade nas salas de aula, mais apoio aos alunos e professores e claro uma melhoria no ensino de milhares de maranhenses. Assim o governador Flávio Dino tem cuidado não só da educação, mas também na infraestrutura, saúde, segurança pública dentre outras áreas”, reforça o secretário de Estado da Educação (Seduc), Felipe Camarão. 

No último mês, o governador Flávio Dino entregou a Escola Municipal Santa Dionísia, na Comunidade de Pedra Furada, a 33 quilômetros da sede de Formosa da Serra Negra. A dona Ana Rosa Andrade de Melo, moradora do povoado Riachão, descreve com emoção o recebimento da nova escola. 

“De primeiro era umas ‘palhocinha’, de palha. Depois veio de uma sala, depois de duas, de três. E agora, esse ‘colejão’. É uma fortuna pra gente. Por quê? Porque a educação faz os nossos filhos crescerem. Hoje, a educação é a maior alegria da gente”, comenta a moradora. 

Em Cajari, o governo entregou a reforma do Centro de Ensino Quincio Pinto Muniz. A escola foi fundada em 1980 e nunca havia passado por reforma. O centro funcionava numa residência que foi adaptada para receber os alunos. Nesses 38 anos, o C.E. Quincio Pinto Muniz passou por uma única reforma em 1984. Agora, com o investimento de mais de R$ 1 milhão a escola passou praticamente por uma reconstrução e ganhou nova estrutura, além da climatização do ambiente. 

Dalcilene Andrade é estudante do 3º ano do Ensino Médio e destaca a espera pela reforma da escola. “Antes era uma escola caindo, mas sempre foi muito bom estudar. Ter onde estudar. Agora é um sonho realizado, que há muito anos esperávamos. A palavra para descrever é: gratidão”, comenta Dalcilene. 

Tônia Costa, professora de sociologia do C.E Quincio Pinto Muniz, relata a felicidade em estar numa escola completamente reformada. “Estou feliz e muito satisfeita por essa iniciativa do governo em conceder essa escola. No processo de educação, vários processos estão envolvidos e a estrutura é um deles. Tínhamos um ambiente nada favorável para a educação. Tanto professores quanto alunos ganham com essa nova escola”, reitera a professora. 

Mais IDH 

O Escola Digna também faz parte plano Mais IDH, iniciativa que busca promover a superação da extrema pobreza e das desigualdades sociais no meio urbano e rural das 30 cidades com menores Índices de Desenvolvimento Humano no Maranhão. A construção de escolas é um dos 23 eixos de atuação que fazem parte do Mais IDH. Das escolas em construção, 12 estão nos municípios pertencentes ao plano Mais IDH. 

“Somente através de iniciativas como esta é que podemos afirmar que estamos construindo um Maranhão mais justo para todos. Equipar e estruturar as escolas das comunidades mais carentes do estado é igualar as oportunidades, garantindo a todas as crianças maranhenses uma educação de qualidade”, afirma o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves da Conceição. 

Escola Digna 

O Escola Digna é uma iniciativa da gestão estadual que visa substituir todas as escolas de taipa, reconstruir ou reformar escolas em todo o Maranhão. Além das obras estruturais, o programa contempla as unidades com móveis, equipamentos, climatização, fardamento, livros e outros itens que tornam possível o aprendizado a milhares de crianças e adolescentes maranhenses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Bandidos roubam agência do Banco do Brasil em Buriticupu após sequestro de gerente e família

O gerente do Banco do Brasil de Buriticupu e sua família passaram por uma noite de terror, segundo Tenente Coronel Nelson, comandante do 3...