terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Coronavírus: Navios do Porto do Itaqui serão monitorados

Equipes de Saúde e Segurança do Porto do Itaqui e da Vigilância Sanitária estão acompanhando as orientações do Ministério da Saúde sobre a proliferação de um novo vírus


Foto Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está realizando o monitoramento dos navios do Porto do Itaqui, em São Luís, como forma de prevenir qualquer risco de contaminação pelo Coronavírus, que já foi classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de risco internacional.

Em nota divulgada no site, a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), responsável por administrar e explorar tanto o Porto do Itaqui quanto os Terminais Delegados da Ponta da Espera e Cujupe e o Cais de São de Ribamar, afirmou que existe um protocolo para controle de epidemias.

Equipes de Saúde e Segurança do Porto do Itaqui e da Vigilância Sanitária estão acompanhando as orientações do Ministério da Saúde sobre a proliferação de um novo vírus, que tem se espalhado pela Ásia nos últimos dias e pode provocar graves infecções respiratórias.

A Emap afirmou que de acordo com o protocolo, diversos testes simulados são feitos anualmente e conta com a participação da Anvisa, secretarias de Saúde estadual e municipal, Marinha do Brasil e Polícia Federal.

“Todos os navios que chegam ao porto são monitorados pela Anvisa e só atracam se a Declaração Marítima de Saúde estiver de acordo com o protocolo vigente”, afirma a nota da Emap.

A Anvisa emitiu alerta às equipes de vigilância sanitária e dos postos médicos desses pontos de entrada para a detecção de casos suspeitos e utilização de equipamento de proteção individual (EPI).

O Ministério da Saúde criou um comitê na última quarta-feira (22), para preparar a rede pública de saúde para o atendimento de possíveis casos no Brasil, a fim de responder a eventuais ocorrências de forma unificada e imediata. 
Coronavírus

A suspeita de que o coronavírus tenha chegado ao Brasil, por meio de uma mulher que vinha de Xangai e desembarcou em Minas Gerais, no último sábado (18), acendeu um alerta na população. Com sintomas parecidos com a gripe, o vírus contaminou 610 pessoas ao redor do mundo.

Os coronavírus recebem esse nome porque têm em sua membrana picos projetados que se assemelham à coroa do sol. Eles podem infectar animais e pessoas e causar doenças do trato respiratório, que vão desde o resfriado comum até condições mais graves.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), “os coronavírus (CoV) são uma grande família de vírus que causam doenças que variam do resfriado comum a doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS-CoV) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV)”. Eles podem ser transmitidos por animais e pessoas.

Por: O Imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Coronavírus: Prefeitura inicia fiscalização com barreira na entrada de Godofredo Viana

A Prefeitura Godofredo Viana está realizando fiscalizações, orientações e cadastro de veículos e pessoas que chegam em Godofredo Via...