terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Cartórios registram crescimento de óbitos em janeiro deste ano no Maranhão

Segundo os dados, foi o janeiro mais mortal da série histórica





No mês que marcou avanço dos casos causados pela variante ômicron no Maranhão, o número de óbitos cresce 13% em relação ao mesmo mês do ano passado, mas as mortes por Covid-19 tiveram uma queda de 9%. Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil.

Outro dado observado pelos números de óbitos registrados pelos Cartórios do Maranhão está relacionado ao crescimento de mortes por doenças do coração em janeiro deste ano na comparação com o primeiro mês do ano passado: AVC (27%), Infarto (11%) e Causas Cardiovasculas Inespecíficas (16%). Também registraram crescimento as mortes por Septicemia (23%), Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (44%) e Indeterminada (14%). Já os óbitos por Covid-19 tiveram redução de 9,36% no período.

Enquanto o total de mortes em janeiro de 2022 no Maranhão cresceu 13%, os falecimentos por Mortes Naturais — aquelas causadas por doenças — cresceram 14%. Já as Mortes por Causas Violentas — aquelas em razão de homicídios, acidentes de veículos, suicídio, entre outras — aumentaram 8%, o que mostra que a diminuição do isolamento eleva os índices de óbitos em razão de acidentes e crimes.

Na comparação de janeiro de 2020, antes do isolamento, com janeiro de 2021, houve queda de 14% nas Mortes Violentas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mercadorias sem nota fiscal são apreendidas na BR-135, no Maranhão

Diante dos fatos, configurou-se crime contra a ordem tributária, causando prejuízos aos cofres públicos. Mercadorias sem nota fiscal são apr...