sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Ponte Central-Bequimão recebe último lote de estruturas metálicas

Carretas entregam último lote de estrutura metálica para a construção da ponte Central-Bequimão

Para ligar o município de Central até Bequimão, no Litoral Ocidental do Maranhão, a construção da ponte sobre o Rio Pericumã, executada pela gestão estadual, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), exige uma série de etapas. Uma delas é receber todo o conjunto de estruturas metálicas que dão continuidade ao trabalho que já é elaborado pela equipe técnica, ao longo de quinze blocos que estão estruturados no local e dão forma ao projeto da ponte.

A última etapa do lote de estruturas metálicas foi entregue nesta quinta-feira (01), no município de Central, onde mais de 1.500 toneladas foram transportadas ao local, totalizando, assim, 100% dos componentes para o andamento da obra, entregues no canteiro. A partir de agora, os trabalhos serão concentrados para que as peças sejam interligadas, cumprindo rigorosos testes e cumprindo o cronograma da equipe técnica.

Segundo Marco André, engenheiro da Secretaria Adjunta de Gestão Rodoviária da Sinfra, a chegada das peças é um marco para a obra. Elas fazem parte da superestrutura, que são estruturas metálicas que dão suporte para a ponte.



“Toda essa estrutura exigiu um grande controle de logística para chegar até aqui. Ao todo, foi necessário o deslocamento de 80 carretas para transportar o material. Essa estrutura metálica será lançada sobre os blocos que estão prontos, formando a estrutura da ponte”, disse Marco.

Investimento para o futuro

Dona Maria Raimunda é proprietária de um hotel em Central, e já comemora a chegada da ponte. Ela conta que a facilidade do acesso com a construção da ponte, vai melhorar os negócios da região.

“Tudo positivo! Quando eu fiz esse hotel, foi com a esperança que essa ponte chegasse para desenvolver a cidade. A nossa esperança está em cima dessa ponte para que venha desenvolver esse município. Estou feliz.”, comemora a moradora.

Alberto, morador do Povoado São Sebastião, em Central, diz que toda a comunidade esperava muito por essa ponte. “Essa ponte vai ser uma maravilha para nós que esperamos muito por isso. Estamos vendo a ponte em um movimento bem acelerado. Obrigado, governador, pelo trabalho que o senhor está fazendo pela nossa cidade.”, disse.

O secretário de Estado da Sinfra, Clayton Noleto, destacou o empenho das equipes em trabalhar em um dos maiores projetos de engenharia do Maranhão, para realizar o sonho de décadas da população desta região. A ponte tem 589 metros, e vai fazer a conexão de várias cidades, e encurtar o trajeto até a capital, São Luís.

“Estamos empenhados em cumprir todas as etapas, para entregar uma obra de altíssima qualidade para as famílias maranhenses. Estamos gerando emprego, renda, e conectando de forma rápida e segura os municípios de Bequimão, Central do Maranhão, Mirinzal, Guimarães, Cedral, Cururupu, Porto Rico, Serrano do Maranhão, Bacuri e Apicum Açu, sendo mais uma alternativa de rota que ligará o litoral ocidental à capital São Luís”, destacou o secretário.

Como a obra é feita em solo mole, com o manuseio de grandes estruturas, todo o trabalho exige técnica, tempo e testes de segurança. A previsão da equipe técnica de engenharia é que a obra esteja finalizada no próximo ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Recadastramento de aposentados está suspenso até 30 de novembro

Objetivo é reduzir possibilidade de contágio dos beneficiários Fachada do Ministério da economia na Esplanada dos Ministérios A exigência da...