sábado, 25 de abril de 2020

Polícia Civil prende servidores do Detran-MA por associação criminosa

Foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e cinco mandados de busca e apreensão na primeira etapa da Operação "Decalque".




Na manhã deste sábado (25), a Polícia Civil do Estado do Maranhão cumpriu cinco mandados de prisão temporária e cinco mandados de busca e apreensão contra servidores do Detran-MA e um despachante, na primeira etapa da Operação "Decalque".

Segundo a polícia, há dois servidores efetivos do Detran-MA investigados pela prática de associação criminosa, corrupção passiva majorada e falsidade ideológica majorada. Um terceiro servidor efetivo é investigado por associação criminosa e inserção de dados falsos em sistemas de informação. A quarta servidora presa é uma terceirizada, que atuava na unidade do Detran-MA em Chapadinha, a 170 km de São Luís.


— Foto: Divulgação/Polícia Civil


O quinto preso é um funcionário que, atualmente, exercia a função de despachante. Ele é investigado pela prática de associação criminosa, contravenção penal de exercício ilegal de profissão, usurpação de função pública majorada, corrupção ativa majorada e falsificação de documento público. Ele ainda foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

A Polícia Civil do Maranhão ainda não divulgou detalhes do caso nem para onde os presos foram encaminhados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Número de casos confirmados da Covid-19 sobe para 19 em Godofredo Viana;cresce também o número de recuperados

O Seu Zé de 71 anos de idade, deixou nesta semana o Centro de Saúde Aprígio Silva, ele é mais um paciente a se recuperar da doença. O ...