sexta-feira, 4 de junho de 2021

Conta de energia deve ficar 6,11% mais cara no Maranhão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs na última terça-feira, 1º de junho, reajuste médio de 6,11% nas tarifas da Equatorial Maranhão, antiga Cemar. Os reajustes devem passar a valer em 28 de agosto.

Para os consumidores de alta tensão, como as indústrias, os efeitos médios serão de 9,05%. Já para os atendidos em baixa tensão, que inclui os residenciais, o impacto médio será de 5,59%.

O reajuste diz respeito à quinta revisão tarifária da empresa. O processo é realizado, no intervalo de quatro anos, para manter o equilíbrio econômico-financeiro das distribuidoras.

A proposta será submetida à consulta pública de 2 de junho a 16 de julho. Após essa fase, a diretoria da agência irá analisar as contribuições recebidas e definir os reajustes.
É importante destacar que os índices em consulta são preliminares. Os valores definitivos serão aprovados após análise das contribuições recebidas e entrarão em vigor a partir de 28 de agosto de 2021.

As contribuições à Consulta Pública nº 029/2021 deverão ser enviadas entre 2 de junho e 16 de julho de 2021 para os e-mails:

Será possível discutir a proposta por meio da Audiência Pública nº 014/2021 que será realizada em formato virtual, no dia 18 de junho de 2021.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Postagem em destaque

Bebê nasce com anticorpos contra Covid-19 no Maranhão

Um assunto que ganhou destaque nessa semana foi o caso do bebê que nasceu na Maternidade Naila Gonçalo, em Bacabeira, distante 66 KM de São ...